Entre para seguir isso  
Eder Jofre55

Moicano quer Ortega, mas não descarta enfrentar o ídolo José Aldo: "É uma lenda"

Recommended Posts

Moicano quer Ortega, mas não descarta enfrentar o ídolo José Aldo: "É uma lenda"

Brasileiro afirma que, caso encare o compatriota, terá de deixar o lado fã em segundo plano, porém, deseja revanche com o americano: "É uma luta que faz sentido"

Camilo Pinheiro Machado, Evelyn Rodrigues e Marcelo Barone

Renato Moicano venceu Cub Swanson, que ocupa a quinta posição no ranking oficial do peso-pena, com autoridade: uma finalização no primeiro round, no UFC 227, sediado em Los Angeles (EUA), no último sábado. E o brasileiro, que já bateu o quarto colocado, sonha com um voo mais alto em seu próximo confronto.

Moicano sabe que o terceiro colocado, Frankie Edgar, tem luta marcada contra Chan Sung Jung, em novembro. Desta maneira, sobram Brian Ortega, com quem espera fazer uma revanche, e José Aldo, os demais integrantes do top 5. E, em entrevista exclusiva ao Combate.com, o brasiliense, coloca o "T-City" em sua alça de mira.

- Gostaria de lutar com Ortega. Essa luta faz sentido. Uma coisa que eu quero é entrar no top 4, porque eu já tinha vencido um top 5, depois perdi para o Ortega. Ele está em primeiro, eu estou em décimo, sendo que o quinto é o Cub Swanson, e o quarto é o Jeremy, que eu já venci. Então nada mais justo do que eu ficar em quarto e ver o que acontece. A categoria está dificil porque o Frank Edgar vai lutar contra o Zumbi Coreano. Realmente, só sobrou o Aldo e o Ortega. Mas a gente não sabe se o Holloway volta, né? Prefiro fazer uma luta contra o Ortega.

O atleta, que realizou seu camp na American Top Team, não descarta dividir o octógono com José Aldo, a quem tem como referência.

- O pessoal tem falado bastante disso. É uma luta que eu, como fã, não gostaria. Sou fã do José Aldo do mesmo jeito que eu sou fã doEdgar, mas se o UFC nos colocar para lutar, não vai ter jeito, né? E eu nem posso falar do José Aldo, né? Nem dá pra falar que são dois brasileiros no topo. É um brasileiro que está chegando, e o Aldo, que é uma lenda do esporte. Sou profissional e, se a gente tiver que lutar um dia, vou colocar essa coisa de fã de lado e lutar para vencê-lo. Mas como fã e como brasileiro é uma luta que eu não gostaria.

 

Confira a entrevista completa:

Como analisa a vitória contra Cub Swanson?

Foi legal demais! No comecinho todo mundo estava me xingando muito. Tinha um corredorzinho antes da entrada, com gente me vaiando, e eu nem aí para eles. Os caras estavam loucos! Quando o Cub foi entrar, vi todo mundo torcendo para ele, o que me deu mais motivação. Quando começou a luta, eu tava bem na distância, e ele deu uns dois chutes na minha perna, mas acertou a minha canela. Eu nem entendi por que ele estava chutando ali. Na primeira troca de golpes que tivemos, eu senti que teve um golpe que nem pegou em cheio, foi de raspão com a mão direita e ele sentiu. Vi na cara dele que ele sentiu, então fui ficando mais solto. Acertei esse jab, ele caiu, eu caí por cima e realmente fiz o que eu treinei. A gente filmou bastante meus treinos, e a gente vai fazer a comparação da lutas e dos treinos na internet para vocês verem que eu fiz tudo que eu treinei. Inclusive essa parte de chão a gente tava treinando até antes de entrar na luta.

moicano.jpg

Foi o adversário mais conhecido que você já venceu. Acredita que poderá ganhar visibilidade com essa vitória?

 

Fiquei muito feliz, porque muita gente não me conhece. Fui ler na internet depois da luta um monte de comentários assim: "Olha, esse cara pode ser campeão mesmo!" Isso acho que é pela minha versatilidade. Muita gente escreveu que eu tenho a mesma envergadura do Max (Holloway), e ainda acham que eu tenho mais chão. E também tem aquela coisa, tem que saber se vender também. a gente sabe que o UFC não gosta só de um atleta bom, tem também que saber se vender. Tem que partir para esse lado sem cair no trash talk (bate-boca, com ofensas), buscando o cinturão e buscando falar que a gente está de igual para igual com esses adversários de outras nacionalidades. Tenho tudo para lutar com esses caras e dar trabalho.

Acredita que irá trazer mais visibilidade do que contra o Stephens?

Venci o Jeremy e não tive essa visibilidade. É um cara muito duro, que estava lutando na casa dele, eu ainda não tava no ranking. Foi uma luta que deram para o cara, a gente sabe que existe isso. Vai ter o UFC em Brasília, por exemplo, vamos dar uma luta para o Moicano ganhar. Deram uma luta no Kansas ao Stephens, e eu botei água no chope dos caras. Isso me alavancou, mas não teve a mesma repercussao dessa luta. Agora foi em Los Angeles, com Staples Center lotado, contra um cara muito conhecido e terminar dessa maneira... Coloquei meu nome no topo da categoria e era o que eu previa. Sabia que essa luta iria terminar assim.

O que tem feito para ampliar o seu alcance?

É uma coisa que eu sempre falo. Eu vendo aquele filme "Gladiador", ele diz que para conquistar a liberdade, você tem que conquistar o público, então é exatamente isso com o esporte, não é só com o MMA. Pode ver que esses caras que o público quer ver, não interessa se ganha, se perde, o público quer ver. E o Cub é um grande exemplo disso. Ele estava vindo de três derrotas, mas o ginásio tava lotado para vê-lo. Por isso eu tenho feito esses vídeos na internet, para criar uma identidade com o público, para me reconhecerem.

 

Quando pretende lutar novamente?

 

Gostaria de lutar mais uma vez até o fim do ano. Quero tirar umas férias de uma semana ou duas e depois quero voltar a treinar para conquistar meus objetivos. Ainda não parei para pensar quais eventos vão ter, mas eu queria lutar no Brasil, que tem um gosto melhor.

 

Você pediu o Ortega. A derrota para ele está engasgada?

Não. O pessoal pergunta isso, mas eu tinha que agradecer o Ortega. Porque o Moicano que está aqui hoje é graças ao Ortega. Eu só estou melhorando, evoluindo, porque eu aprendi com a derrota, eu abracei a derrota. Entendi que não há vitória sem derrota, nao há como a gente ser feliz toda hora. A gente tem que perder, tropecar. E o legal não é vencer toda hora, é também perder e dar a volta por cima. Claro que eu tinha esse sonho de ser um campeão invicto, mas isso é para poucos. A gente vê que tem o Khabib, o próprio Ortega, mas se continuarem lutando, uma hora vão perder, vão aprender com isso e voltarão melhores. Essa é a beleza do esporte, a gente poder se reinventar e acredito que esse Moicano cada vez melhor foi por causa da derrota.

Você levou o bônus pela "Performance da Noite" contra o Cub Swanson. O que fará com o dinheiro?

Vou te falar: não é sobre dinheiro. É lógico que eu não vou ser hipócrita de dizer que eu não fiquei feliz, mas eu fiquei muito mais feliz com a vitória. Se você perguntasse: "Você quer ganhar a luta ou só quer esse bônus?" Eu respondo que só quero a vitória. O que me orgulhou foi a vitória, daquele jeito. Falam que estou há 12 semanas treinando para essa luta, mas não, cara, estou há muito tempo. Desde que eu perdi para o Ortega, vim para os Estados Unidos ralar para caramba, dormindo nos alojamentos, trabalhando muito, pensando nos objetivos. O dinheiro é só uma ferramenta que eu vou usar para melhorar, buscar novos meios, comida, equipamento. Até hoje não gosto de falar sobre isso, mas não tive nenhum patrocínio, nenhum. Nunca tive patrocinio de equipamento, de dinheiro, de nada. Tenho que agradecer ao meu pai, que sempre me ajudou. Eu nunca tive ajuda assim. Os prêmios todos foram para as três últimas lutas, as outras duas eram de cinturão, então pensei: "Estou na briga com esses caras aqui, estou no jogo". Não poderia ter sido melhor. Só poderia ter sido melhor se eu pudesse mostrar mais do que eu treinei. Porque eu treinei demais. Mas aí teria mais tempo de luta... (risos).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Caleb disse:

Contra o Aldo faz sentido, contra o Ortega ainda não.

Lembrando que o Moicano vencia a luta até com uma folguinha na trocação. Ele foi pego por aquela guilhotina de bombeira. Poderia ter vencido e seria ele hoje a estar nessa corrida por essa cinta.

Se levar em consideração a forma como a luta transcorria, faz sentido essa revanche já...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não manjo nada de inglês, mas a entrevista do Moicano Pós luta foi meio estranha, não foi?? Mandou um "vaqueixão" se não me engano 

No Mais, torcendo para que o moleque se consagre na categoria e no evento... Estamos precisando de novos Ídolos Brasileiros 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
57 minutos atrás, junior-sjc disse:

Lembrando que o Moicano vencia a luta até com uma folguinha na trocação. Ele foi pego por aquela guilhotina de bombeira. Poderia ter vencido e seria ele hoje a estar nessa corrida por essa cinta.

Se levar em consideração a forma como a luta transcorria, faz sentido essa revanche já...

Exatamente... tb acho que é a luta a ser feita.  Ele tá com moral com o Dana... boa possibilidade de acontecer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Duvido muito que coloquem contra o Aldo.

o UFC ta com o Aldo como carta na manga pra disputar um TS contra o Ortega, caso o Max não volte. Que eu acho que não volta tão rápido

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A cada luta o Moicano me impressiona mais. Além de muito bom em pé, mostrou grande versatilidade nesta luta. Luta bonito e com muita eficiência!

Sinceramente, não gostaria de ver um duelo dele contra o Aldo, salvo se um deles já for o campeão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que na luta com o Ortega ele cansou, aí tentou uma queda com um cara que tira finalizações de onde não tem , deu nisso , derrota, mas o cara e bom 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pés no chão e pensamento de campeão, focado do jeito que está já já estará dividindo o octógono com quem estiver com a cinta, não queria uma luta contra o Aldo de jeito nenhum, mas está afunilando, que esse problema fique para o UFC resolver, rs. Se casarem Ortega vs Aldo que acho provável dependendo do desenrolar do Max, pode ser que Moica tenha que enfrentar alguém que esteja abaixo dele no ranking como o Chad por exemplo que voltou vencendo bem e tem bom nome, vencendo Chad seria title, se o Max volta a tempo de defender sua cinta aí não teria muito pra onde correr não, acabaria rolando Aldo vs Moicano.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, pipo disse:

Duvido muito que coloquem contra o Aldo.

o UFC ta com o Aldo como carta na manga pra disputar um TS contra o Ortega, caso o Max não volte. Que eu acho que não volta tão rápido

Concordo.  Acho que em breve será anunciada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, pipo disse:

Duvido muito que coloquem contra o Aldo.

o UFC ta com o Aldo como carta na manga pra disputar um TS contra o Ortega, caso o Max não volte. Que eu acho que não volta tão rápido

Verdade , pipo vc acha que ele tem chance contra o Aldo?

Pode se fizer um jogo versátil como ele faz mas não enxergo ele vencendo o Aldo.

Apesar de Aldo se perder contra lutadores altos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que cara bacana! Nunca tinha ouvido (lido) o Moicano falar e me impressionou sua maturidade.

De fato, é um dos grandes nomes do Brasil no evento! Merece tudo que está vivendo.

 

Quanto à luta, minha opinião: como Ortega está um degrau acima de Aldo, penso que voltando Holloway, a luta será entre o havaiano e Ortega. Aí faz sentido Aldo e Moicano. Sem Holloway, aposto que farão uma revanche entre Moicano e Ortega.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com todos,o moicano caso não consiga a luta pelo interino com o Ortega,tem que lutar com o Aldo ou o Edgard e vencendo tira dúvida de qualquer um que acha que ele não merece!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Moicano é muito grande pra categoria, é grande até para os leves. Sinistro a diferenca para o Swanson. 

Acho que uma hora ou outra vai ser campeao.

Contra o Holloway seria a luta perfeita, pelo tamanho dos 2, mas o Ortega tá na frente.

Editado por Wand Forever

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso