Entre para seguir isso  
Henry Chinasky

Jon Jones dá as boas-vindas a Daniel Cormier ao clube dos campeões e pergunta em qual classe de peso vai "chutar seu traseiro"

Recommended Posts

 

Jon Jones dá as boas-vindas a Daniel Cormier ao clube dos campeões e pergunta em qual classe de peso vai "chutar seu traseiro"

Daniel Cormier fez história no último final de semana (7 de julho de 2018) no UFC 226 em Las Vegas, Nevada, depois de nocautear Stipe Miocic no primeiro round e conquistar o título  Heavyweight do Ultimate Fighting Championship (UFC).

Ao fazê-lo, "DC" agora possui as contas  da HW e Light Heavyweight, juntando-se a Conor McGregor em uma condição de elite. Naturalmente, com qualquer conquista que Cormier obtiver dentro do octógono, a sombra de Jon Jones se aproxima, infelizmente, apesar de Daniel ter dito rapidamente que ele é quem dá  as cartas agora e Jones não passa de uma lembrança distante.
 
Ainda assim, “Bones” está à espreita, como seu empresário Malki Kawa levou para o MMA Show de Ariel Helwani para transmitir a reação de Jon a Cormier por sua conquista da cinta de 265 libras, enquanto lembrava ao mundo de combate que o Daniel nunca o derrotou para tornar-se o rei da LHW 
 
“Acho que agora podemos dizer bem-vindo ao clube. Ele é realmente um campeão. Ele venceu a disputa do título da Heavyweight e ninguém pode tirar isso dele, ele é o campeão mundial dos pesos pesados ”, disse Malki. “Então isso foi uma coisa. Ele disse (Jones) , ‘Malk, isso é o melhor que poderia ter acontecido porque agora eu tenho a escolha de voltar e chutar a bunda dele no meio-pesado ou no pesado.’ Ele estava  feliz, animado ”.
 
Quanto a Jon sentir algum tipo de inveja em relação a Daniel, por este fazer o que ele não teve a chance  nas 265 libras, Kawa foi rápido em descartar essa possibilidade.
 
“Ele bateu no cara duas vezes, ele não está com ciúmes. Quando as pessoas olham para sua rivalidade, até mesmo Daniel, isso é algo além de Jon. isso é muito real ”, acrescentou ele. "Eu gostaria que ele tivesse feito isso mais cedo, como campeão meio-pesado ao que  ele disse  'Eu entendo que eu ganharia este cinturão desta forma, mas não isso nao foi sua culpa.' Ele é o campeão dos pesos pesados e ninguém pode argumentar que, isso é realidade ”, disse ele.
 
Mas quando você venceu um cara duas vezes e a segunda sendo mais convincente do que na primeira vez, Jon não é o tipo de cara que diz 'deveria ter sido eu', ele diz: 'Ótimo, agora é minha hora de voltar e poder escolhers se para os pesado ou meio-pesados. 'E isso é incrível. ”
 
Ainda assim, Kawa não iria tão longe ao ponto de dizer que Jones estava "feliz" por Cormier, dado o passado amargo de ambos, mas, como um concorrente, tem que haver algum tipo de respeito.
 
"Esses caras são concorrentes, e eu não diria que ele está feliz, mas ele definitivamente não está triste com isso. Ele não se sente idesse ou daquele jeito  , acho que é mais algo como "parabéns ao cara ”, acrescentou Malki. “Suas palavras para mim foram: 'Ele é oficialmente parte do clube'. E perguntei a ele que clube? E ele disse, "campeão". 'Ele pegou o cinturão de forms legítima'. Fiquei feliz em ver essa atitude de Jon  porque compartilho o mesmo sentimento ”, concluiu.
 
A história de Jon e Daniel não é segredo, já que "Bones" tem duas vitórias sobre "DC", apesar de sua vitória sobre o ex-atleta olímpico no UFC 214 no ano passado ter sido anulada. Como resultado, ele teve que devolver  o título das 205 libras  de volta para Cormier.
 
Um cronograma para o retorno de Jon não está claro no momento, pois ele ainda tem problemas com a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA). Dito isso, Malki está confiante de que as coisas serão resolvidas em breve. Se Jones não for liberado para lutar nos próximos sete a oito meses, ele poderá perder a chance de derrotar "DC" pela terceira vez, já que Cormier estabeleceu o prazo limite para se aposentar em março de 2019.
 
Se for esse o caso, Daniel está mais do que feliz em se retirar após  uma defesa de título de 205 libras contra Maurico Rua, seguido por sua grande luta pelo título de peso-pesado contra Brock Lesnar.
 
É bom ser campeão.
 
Editado por Henry Chinasky

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DC muito maior que o trapaceiro. Fato.. pode chorar a vontade. Escolhas das vidas é feita por cada um.. JJ escolheu o seu. DC seguindo o dele.. normal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Fedorzinho disse:

DC muito maior que o trapaceiro. Fato.. pode chorar a vontade. Escolhas das vidas é feita por cada um.. JJ escolheu o seu. DC seguindo o dele.. normal.

Assino embaixo!

Jones é um pilantra mamãezado. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lesnar e Jones têm q ser banidos do esporte.

Cormier tem q mostrar coerência e encarar um lutador ativo, talvez uma revanche.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

o DC provavelmente não vai querer lutar contra o JJones, e vai entrar para a história como um grande campeão, mas, todos vão se lembrar que, apesar de grandes lutas e grandes vitórias, tem um cara pra quem ele perdeu duas vezes, JJones.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Henry Chinasky disse:

 


Jon Jones dá as boas-vindas a Daniel Cormier ao clube dos campeões e pergunta em qual classe de peso vai "chutar seu traseiro"

Daniel Cormier fez história no último final de semana (7 de julho de 2018) no UFC 226 em Las Vegas, Nevada, depois de nocautear Stipe Miocic no primeiro round e conquistar o título  Heavyweight do Ultimate Fighting Championship (UFC).

Ao fazê-lo, "DC" agora possui as contas  da HW e Light Heavyweight, juntando-se a Conor McGregor em uma condição de elite. Naturalmente, com qualquer conquista que Cormier obtiver dentro do octógono, a sombra de Jon Jones se aproxima, infelizmente, apesar de Daniel ter dito rapidamente que ele é quem dá  as cartas agora e Jones não passa de uma lembrança distante.
 
Ainda assim, “Bones” está à espreita, como seu empresário Malki Kawa levou para o MMA Show de Ariel Helwani para transmitir a reação de Jon a Cormier por sua conquista da cinta de 265 libras, enquanto lembrava ao mundo de combate que o Daniel nunca o derrotou para tornar-se o rei da LHW 
 
“Acho que agora podemos dizer bem-vindo ao clube. Ele é realmente um campeão. Ele venceu a disputa do título da Heavyweight e ninguém pode tirar isso dele, ele é o campeão mundial dos pesos pesados ”, disse Malki. “Então isso foi uma coisa. Ele disse (Jones) , ‘Malk, isso é o melhor que poderia ter acontecido porque agora eu tenho a escolha de voltar e chutar a bunda dele no meio-pesado ou no pesado.’ Ele estava  feliz, animado ”.
 
Quanto a Jon sentir algum tipo de inveja em relação a Daniel, por este fazer o que ele não teve a chance  nas 265 libras, Kawa foi rápido em descartar essa possibilidade.
 
“Ele bateu no cara duas vezes, ele não está com ciúmes. Quando as pessoas olham para sua rivalidade, até mesmo Daniel, isso é algo além de Jon. isso é muito real ”, acrescentou ele. "Eu gostaria que ele tivesse feito isso mais cedo, como campeão meio-pesado ao que  ele disse  'Eu entendo que eu ganharia este cinturão desta forma, mas não isso nao foi sua culpa.' Ele é o campeão dos pesos pesados e ninguém pode argumentar que, isso é realidade ”, disse ele.
 
Mas quando você venceu um cara duas vezes e a segunda sendo mais convincente do que na primeira vez, Jon não é o tipo de cara que diz 'deveria ter sido eu', ele diz: 'Ótimo, agora é minha hora de voltar e poder escolhers se para os pesado ou meio-pesados. 'E isso é incrível. ”
 
Ainda assim, Kawa não iria tão longe ao ponto de dizer que Jones estava "feliz" por Cormier, dado o passado amargo de ambos, mas, como um concorrente, tem que haver algum tipo de respeito.
 
"Esses caras são concorrentes, e eu não diria que ele está feliz, mas ele definitivamente não está triste com isso. Ele não se sente idesse ou daquele jeito  , acho que é mais algo como "parabéns ao cara ”, acrescentou Malki. “Suas palavras para mim foram: 'Ele é oficialmente parte do clube'. E perguntei a ele que clube? E ele disse, "campeão". 'Ele pegou o cinturão de forms legítima'. Fiquei feliz em ver essa atitude de Jon  porque compartilho o mesmo sentimento ”, concluiu.
 
A história de Jon e Daniel não é segredo, já que "Bones" tem duas vitórias sobre "DC", apesar de sua vitória sobre o ex-atleta olímpico no UFC 214 no ano passado ter sido anulada. Como resultado, ele teve que devolver  o título das 205 libras  de volta para Cormier.
 
Um cronograma para o retorno de Jon não está claro no momento, pois ele ainda tem problemas com a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA). Dito isso, Malki está confiante de que as coisas serão resolvidas em breve. Se Jones não for liberado para lutar nos próximos sete a oito meses, ele poderá perder a chance de derrotar "DC" pela terceira vez, já que Cormier estabeleceu o prazo limite para se aposentar em março de 2019.
 
Se for esse o caso, Daniel está mais do que feliz em se retirar após  uma defesa de título de 205 libras contra Maurico Rua, seguido por sua grande luta pelo título de peso-pesado contra Brock Lesnar.
 
É bom ser campeão.
 

JJ é um filho de la putana dos mais irritantes possíveis. Se eu fosse o DC ficaria chateado. E o JJ acho que pegou no calcanhar de aquiles do DC.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Jones certo de que vai escapar da USADA, é uma vergonha pro esporte, mas gostaria de ver ele sem os produtos e sem a cocaina recreativa contra o DC nos pesados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Fedorzinho disse:

DC muito maior que o trapaceiro. Fato.. pode chorar a vontade. Escolhas das vidas é feita por cada um.. JJ escolheu o seu. DC seguindo o dele.. normal.

Boa! assino embaixo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda acredito q JJ tomou algum suplemento q a USADA nao permite usar,steroids pra lutar com o DC,duvido q faria isso. Ele janta o DC a hora q quizer,num da pro DC nao.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, gerojr disse:

o DC provavelmente não vai querer lutar contra o JJones, e vai entrar para a história como um grande campeão, mas, todos vão se lembrar que, apesar de grandes lutas e grandes vitórias, tem um cara pra quem ele perdeu duas vezes, JJones.

Acredito que o doping do Jones na 2 luta diminui e muito o peso da derrota do cormier e futuramente a menção se dará em cima disto,  DC pra mim campeão incontestável LHW e HW é uma 3 luta entre ambos seria bem vinda nos pesados mas não sinto que cormier está obrigado a isto.

Entrou definitivamente pra história e ainda tenho minhas dúvidas se o Janjão vai mesmo desafia-lo na categoria de cima assim que sua pena acabar.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso