Jorge(MMAPARA)

Confira os resultados do Arena Fight “In Memorian Meire Cabral

1 post neste tópico

thumbnail_logo-arena-fight.jpg?w=700

 

A edição especial do Arena Fight In Memorian Meire Cabral “Na luta contra o Câncer” deu-se no sábado (12.05.2018) no espaço Villa Country, em Redenção, Pará. Com um total de 11 lutas de mma (mixed martial art´s), o evento reuniu lutadores de vários  estados, e região sul e sudeste paraense. Lutadores renomados no cenário nacional e internacional, como os ex- atletas do UFC Henrique da Silva “Frankstein”, Iliarde Santos e o participante do TUF Brasil 2, Neilson Gomes, combateram seus oponentes no card da noite. O evento  também contou com a presenças Vip dos atletas paraenses do UFC, Iuri Alcântara “Marajó”, e Deiveson Figueiredo “Deus da Guerra”, em nome da causa contra o câncer. A celebridade Sheyla Mell, atual Miss Bumbum México, também eleita a Miss Bumbum Ceará, e capa da revista masculina Sexy, foi atração da noite no evento.

 

Na luta principal, o confronto entre Pará e Ceará, em que  o lutador Michel Pereira “Demolidor”, da equipe Nocaute Team, paraense da cidade de Tucumã/PA, atleta que vem se destacando no cenário mundial do esporte de MMA, como o novo “show time”, por suas inusitadas cambalhotas e saltos pirotécnicos, como o fez na última luta (28.05), no SBC, evento nacional da Sérvia, onde bicampeão do cinturão na cat. 77kg (libras), tem em seu cartel profissional 18V-08D, encarou no Cage do Arena fight, dura missão de combater o renomado Carlos Alexandre “Índio”, das equipes Nova União/Dragon Fight, com o cartel de 33V-12D, atleta com longa experiência, lutas internacionais em sua carreira, representou o estado do Ceará, ambos no peso ajustado de até 80 Kg.

Resultado da luta, porém, acabou em NC (No Contest), devido a um pequeno ocorrido com o atleta Carlos Índio, ao defender uma pegada de pernas, fizeram isometria de grade, levando-o a enfiar seu pé direito em uma fenda (espaço) que se fez entre o tatame e a borda inferior da grade do octógono, suficiente a impossibilitar seu retorno à luta. Assim a luta foi declarada sem resultado, e a organização do evento assegurou aos atletas e ao público que remarcará o combate entre o dois atletas para uma próxima edição,  a se realizar ainda em 2018.

O Co-Main Event foi um belo duelo entre 02 atletas top´s da categoria meio-pesado no Brasil (93 Kg), o lutador pernambucano  Henrique da Silva “Frankstein” da equipe Minhoca Top Team, com recente passagem pelo maior evento de mma do mundo (UFC), contra o atleta paulista Edvaldo Oliveira “Gameth” das equipes Muzenza/Gameth Team, lutador “queixo duro” afirmou seu oponente “Frank”. Os dois protagonizaram um combate de alto nível, com um grande show ao público presente, pela frenética trocação de golpes nos 3 round´s. Henrique “Frankstein” acabou vitorioso por decisão unânime dos juízes, e Gamethna graça do público por sua raça e empatia.

A identidade e Objetivo do evento

Os organizadores do evento homenagearam Meire Cabral, empresária e grande incentivadora do esporte, em especial o MMA. Ela apoiou o evento Arena Fight desde sua primeira edição em 2006. Montou a primeira academia de MMA (Clube de Luta) da cidade, em 2007. Símbolo de força, garra e luta, enfrentou um câncer por quase dois anos, faleceu há um ano (10.03.2017), deixando a lição de que “devemos sempre lutar por nossos ideais, pensar grande e, nunca desistir”. Os anfitriões do evento doaram 100% da renda de bilheteria ao Hospital de Amor (HA) – antigo hospital do câncer de Barretos – unidade Tocantins, obra em andamento na capital do estado (Palmas), uma das poucas unidades do hospital, fora do estado de SP, este que é o maior centro de referência oncológico (câncer) no Brasil, de suam importância no tratamento e assistência médico-hospitalar gratuito aos portadores da doença, aproximando seus serviços da população desta região do país.

  Arena Fight foi realizado em Redenção, no sul do Pará (Foto: Divulgação)
 

Arena Fight In Memorian Meire Cabral

Data: 12 de maio de 2018

Local: Espaço de eventos Villa Country-Redenção/PA.

Card (combates de 3 round´s com 5 minutos cada)

01-(61Kg) Paula Cristina “Bittencourt”  venceu Luciana “Lulu Guerreira” por nocaute técnico 01:15 do 1 round

02-(66 Kg) Thalysson Souza venceu x Lucas Martins por finalização (Mata Leão) 03:30 do 1 round

03-(70 Kg) Marco Antônio “Marquinhos”  venceu Denis Renilson “Nil Demolidor” por nocaute 02:20 do 2 round

04-(84 kg) Nyyckson Pimenta venceu Elias Tigre por desistência 2 round (intervalo)

05-(66 Kg) Daniel Jubileu venceu  Wesley Carvalho “Águia” por finalização(Mata Leão) 04:47 do 1 round

06-(61 Kg) Iliarde Santos  venceu Eder Menezes por nocaute técnico 03:50 do 2 round

07-(61 Kg) Antônio Ferreira “Escorpião Rei”  venceu Kleber Vilar “Bekão” na decisão dividida dos juizes

 

08-(57 Kg) Nildo Nascimento “Katchau” venceu x Rildeci Dias”Escorpião” na decisão unânime dos juizes

09-(77 Kg) Gilberto Pereira “Cachorro Louco” venceu x Neilson Gomes por desistência 3 round (intervalo)

10-(93 Kg) Henrique da Silva “Frankstein” venceu x Edvaldo de Oliveira “Gameth” na decisão unânime dos juizes

11-(80 Kg) Michel Pereira “Demolidor”  x Carlos Alexandre “Índio”- No Contest  03:03 do 1 round

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora