Eder Jofre55

Dominick Cruz acusa Mackenzie Dern de “trapacear” em pesagem

Recommended Posts

21 minutos atrás, Último Imperador disse:

Concordo com você sobre a chatice dessa geração, mas felizmente ou infelizmente o MMA se profissionalizou e as regras de peso carregam essa política.

Eu também sou saudoso do padrão Old School e acho esse lance de peso tenebroso, mas são regras que alguns descumprem sem o mínimo de culpa - como a Mackenzie.

Uma coisa é o Barão, Aldo, Rockhold e mais alguns quase morrerem pra bater o peso e por um acidente não conseguirem, outra coisa é Mackenzie e Hendrix que são clara e historicamente desleixados.

Abraços e valeu pelo debate!

Puxa, eu que agradeço! E nesse ponto não posso deixar de te dar razão. Principalmente a falta de culpa da Dern.

Com relação ao peso, também acho tenebroso o processo de corte, mais danoso para a saúde do que os treinos ou a luta em si. Acho que a pesagem devia ser logo antes da luta, evitaria muitos danos à saúde do atleta.

Sempre um prazer debater com você. Grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Foda é pensar o q se passa na cabeça da adversária.  Gastos em treinamento, tempo investido, psicológico todo voltado p luta já num país q não é o dela. Se ela recusasse sairia de mão abanando?  Acham q o Dana e cia iam dar razão a ela?  Como diz o ditado, teve aceitar o cachorro. Cruz tem razão, 3,2 kgs é muito acima. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cooper , que deveria ser a maior interessada em se agarrar na desculpa do sobrepeso da Dern, não tá falando nada!  Poderia estar choramingando que só fechou o acordo porque teve despesas, investiu e precisava de algum retorno etc, mas que achava a desvantagem injusta! Poderia ter dito isso antes da luta, inclusive!

Mas teve um comportamento digno : fechou o negocio e aceitou os riscos.

Deve é estar com vergonha de ter sido semi nocauteada por uma lutadora que não sabe dar um jab sequer, só mata-cobras.

Aliás, os 3 quilos de gordura da Mackenzie não fizeram diferença nenhuma onde a luta teve seu desfecho: no chão .

Ela não clinchou, não usou o tamanho e peso maiores pra derrubar...

 

Vale lembrar que o Pitbull lutou com quase dois quilos de vantagem contra o Hughes. Pra um striker no auge e matador como ele, essa diferença é considerável. Tanto que foi capitalizada. 

Quanto a não ter pedido desculpas no cage e tal... o que o Cruz queria que ela fizesse ? Se autoflagelasse lá na frente das cameras ? Ela tava lutando na frente do pai dela, vamos ter um pouco mais de empatia!

Dern tá marcada na organização ( Lineker sabe o que é isso) mais uma dessas e sobem ela de categoria e aí ela se ferra de vez! 

Perdeu 30 % da bolsa . Disseram que foi pouco e aqui eu concordo!

 

Só quem se fodeu foi ela !

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Henry Chinasky disse:

E pq o "show tem que continuar' e não é bom para o espetáculo que lutas caiam , mas, nesses casos, acho que a luta teria que cair mesmo, e o atleta que não bateu o peso não ganhar nada, e o que bateu receber o seu integralmente. No fim , o que foi menos profissional se deu melhor.

Acho que quem tem que decidir se a lutar acontece ou não é o adversário(que tem seus interesses )o que não deve impedir que o evento lance mão das providências cabíveis.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, rodrigommoraes disse:

De certa forma ele tem razão... Existe um limite de peso, e ele tem que ser respeitado. Eu só não acredito que ela tenha feito isso para obter vantagem. Se venceu e venceu bem, é devido ao fato de que ela é melhor lutadora. Mas é como você disse, se ela não bater o peso na próxima luta as coisas se complicam... E vai ficar claro que essa não é a categoria dela.

Exato xará. É por isso que acho que não faz sentido o que ele falou. A Dern não vai usar esse "recurso" indefinidamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, Derly Minakov disse:

Acho que quem tem que decidir se a lutar acontece ou não é o adversário(que tem seus interesses )o que não deve impedir que o evento lance mão das providências cabíveis.

4 minutos atrás, Derly Minakov disse:

Acho que quem tem que decidir se a lutar acontece ou não é o adversário(que tem seus interesses )o que não deve impedir que o evento lance mão das providências cabíveis.

Não é questão de achar. É exatamente isso que vc citou que acontece. Mas é óbvio que que há um um interesse intrínseco do evento em que o atleta aceite manter a luta. E, se isso acontece, o ajuda a "cair nas graças" da organização. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cruz tem razão. O problema não são os 3,2 Kg, o problema é o que ela se poupou do desgaste ao não cortar esses 3,2 Kg.

E concordo com o argumento. Se de um lado a adversária aceitou as condições, de outro há muita pressão para aceitá-la (necessidade de grana, vontade de agradar ou pressão natural do evento, pressão dos fãs etc.). O evento precisa encontrar formas de rever isso: aumentar a multa, estabelecer tolerância máxima, pagar integralmente a bolsa do oponente (independente de haver luta ou não) etc.

A menina tem potencial, tá em evidência. Cabe a ela mostrar que é profissional. Se não mostrar, vai pagar por isso. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O UFC está sugerindo que a Dern receba ajuda pra não falhar no corte de peso,ela teria que bater o peso,mesmo sem luta marcada,pra ela fazer isso,terá que agir com um senso de urgência e profissionalismo que ela desconhece totalmente,se ficar vai ter que ralar, se subir o caldo engrossa,acho que o tempo vai fechar pra ela

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Lucas Timbó disse:

Cooper aceitou simplesmente pq é a renda dela, é o emprego dela, tem contas pra pagar, fez um camp, gastou grana, teve toda uma despesa, fora que lutar aqui no Brasil é metade do dinheiro pra ti e o resto o Estado toma. E mais, 30% da bolsa é muito pouco, 3.2 kg é basicamente outra categoria.

Timbó! Me desculpe a ignorância. Mas a tributação do imposto do Estado em cima do salário dos lutadores é isso mesmo? Não que eu duvide , pq em termos de Brasil isso é bem cabível.....mas fiquei curioso sobre o tema.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fora isso penso que o Cruz tá muito "mulherzinha", a essência do que ele disse é a pura verdade mas.....UFC, aceitou, comissão atlética aceitou, Cooper aceitou.......temos "1000" atletas no UFC, que tem mais o que fazer do que ficar se metendo aonde não é chamado...e ele dando uma de" lavadeira".......e olha que não estou defendendo a Dern, mas não curto postura de homem intriguinha....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo amor de Deus ... No Pride os caras lutavam com diferença entre 20-30 kg, agora , porque a mina lutou com 3 kg a mais, ficam neste boiolismo exacerbado!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Categoricamente não se expressou bem. Está nas regras e, portanto, não é trapacear. Até mesmo poderia se criticar as regras e, com isso, o próprio UFC. Mas preferiu a facilidade de diminuir a vitória de uma competidora.

Por sinal, também tenho críticas quanto às pesagens. Mas essa colocação e a quem ela foi direcionada, não fazem o menor sentido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, masterblaster disse:

Algumas observações.

Uma, a Cooper aceitou lutar e recebeu 30% da bolsa da Dern, não é criança e sabia muito bem o que estava fazendo.

Outra, realmente uma vergonha a Mackenzie não se desculpar depois da luta nem mencionar o assunto. Ficou feio mesmo.

Agora, 3,2 kg serem vistos como uma diferença extremamente absurda assim, sendo que a outra recebeu mais para lutar nessa condição? Ah, fala isso para o Wand, que lutou com o Hunt 30 kg mais pesado e ainda permitiu o ataque com 4 apoios.

Pride Open Weight. Outras regras, outro evento, outros tempos.

A Dern não estava debilitada pelo processo de perda de peso e estava visivelmente mais pesada. Claro que estava em vantagem física.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo.

Por isso sou a favor de não haver acordos de maneira alguma.

Não bateu o peso, luta cancelada, punição crescente e ponto final.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

cruz costuma ser muito inteligente,... mas pra mim, nesse caso, ele deu uma viajada.

entrar com 3kg a mais não é igual você ser um lutador de uma eventual categoria de 3kg a mais e lutar com a de baixo.

3kg ou 5kg de diferença mudam e dão vantangens diferentes em contextos diferentes... esses 3kg não deram a vitória pra Derm,.. então pra mim, que falasse sobre a ética ao bater o peso.. não coisa sem sentido, forçada. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora