Eder Jofre55

‘RDA’ lamenta mudança de card e minimiza provocações de Colby Covington

56 posts neste tópico

‘RDA’ lamenta mudança de card e minimiza provocações de Colby Covington

Diego Ribas

Prestes a enfrentar Colby Covington pelo cinturão interino dos meio-médios (77 kg), Rafael dos Anjos viu o palco do confronto mudar de uma hora para outra. De acordo com o brasileiro, o contrato foi assinado para disputar o título em maio na cidade do Rio de Janeiro, no UFC 224. No entanto, a confusão criada por Conor McGregor no último dia 5 de abril convenceu a organização do show a transferir o duelo contra o ‘Caos’ para a edição 225 do torneio – evento marcado para o dia 9 de junho, em Chicago (EUA).

A motivação para a mudança de card foi o risco que seria levar Covington ao Brasil – na última passagem do americano pelo país, o falastrão abusou do ‘trash talk’, se referiu aos brasileiros como “animais imundos” e sofreu ameaças de morte pelas suas atitudes. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, ‘RDA’ lamentou o confronto longe da sua torcida e minimizou a postura provocadora do seu adversário.

“Essa luta eu assinei para ser no Rio e estava amarradão para voltar a lutar no Rio. Mas depois daquele problema que teve com o McGregor, eles resolveram mudar. Também tem o fato desse cara [Colby Covington] falar umas besteiras sobre brasileiros, então, eles resolveram mudar para Chicago. Para mim é normal [lidar com ‘trash talk’]. Essa nova geração tende a querer provocar, querer aparecer. Mas eu faço isso há muitos anos, estou no UFC há muitos anos. A minha parada é chegar lá e lutar”, explicou o brasileiro.

Depois de vencer Robbie Lawler por decisão unânime dos juízes laterais na luta principal do UFC Winnipeg – evento realizado em dezembro passado, no Canadá –, Dos Anjos conquistou a oportunidade de ser o próximo desafiante de Tyron Woodley pelo cinturão dos meio-médios. No entanto, o atual campeão da categoria realizou uma cirurgia no ombro no mesmo mês e não aponta uma data definitiva para voltar a defender o seu posto. Esse foi justamente o motivo para RDA aceitar enfrentar Covington pelo título interino.

“Eu entendo o Woodley. Quando eu ainda era campeão [dos leves (70 kg)] também tive essa oportunidade, talvez lutaria com o McGregor, mas quebrei o pé. E ele lutou com o Nate Diaz. Aí eu resolvi lutar com o Eddie Alvarez. Vejo o lado das pessoas também, não podia sentar no cinturão e falar: ‘Agora só luto com o McGregor’. E o McGregor falava sobre uma revanche com o Diaz, eu não podia esperar mais de um ano para essa luta”, ponderou o número dois do ranking oficial da divisão.

“Acho que é isso que o Woodley está tentando fazer, ele podia ter operado o braço logo depois da última luta dele [contra Demian Maia, em julho de 2017]. Mas ele esperou, esperou, esperou. Me disseram que ele só voltaria a lutar em novembro ou dezembro. Eu não poderia ficar esse tempo parado. Tenho filho e família para cuidar, não poderia ficar um ano sem lutar. E, pelo fato de ele não querer lutar, o UFC colocou esse cinturão interino. Então, eu caí para dentro”.

Caso se torne o campeão dos meio-médios, RDA será o primeiro brasileiro a conquistar dois cinturões de categorias diferentes no UFC. Em 2015, Dos Anjos foi o dono do título dos leves e realizou uma defesa bem-sucedida antes de ser derrotado para Eddie Alvarez e perder o posto. Ao longo dos quase 14 anos de carreira, o número dois do ranking oficial da divisão acumula 28 vitórias e nove derrotas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Embaixador do MMA.
Pra mim é o maior exemplo que temos de profissionalismo e comportamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dos Anjos é um lutador que deixei de torcer, mas contra os próximos prováveis dois adversários não tem como não ficar do lado dele: Colby Covington e Tyron Woodley. Meu Deus, olha os tops dessa categoria que carniça hahaha

Sou brasileiro então ficarei do lado do Brasil dessa vez, que ele conquiste o cinturão para depois perde-lo para Darren Till. Esse sim o maior merecedor de ser campeão da categoria.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Caleb disse:

Darren Till. Esse sim o maior merecedor de ser campeão da categoria.

Por quê? Porque ganhou do Cerrone?

Dos Anjos dominou o Lawler que pra mim é mais pedreira e ex-campeão. Sem sentido essa aí, ao menos por enquanto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Não vejo isso, Darren Till ainda não teve grandes oponentes vamos ver como ele se sai na próxima luta dele, essa sim será um teste.

Editado por Claudio Romão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, proceder disse:

Como se torcida fizesse diferença:rolleyes:

Só atrapalha na hora de comentar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vitória em cima do cerrone na categoria errada, acusando muita coisa, e que não faz frente aos tops, não é parâmetro pra nada, em relação a disputa de cinturão pro TILL, ainda não 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Merecimento por merecimento nem Dos Anjos e nem Darren Till, o certo seria o Usman, 7 vitórias seguidas ja

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Trindade disse:

Merecimento por merecimento nem Dos Anjos e nem Darren Till, o certo seria o Usman, 7 vitórias seguidas ja

Com  os adversários que o Usman bateu, não existem credenciais pra ele  disputar o cinturão agora não, nenhum dos que ele derrotou, andou  nem perto do top 5 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

53 minutos atrás, Valderazzi disse:

Por quê? Porque ganhou do Cerrone?

Dos Anjos dominou o Lawler que pra mim é mais pedreira e ex-campeão. Sem sentido essa aí, ao menos por enquanto.

Porque eu não gosto do Dos Anjos, nem do Colby, nem do Woodley, mas gosto do Till. E foi isso que quis dizer no meu comentário, que a minha torcida é para que Darren Till se torne o novo campeão dessa categoria.

E para quem é contra torcida em MMA... pessoal, é um direito de vocês terem essa maneira de acompanhar o esporte, mas isso não quer dizer que é a maneira correta ou a maneira certa, e que todas as outras estão erradas. É simplesmente uma maneira de enxergar as coisas diferente, nem melhor e nem pior... diferente!

Editado por Caleb

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Caleb disse:

Porque eu não gosto do Dos Anjos, nem do Colby, nem do Woodley, mas gosto do Till. E foi isso que quis dizer no meu comentário, que a minha torcida é para que Darren Till se torne o novo campeão dessa categoria.

E para quem é contra torcida em MMA... pessoal, é um direito de vocês terem essa maneira de acompanhar o esporte, mas isso não quer dizer que é a maneira correta ou a maneira certa, e que todas as outras estão erradas. É simplesmente uma maneira de enxergar as coisas diferente, nem melhor e nem pior... diferente!

Acho que a maior implicância do pessoal é quando opiniões baseadas em torcidas são expostas como análises a serem debatidas e afirmações verdadeiras, como fatos.

Pq de fato, concordo que cada um veja da sua forma e tem direito de se expressar seja pela torcida ou não, concordo 100%. E acho legal assumir e ter consciência que sua colocação é enviesado pela torcida.

Mas para análises técnicas, táticas, de trajetórias e de "meritocracia" o fator torcida distorce bem as coisas. E afirmações assertivas influenciadas pelas torcidas geram um certa mal estar na galera que tenta se despir do viés da torcida e ter uma discussão com critérios mais imparciais.

Mas acho que tem espaço para todos sim. Quem quer discutir imparcialmente tem com quem discutir imparcialmente, quem quer torcer tem com quem torcer, etc...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, Caleb disse:

Porque eu não gosto do Dos Anjos, nem do Colby, nem do Woodley, mas gosto do Till. E foi isso que quis dizer no meu comentário, que a minha torcida é para que Darren Till se torne o novo campeão dessa categoria.

Ah, bom. Ficou mais claro agora, Caleb. A palavra "merecedor" nao se aplica unicamente em função de tu gostar ou nao de certo lutador.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Analisar lutas tendo como critérios, torcida /empatia /nacionalidade, faz com que os comentários fiquem no mínimo desprovidos de coerência e embasamento, e totalmente providos de parcialidade, incoerência e tendências 

Mais de qualquer forma, todas as opiniões devem ser respeitadas, como de fato estar sempre sendo aqui 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora