Eder Jofre55

Ronda minimiza chances de retorno ao MMA: “Tão provável quanto voltar ao judô”

Recommended Posts

Ronda minimiza chances de retorno ao MMA: “Tão provável quanto voltar ao judô”

Diego Ribas

7-7.jpg

Medalha de bronze em judô nos jogos Olímpicos de Pequim 2008, Ronda Rousey foi a principal responsável pelo crescimento que o MMA feminino obteve nos últimos anos. Após conquistar o cinturão do Strikeforce (extinta liga que foi incorporada pelo UFC), a judoca ainda defendeu seu título por mais seis combates no Ultimate, vencendo todas as oponentes por nocaute ou finalização.

No entanto, após duas derrotas consecutivas – para Holly Holm e para a atual campeã Amanda Nunes -, Rousey deu início a um período sabático do MMA e assumiu novas empreitadas, como se unir oficialmente ao WWE (World Wrestling Enternainment) – famosa liga de telecatch norte-americana em que a lutadora já havia feito atuações esporádicas.

Membro oficial do elenco do WWE desde janeiro de 2018, Ronda nunca falara abertamente sobre uma possível retomada da sua carreira no MMA – a americana completou 31 anos em fevereiro passado. Porém, em entrevista concedida à apresentadora Ellen Degeneres no programa ‘The Ellen Show’ nesta terça-feira (13), Ronda deu a entender que as chances de um retorno são mínimas.

“Eu não sei. Eu acho que é tão provável quanto voltar ao judô olímpico. Ninguém exigiu um documento de demissão por escrito no judô, e eu não acho que a mesma coisa seja necessária para lutar (MMA). Eu estou apenas fazendo o que eu gosto e WWE é o que eu gosto agora.”, declarou a ex-campeã.

Se for um fim definitivo, Ronda Rousey encerra sua carreira no MMA com cartel de 12-2, com vitórias sobre os principais nomes de sua época, como Miesha Tate, Cat Zingano e Sara McMann.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por favor jornalistas nacionais... vamos valorizar atletas de MMA de verdade, e que ainda estão na ativa. A Ronda nunca mereceu metade do destaque e fama que o UFC construiu para ela, e finalmente isso acabou. Vamos virar essa página!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostem ou não a Ronda é a atleta que mais se destacou no UFC e era o pacote completo , medalhista olímpica ,bonita (acho razoável ,mas isso é muito pessoal) marrenta e boa de vendas ,se a mídia ainda dá destaque é porque desperta interesse e dessa vez foi ela que se pronunciou sobre voltar a lutar mma , não foi técnico,mãe ,jornalista ,etc...

O evento só investiu porque viu que dava retorno ,essa coisa de luta e entretenimento as vezes confunde ,tem quem pense que a coisa é seria e outros que é só circo ,acho que é um pouco de cada ,as vezes mais para um lado, outras vezes mais para o outro !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Eder Jofre55 disse:

Ronda minimiza chances de retorno ao MMA: “Tão provável quanto voltar ao judô”

Diego Ribas

7-7.jpg

Medalha de bronze em judô nos jogos Olímpicos de Pequim 2008, Ronda Rousey foi a principal responsável pelo crescimento que o MMA feminino obteve nos últimos anos. Após conquistar o cinturão do Strikeforce (extinta liga que foi incorporada pelo UFC), a judoca ainda defendeu seu título por mais seis combates no Ultimate, vencendo todas as oponentes por nocaute ou finalização.

No entanto, após duas derrotas consecutivas – para Holly Holm e para a atual campeã Amanda Nunes -, Rousey deu início a um período sabático do MMA e assumiu novas empreitadas, como se unir oficialmente ao WWE (World Wrestling Enternainment) – famosa liga de telecatch norte-americana em que a lutadora já havia feito atuações esporádicas.

Membro oficial do elenco do WWE desde janeiro de 2018, Ronda nunca falara abertamente sobre uma possível retomada da sua carreira no MMA – a americana completou 31 anos em fevereiro passado. Porém, em entrevista concedida à apresentadora Ellen Degeneres no programa ‘The Ellen Show’ nesta terça-feira (13), Ronda deu a entender que as chances de um retorno são mínimas.

“Eu não sei. Eu acho que é tão provável quanto voltar ao judô olímpico. Ninguém exigiu um documento de demissão por escrito no judô, e eu não acho que a mesma coisa seja necessária para lutar (MMA). Eu estou apenas fazendo o que eu gosto e WWE é o que eu gosto agora.”, declarou a ex-campeã.

Se for um fim definitivo, Ronda Rousey encerra sua carreira no MMA com cartel de 12-2, com vitórias sobre os principais nomes de sua época, como Miesha Tate, Cat Zingano e Sara McMann.

 

Tão provável quanto engordar mais 10 ou 15kg!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Idiota e fraca de cabeça igual ela é.. não faz falta nenhuma...por mim que se mantenha longe. Não suporto ver gente apanhando e não sabendo lidar com a derrota. O caso dela foi bem  clássico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora