Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Eder Jofre55

Dillashaw pede por superluta e provoca McGregor: “Não tenho medo de lutar”

50 posts neste tópico

Dillashaw pede por superluta e provoca McGregor: “Não tenho medo de lutar”

Diego Ribas

TJ Dillashaw reconquistou o cinturão dos pesos-galos (61 kg) ao nocautear Cody Garbrandt no UFC 217, evento que aconteceu em novembro passado. Apesar de ter retornado ao posto mais alto da categoria, o atual campeão ainda visa alçar voos maiores. E, para isso, o americano tem desafiado o maior campeão da história do Ultimate constantemente para provar que é o melhor lutador de todos os tempos.

Mas antes mesmo de uma hipotética luta contra Demetrious Johnson ser confirmada, Dillashaw já pensa no que vai fazer caso conquiste dois cinturões de categorias diferentes ao mesmo tempo. E nos seus planos o objetivo é fazer algo diferente do que foi visto com o irlandês Conor McGregor, que foi o primeiro lutador no UFC a conseguir tal feito, quando garantiu os títulos dos penas (66 kg) e dos leves (70 kg).

“Essa é uma maneira de colocar um selo no meu legado. Fiquei um pouco chateado por perder por decisão dividida para Dominick Cruz e não conseguir 13 vitórias seguidas e ser o melhor peso-por-peso do mundo. Na minha cabeça, eu deveria ser o número um. Então, tudo se trata de acabar com Demetrious Johnson e provar que sou o melhor. E ainda seria uma grande coisa para mim ser o campeão de duas categorias diferentes. Não sou Conor McGregor. Vou defender os meus títulos. Não tenho medo de lutar”, provocou o campeão dos galos, em entrevista ao site ‘FloCombat’.

‘DJ’ se tornou o maior campeão da história do UFC depois de realizar 11 defesas de cinturão bem-sucedidas, ultrapassando a marca de Anderson Silva. Apesar do recorde, Dillashaw defendeu que o dono do cinturão dos moscas (57 kg) só conseguiu essa marca por enfrentar adversários que não estão à sua altura. Por isso, uma luta entre os americanos seria tão empolgante, de acordo com o próprio lutador, já que qualquer resultado poderia acontecer.

“Sempre falam sobre Demetrious Jonhson e qual recorde ele está prestes a quebrar. Sempre falam de Demetrious Johnson e as suas vitórias consecutivas. Ou o fato de Demetrious Johnson ser o número um do ranking peso-por-peso. Mas nunca falam de Demetrious Johnson e os seus adversários. Agora, ele tem uma chance de perder e isso é assustador para ele. Sou essa pessoa, essa pessoa que vai ser uma ameaça. Você vai ficar colado na televisão, porque pela primeira vez, você não vai saber o que vai acontecer”, analisou o atleta.

Em toda a sua carreira, Dillashaw foi derrotado em três ocasiões. Quando se tornou o campeão dos galos pela primeira vez, em maio de 2014, o americano chegou a defender o seu posto em duas ocasiões, até ser derrotado por Cruz.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se o cara se propôs a bater o peso não tem coMo DJ recusar. Já bateu.o Record dele. Não tem mais adversário na categoria. É a luta a se fazer. Vai ser ótimo para a categoria mosca.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dillashaw não me desce, e para mim já alcançou todo seu potencial.

É só uma questão de tempo para o cinturão voltar para as mãos de Garbrandt, ou Rivera o conquistar.

E sobre Dillashaw vs. Demetrious, tem tudo para ser uma luta extremamente técnica e não aponto favorito.

O chato sera assistir sem ter um lado para torcer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Dlsw é um dos lutadores mais técnicos e embaçados que eu vi no UFC.

O jeito que se movimenta, corta ângulos e abafa o adversário são predicados que devem ser copiados. Aquilo sim é uma movimentação de verdade com poder de nocaute.

O melhor lutador da categoria e não é à toa que recuperou o cinturão.

Editado por Último Imperador

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lutão, espero que saia.

Contudo, se eu fosse o Demetrious, na iminência dessa luta acontecer, eu exigiria que fosse no peso galo valendo o título dos pesos galos. O cara é um dos maiores da história e o TJ nem defendeu seu título uma vez sequer desde a luta contra o Garbrandt.

Para o Mighty Mouse seria muito mais interessante ele subir. Se ele ganha os dois cinturões ele se torna, pra muita gente, o GOAT indiscutível (e com argumentos consistentes pra isso).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu apostaria no DJ tem muito volume de luta e estratégia p levar por pontos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Caleb disse:

Dillashaw não me desce, e para mim já alcançou todo seu potencial.

É só uma questão de tempo para o cinturão voltar para as mãos de Garbrandt, ou Rivera o conquistar.

E sobre Dillashaw vs. Demetrious, tem tudo para ser uma luta extremamente técnica e não aponto favorito.

O chato sera assistir sem ter um lado para torcer.

Incrível essa mania que brasileiro tem de sempre ter que torcer

Na minha opinião quem muito torce na verdade não gosta do esporte, são os casuais, eu assisto 90% das lutas sem torcer pra A ou B, o que eu torço é sempre pra ver um bom espetaculo, e que vença o melhor

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo jeito a superluta vai ter que esperar um pouco:

DJ passa por cirurgia e não tem previsão de retorno ao UFC

Demetrious Johnson tem sido constantemente desafiado por TJ Dillashaw para uma superluta entre categorias. Contudo, caso o confronto realmente aconteça, o atual campeão da categoria peso-galo (61 kg) terá que esperar até que ‘Mighty Mouse’ esteja disponível para subir no octógono novamente. Isso porque o campeão dos moscas (57 kg) passou por uma cirurgia no ombro nessa quarta-feira (10).

DJ confirmou o procedimento através de sua conta no Twitter. O americano publicou uma foto na rede social onde aparece com curativos no ombro esquerdo. Na legenda da imagem, o americano escreveu: “A cirurgia foi um sucesso. Obrigado a todos a todos os desejos de melhoras”. Ainda não há previsão de quando Johnson estaria liberado para voltar a treinar e subir ao octógono.

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, o UFC está interessado em realizar o desejo de Dillashaw e quer confirmar a superluta entre os campeões. O veículo ainda garantiu que a cirurgia feita por DJ deve atrasar as negociações, mas que a maior organização de MMA do mundo espera agendar o encontro para abril.

Com 11 defesas de cinturão bem-sucedidas, Johnson é o maior campeão da história do Ultimate. Ao finalizar Ray Borg no UFC 216, ocorrido em dezembro passado, o americano ultrapassou o recorde estabelecido por Anderson Silva. DJ é o campeão da categoria peso-mosca desde 2012, quando conquistou o título inaugural da divisão.

DTM-ld0UMAAwjhB.jpg:large

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seria uma ótima luta... os dois movimenta d+..... acho difícil o DJ topar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DJ está igual ao GSP na sua sequencia... não se arriscava por nada com pessoal de outras categorias...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ele deveria fazer algumas defesas de cinturão para depois pensar em super lutas.A categoria tem vários nomes excelentes para mante-lo ocupado durante um bom tempo. 

Já o DJ tem um bom tempo de folga na categoria.

Se saísse com certeza seria um lutão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Último Imperador disse:

Dlsw é um dos lutadores mais técnicos e embaçados que eu vi no UFC.

O jeito que se movimenta, corta ângulos e abafa o adversário são predicados que devem ser copiados. Aquilo sim é uma movimentação de verdade com poder de nocaute.

O melhor lutador da categoria e não é à toa que recuperou o cinturão.

Faço suas as minhas palavras. Me rendi ao talento desse mala. Ele não tem jogo infalível, nem áurea de imbatível, só que é realmente diferenciado. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Eder Jofre55 disse:

Pelo jeito a superluta vai ter que esperar um pouco:

DJ passa por cirurgia e não tem previsão de retorno ao UFC

Demetrious Johnson tem sido constantemente desafiado por TJ Dillashaw para uma superluta entre categorias. Contudo, caso o confronto realmente aconteça, o atual campeão da categoria peso-galo (61 kg) terá que esperar até que ‘Mighty Mouse’ esteja disponível para subir no octógono novamente. Isso porque o campeão dos moscas (57 kg) passou por uma cirurgia no ombro nessa quarta-feira (10).

DJ confirmou o procedimento através de sua conta no Twitter. O americano publicou uma foto na rede social onde aparece com curativos no ombro esquerdo. Na legenda da imagem, o americano escreveu: “A cirurgia foi um sucesso. Obrigado a todos a todos os desejos de melhoras”. Ainda não há previsão de quando Johnson estaria liberado para voltar a treinar e subir ao octógono.

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, o UFC está interessado em realizar o desejo de Dillashaw e quer confirmar a superluta entre os campeões. O veículo ainda garantiu que a cirurgia feita por DJ deve atrasar as negociações, mas que a maior organização de MMA do mundo espera agendar o encontro para abril.

Com 11 defesas de cinturão bem-sucedidas, Johnson é o maior campeão da história do Ultimate. Ao finalizar Ray Borg no UFC 216, ocorrido em dezembro passado, o americano ultrapassou o recorde estabelecido por Anderson Silva. DJ é o campeão da categoria peso-mosca desde 2012, quando conquistou o título inaugural da divisão.

DTM-ld0UMAAwjhB.jpg:large

 

 

Velho, eu não curto acusar nada assim em vão e tal. Mas na moral, é bem estranho machucar logoagora. Maluco defendeu o cinturão umas 15x e não teve nada. Teve a superluta, preferiu defender contra o Borg para quebrar o recorde. Bateu, tem a superluta, se lesiona. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0