Sign in to follow this  
casriel

O Jiu-Jitsu Japones não morreu!

Recommended Posts

Na verdade eu acho que deveria haver algum topico fixo, destes que ficam "ancorados no topo", onde a historia do GJJ eh explicada. Esse assunto eh recorrente,  e a desinformacao ( ate certo ponto normal) eh frequente. 

Aqui nos US, nos anos 90, depois de 2 UFC's ganhos pelo Royce, houve varios "historiadores" de artes marciais que visitaram o Kodokan no Japao para checar a historia do Maeda, Kimura e do Kato, frequentemente mencionados pelo Rorion no processo de divulgacao do GJJ e acabaram extendendo a pesquisa. Houve varios artigos publicados em revistas na epoca, que relatavam o que foi encontrado por la.

O colega foristaTony Ferraz (nao sei se continua tendo conta aqui) supostamente tambem fez seu proprio trabalho de pesquisar e organizar a historia, publicada no seu blog  https://tonyferraz.wordpress.com/     Eh o trabalho mais completo que conheco em portugues e se a memoria nao me falha, parece condensar acuradamente o que me lembro ter lido ao longo das decadas...

Talvez o Gurkha pudesse dar uma olhada la, de forma  combinar as informacoes que ele esta coletando e fazer um post fixo definitivo. Em ultima instancia, eu realmente acho que, na ausencia de um post que condensasse tal informacao, seria ultil para a rapaziada nova ter sempre um link ou uma reproducao daquele artigo do blog (com permissao e atribuicao ao Tony)  em algum lugar fixo. Ia facilitar a exposicao dos praticantes a informacao real das origens da sua arte.

Ainda faz falta um trabalho de compilacao real, documentada, da evolucao da arte desde os primordios aqui no Brasil, mas isso eh outra historia, e um assunto controverso e delicado. 

Edited by armlock

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 15/01/2018 at 4:34 PM, armlock disse:

Na verdade eu acho que deveria haver algum topico fixo, destes que ficam "ancorados no topo", onde a historia do GJJ eh explicada. Esse assunto eh recorrente,  e a desinformacao ( ate certo ponto normal) eh frequente. 

Aqui nos US, nos anos 90, depois de 2 UFC's ganhos pelo Royce, houve varios "historiadores" de artes marciais que visitaram o Kodokan no Japao para checar a historia do Maeda, Kimura e do Kato, frequentemente mencionados pelo Rorion no processo de divulgacao do GJJ e acabaram extendendo a pesquisa. Houve varios artigos publicados em revistas na epoca, que relatavam o que foi encontrado por la.

O colega foristaTony Ferraz (nao sei se continua tendo conta aqui) supostamente tambem fez seu proprio trabalho de pesquisar e organizar a historia, publicada no seu blog  https://tonyferraz.wordpress.com/     Eh o trabalho mais completo que conheco em portugues e se a memoria nao me falha, parece condensar acuradamente o que me lembro ter lido ao longo das decadas...

Talvez o Gurkha pudesse dar uma olhada la, de forma  combinar as informacoes que ele esta coletando e fazer um post fixo definitivo. Em ultima instancia, eu realmente acho que, na ausencia de um post que condensasse tal informacao, seria ultil para a rapaziada nova ter sempre um link ou uma reproducao daquele artigo do blog (com permissao e atribuicao ao Tony)  em algum lugar fixo. Ia facilitar a exposicao dos praticantes a informacao real das origens da sua arte.

Ainda faz falta um trabalho de compilacao real, documentada, da evolucao da arte desde os primordios aqui no Brasil, mas isso eh outra historia, e um assunto controverso e delicado. 

Mestre armlock bom ver o senhor por aqui.

Mestre com todo respeito e aquela história que os Gracie não tinha aprendido com Maeda mas com.outro japonês Geo Omori? Será que pode ser verdade?

https://www.bjjee.com/articles/the-jiu-jitsu-history-the-gracies-dont-want-you-to-hear/

Abraço!

@Gurkhaacho que vale cria outro tópico.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Gurkha
On 1/19/2018 at 9:25 PM, MV8 said:

Mestre armlock bom ver o senhor por aqui.

Mestre com todo respeito e aquela história que os Gracie não tinha aprendido com Maeda mas com.outro japonês Geo Omori? Será que pode ser verdade?

https://www.bjjee.com/articles/the-jiu-jitsu-history-the-gracies-dont-want-you-to-hear/

Abraço!

@Gurkhaacho que vale cria outro tópico.

 

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Gurkha
On 1/11/2018 at 9:42 PM, Daniel Mendoza said:

É verdade. Compartilho dessa preocupação. O jiu-jitsu brasileiro está cada vez mais focado no desportivo, se treina para campeonato. Muita academia já nem treina auto defesa ou taparia. Tirarem os ataques na perna do judô foi um absurdo. Essas regras assim matam a arte marcial mesmo, e infelizmente é a tendência. Eu gosto da ideia de virar olímpico por popularizar, mas toda arte que virou olímpica perdeu muita sua essência de combate real.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Gurkha disse:

 

Enquanto isso lá fora eles estão dando bastante ênfase às finalizações com campeonatos sub only ou nas regras da EBI, e inclusive hoje tem até campeonatos de combat jiu jitsu, que é a famosa taparia, todos eles sem quimono. Não vejo um cenário ruim para o Jiu Jitsu brasileiro hoje não, inclusive melhorou muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 23/01/2018 at 8:22 AM, Axe_Spartan disse:

Enquanto isso lá fora eles estão dando bastante ênfase às finalizações com campeonatos sub only ou nas regras da EBI, e inclusive hoje tem até campeonatos de combat jiu jitsu, que é a famosa taparia, todos eles sem quimono. Não vejo um cenário ruim para o Jiu Jitsu brasileiro hoje não, inclusive melhorou muito.

Estava assim até o ano passado lá na Australia. Eu gostava muito de trabalhar no Grappling Industries (arbitro), que era um torneio sub only, mas a pressao dos idiotas de sempre fez com que a ultima edição já comportasse pontuação, o que praticamente o iguala às regras tradicionais, menos a vantagem.

Eu vejo um cenario péssimo sim, no sentido da luta em sua essência, e vejo um cenario muito ruim em termos de esporte, enquanto a Federação Internacional for comandada por Carlinhos Gracie e sua cambada. Onde já se viu um presidente vitalício?

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Valderazzi disse:

Estava assim até o ano passado lá na Australia. Eu gostava muito de trabalhar no Grappling Industries (arbitro), que era um torneio sub only, mas a pressao dos idiotas de sempre fez com que a ultima edição já comportasse pontuação, o que praticamente o iguala às regras tradicionais, menos a vantagem.

Eu vejo um cenario péssimo sim, no sentido da luta em sua essência, e vejo um cenario muito ruim em termos de esporte, enquanto a Federação Internacional for comandada por Carlinhos Gracie e sua cambada. Onde já se viu um presidente vitalício?

Pois é, no cenário do esporte, os campeonatos dirigidos pela IBJJF serão sempre isso aí, com regras complicadas, not fan friendly (pela falta de uma expressão que melhor expressa isso), fechamentos de final (como eu odeio isso). Mas a maioria desses eventos novos estão acabando com essa dependência esportiva do jiu-jitsu com a IBJJF, como o EBI, Polaris, ACB, Kasai Pro, etc, que até agora, aparentemente, não foram influenciados pela Federação Internacional.

Sobre o aspecto da luta em si, lembrei de uma entrevista bem recente do Askren, naquele podcast do Joe Rogan, não ouvi a entrevista, mas li a matéria em relação a uma parte que ele critica o modo como o jiu-jitsu é ensinado em comparação ao wrestling (pelo menos nos EUA), dê uma lida e me fale o que achou: https://www.bloodyelbow.com/2018/1/23/16922122/brazilian-jiu-jitsu-ben-askren-wrestling-grappling-mma-news

Edited by Axe_Spartan

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this