Eder Jofre55

Thiago Pitbull abandona card do UFC Pittsburgh

15 posts neste tópico

A três dias do evento, Thiago ‘Pitbull’ abandona card do UFC Pittsburgh

Por Diego Ribas

Thiago Alves não estará mais em ação no UFC Pittsburgh. Faltando apenas três dias para o evento marcado para o próximo sábado (16), o ‘Pitbull’ foi obrigado a se retirar do combate contra Mike Perry por motivos ainda não revelados, de acordo com uma publicação do site ‘MMA Junkie’.

Apesar da retirada do brasileiro, Perry ainda tem esperança de atuar neste sábado. Tanto que o americano garantiu em sua conta no Twitter que ele “tem um oponente” para o confronto, mas nada foi oficializado ainda.

Após sofrer duas derrotas consecutivas, Pitbull reencontrou a vitória em abril passado ao superar Patrick Coté na decisão unânime dos juízes. Aos 33 anos de idade, o brasileiro coleciona na carreira um cartel com 22 vitórias e 11 derrotas.

Por sua vez, Perry está caminhando para a sua quinta participação no UFC. Lutador profissional de MMA desde 2014, o americano de apenas 25 anos sofreu somente uma derrota na carreira, tendo vencido todos os outros dez combates que disputou.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada dia mais difícil hein... O ano dos desfalques e adiamentos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Putz.. ma não tem 1 card sem cair lutas de última hora.. deve ser o corte de peso...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

card em Pittsburgh era ideal pro Pitbull

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saiu do card por causa da morte do cachorro dele, se atrasou por conta disso e perdeu voos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A morte do cachorro foi um dos motivos mas não foi o principal ,sua casa foi atingida pelo furacão Irma e os voos foram cancelados para poder ir até Pittsburgh .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, que barra a do Pitbulll, uma luta boa pra ele engrenar uma sequência... tomara que as coisas se ajeitem logo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Card tá interessante: Luke Rockhold, Uriah Hall, Kamaru Usman x Serginho (aposto num atropelo do nigeriano), Hector Lombard, Durinho...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 14/09/2017 at 11:59 AM, Filipovic disse:

card em Pittsburgh era ideal pro Pitbull

Foi muito boa! Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, Barbas disse:

Foi muito boa! Abs

ahhaha valeu Barbas. o limite entre o bom e ruim é tênue pra cacete.. heheh vai do senso de humor mesmo. abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tiago ‘Pitbull’ rompe silêncio e explica saída do UFC Pittsburgh

Twitter

Escalado para se apresentar no UFC Pittsburgh, evento realizado no último sábado (16), Thiago ‘Pitbull’ foi retirado do card do evento na semana da  disputa, cenário este que causou dúvidas entre os fãs e gerou questionamentos por parte do rival Mike Perry sobre sua escolha. E, para esclarecer todos os detalhes, o brasileiro rompeu o silêncio e deu sua própria versão através de suas redes sociais.

Em seu relato, Pitbull, ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg), garantiu que fez o possível para comparecer ao show e seguiu as instruções do setor de viagens do próprio UFC para lidar com a chegada do furacão Irma. No entanto, em último caso ele negou viajar de carro com a família e optou por tentar encontrar um voo ao longo da semana, o que se tornou inviável devido a demanda do aeroporto.

“Esse foi o meu primeiro furacão morando na Florida como marido e pai de família. A segurança da minha família é a minha obrigação, e eles sempre vão ser a minha prioridade. Mesmo assim, eu segui todas as instruções que o time de viajem do UFC me deu, a não ser a opção pegar o carro e dirigir com a minha esposa e o meu filho de 13 meses enquanto o estado da Florida estava em evacuação de emergência. Mesmo assim, tive vários voos que foram cancelados de sexta de manhã a terça-feira de noite”, narrou, garantindo que mesmo após a passagem do furacão, ele estava pronto para viajar e competir.

No entanto, os seguidos voos cancelados justamente na semana da luta, período em que o atleta precisa cortar peso para se enquadrar nos limites de sua categoria, exigiram demais do veterano, que optou por não fazer parte do card caso isso interferisse no seu desempenho dentro do cage.

“Depois de passar seis ou sete horas no aeroporto, não tendo certeza se iria conseguir viajar a tempo para a luta, sem eletricidade em casa, dormindo na academia com a minha família e lidando com a morte do meu bulldog de nove anos devido ao furacão, decidi ficar em casa com a família e reconstruir. Foi a decisão correta e não me arrependo”, garantiu, antes de prometer aos fãs que sua escolha não atrapalhará sua caminhada no UFC.

“Eu e o UFC estamos em bom termos. Eles entendem e respeitam a minha decisão. Estou no UFC há 12 anos, conheço bem o Sean Selby, ele sabe que eu sempre venho pronto para a guerra. Treinei por 16 semanas, essa luta era para ter acontecido em agosto. Se eu não luto, eu não faço dinheiro. Só quem se prejudica realmente sou eu e a minha família. Estou pronto e vou continuar pronto!”.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora