Eder Jofre55

Donald Cerrone revela porque não estuda rivais antes das lutas

13 posts neste tópico

Donald Cerrone revela porque não estuda rivais antes das lutas

Por Diego Ribas

Depois do cancelamento da luta principal do UFC Polônia, que vai ocorrer no próximo dia 21 de outubro em Gdansk (Polônia), entre Thiago Marreta e Michal Martela, o confronto entre o americano Donald Cerrone e o inglês Darren Till foi confirmado como a grande estrela deste card. Faltando pouco mais de um mês do combate, o ‘Cowboy’ declarou que não estuda os seus adversários, e que não será diante do jovem de 24 anos que ele adotará esta prática.

Sem perder o bom-humor, o atleta explicou que não teve intenções de ofender o inglês ao dizer que não o conhecia, mas que apenas não se dá ao trabalho de pesquisar sobre quem vai enfrentar. Afinal, de acordo com sua lógica de treinamento, essa tarefa cabe exclusivamente aos técnicos que o acompanham durante a preparação para o combate. A ele resta apenas melhorar e ficar pronto para a batalha.

“Claro que não [sobre ter aprendido algo sobre Darren Till]. Isso é trabalho do Greg [Jackson] e do Bradon [Gibson], eles são quem assistem as fitas. Mas todo mundo sabe que eu não vejo os filmes, não quis desrespeitá-lo. Tenho certeza que ele é destemido. Ele diz ser um dos melhores trocadores da Europa, então eu imagino que ele vai vir com tudo. É a chance da vida dele. Por que ele não faria isso? Essa luta vai ser inacreditável”, comentou o americano em entrevista para o site ‘MMA Fighting’, durante o UFC 215.

Seguindo esta lógica de raciocínio, o lutador, que vem de duas seguidas derrotas no UFC, parece preferir não ter informações detalhadas sobre como seus oponentes terminam as lutas. Desta forma, apesar de talvez não desenvolver a melhor defesa para os ataques que possam vir do rival, ele não cria excesso de expectativa sobre as habilidades do oponente e consegue treinar o melhor de suas habilidades.

“Eu não estudo meus oponentes, mas é por isso que Bradon e o Jackson ganham dinheiro. Eles estudam e precisam montar todo o nosso treinamento baseado nas instruções da luta. Tudo que eu vou fazer é baseado em como eu devo conduzir a luta, ou como ele vai conduzir. É claro que eu treino para o meu adversário, eu não vou entrar no octógono cego, sem saber o que vai acontecer, tudo é planejado. Eu não estudo, porque eu não ligo. Por que eu vou querer vê-lo nocauteando alguém e pensar: ‘Caramba, talvez ele faça isso comigo’? Eu simplesmente não coloco isso na minha mente. É melhor ele pensar o que o Cowboy vai fazer”, explicou o americano.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legítimo funcionário da Luta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Imaginei que é porque vive caindo luta ou substituindo em cima da hora, mas para ficar claro: ele não vê vídeos, paga os treinadores para verem para ele. Como ele mesmo disse, não quer dizer que entre na luta sem saber o que vai acontecer, apenas não quer se impressionar com performances dos adversários.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deve dar orgulho ter um cara desse no time... Cowboy é foda demais. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aí que entra a confiança em seus técnicos e equipe. Show de bola!

Editado por victordomingues

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda que ele terceirize essa função, não sei se é a tática mais prudente a seguir. Mas uma coisa é certa: de fato ele acaba preservando o psicológico, o que é tão importante quanto estar bem fisicamente no dia da luta. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, cabrió disse:

Ainda que ele terceirize essa função, não sei se é a tática mais prudente a seguir. Mas uma coisa é certa: de fato ele acaba preservando o psicológico, o que é tão importante quanto estar bem fisicamente no dia da luta. 

Cada enxadada uma minhoca, belo comentário, irmão. Impressionante como até num assunto físico como porrada a parte mental é importante. Em especial, imagino, por existirem questões inconscientes que não entendemos bem. Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É tipo assim, resumidamente, o cara n ve a luta mas seu treinador ja manda ''cuidado com o mata cobra de direita dele ou, esse cara vai tentar te derrubar o tempo todo esse round, fica esperto'' coisas do tipo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante esse argumento do Cerrone do porquê não estudar vídeos do adversário. Faz um certo sentido. 

O que mais falar do Cerrone né? Falar que o cara é casca-grossa é chover no molhado. Guerreiro total, respeito!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Barbas disse:

Cada enxadada uma minhoca, belo comentário, irmão. Impressionante como até num assunto físico como porrada a parte mental é importante. Em especial, imagino, por existirem questões inconscientes que não entendemos bem. Abs.

Pois é, meu amigo. Em quantas lutas os caras já entram mentalmente derrotados...? Grande abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Top!!

 

esse nunca negou adversário. Caba homi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse é "faca na bota"... não tem mimimi... vai pra porrada mesmo ! Dificil perder lutas dele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ele confia muito nos técnicos e nem se preocupa em ficar estudando... Existe lutador que nem gosta muito de assistir luta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora