Eder Jofre55

DC sai em defesa de Amanda Nunes: “Tinha direito de não lutar”

38 posts neste tópico

DC sai em defesa de Amanda Nunes: “Tinha direito de não lutar”

Por Diego Ribas

De campeão para campeã. O norte-americano Daniel Cormier deixou uma mensagem bem clara aos ‘haters’ de plantão que não perdoaram a desistência de última hora da brasileira Amanda Nunes, que alegou estar doente para não enfrentar Valentina Shevchenko naquela que seria a luta principal do UFC 213, evento disputado no início do mês, em Las Vegas (EUA).

Em conversa com o ‘MMA Junkie Radio’, o detentor do cinturão dos meio-pesados (93 kg) do UFC afastou qualquer possibilidade de que a brasileira tenha se negado a lutar por algum tipo de medo. Para Cormier, Amanda fez apenas o que ela poderia fazer se realmente estava adoecida.

“Eu não acredito que ela estava com medo. Acredito que ela estava doente. E se ela estava doente e não poderia competir, então ela tinha todo o direito de não competir”, garantiu DC.

Citando vários feitos da ‘Leoa’, Cormier deu argumentos para garantir que a brasileira não esteja realmente “amarelando”. Entre eles, o fato de que Amanda Nunes já foi testada diante de grandes atletas e passou por cima de importantes desafios em sua carreira.

“Essa é uma mulher que já lutou e venceu Valentina Shevchenko. Essa é uma mulher que bateu Ronda Rousey. É a mulher que bateu Miesha Tate. Duas mulheres que não estão mais lutando porque foram vencidas pelas mãos de Amanda Nunes, essencialmente”, disse.

Ainda não se sabe quando Amanda Nunes e Valentina Shevchenko irão fazer essa aguardada revanche, mas a brasileira já deu indícios de que o duelo poderá acontecer no dia 9 de setembro, no UFC 215, no Canadá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Importante essa visão do atleta, especialmente do campeão. DC tem que falar isso mesmo, sob pena de amanhã ou depois ser contraditório em seu julgamento. De toda forma, ficou aquele mal esclarecido, o dito pelo não dito. Nós só perdemos de ver a luta. Problema maior é da Amanda, que se queimou. Certo ou errado a decisão final é dela mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amanda arregou. Se não valesse cinta tinha lutado.

Mas mesmo esse comentário meu tenho um pouco de dúvida (me chamem de louco se quiserem), mas será que ela ganha a mesma grana de alguma maneira continuando como campeã do que o que perdeu sem lutar? E mesmo se perdesse logo teria a revanche, afinal estaria 1x1.

É no mínimo muito estranho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poder, pode. Agora tem as consequências disso: Critica, pontos negativos com o evento e fãs e afins. E com razão. 

Outro problema é o fato do médico ter liberado para ela lutar. Isso também conta muito contra ela, ao meu ver. 

E o DC... porra! Pra ele, assinar um contrato de luta e aparecer para lutar é algo muito relativo. Porque se sente no direito de ficar cancelados lutas a rodo por não se preservar em camping, 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, cisao disse:

Poder, pode. Agora tem as consequências disso: Critica, pontos negativos com o evento e fãs e afins. E com razão. 

Outro problema é o fato do médico ter liberado para ela lutar. Isso também conta muito contra ela, ao meu ver. 

E o DC... porra! Pra ele, assinar um contrato de luta e aparecer para lutar é algo muito relativo. Porque se sente no direito de ficar cancelados lutas a rodo por não se preservar em camping, 

Medico que supervisina lutadores de mma fazem vista grossa para lutar direto. Isso é  comum.

Tenho amigos qua ja competiram nos eua e nem passam em teste de visao comum. 

Mas mesmo assim. Tb acho que a amanda pipocou. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, Pride Event disse:

Medico que supervisina lutadores de mma fazem vista grossa para lutar direto. Isso é  comum.

Tenho amigos qua ja competiram nos eua e nem passam em teste de visao comum. 

Mas mesmo assim. Tb acho que a amanda pipocou. 

Pô, mas com vários outros lutadores já vimos serem suspensos de lutar mesmo alegando que poderiam lutar. E já vimos casos de tomada correta como o do Nurma. Pensando assim, até que a Amanda me traga algo que prove que realmente o bicho tava pegando, eu vou acreditando no que o Médico disse. Que é o profissional na área.

Porque se formos pegar como verdade o que o lutador fala sem trazer algo como prova e tendo um médico dizendo o contrário, aí vira festa. 

 

Essa parada de lutador com medo eu acho muito pesado. Mas foi estranho. E eu vou ficar com a opinião do Dana: Foi mais psicológico do que físico. Ela deve ter sentido algo, se abalou e não quis lutar. Se fosse outra lutadora ou não valendo cinturão, apostaria minha casa que ela iria (inclusive, não tenho casas própria ainda kkkkkk)

Editado por cisao

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, cisao disse:

Pô, mas com vários outros lutadores já vimos serem suspensos de lutar mesmo alegando que poderiam lutar. E já vimos casos de tomada correta como o do Nurma. Pensando assim, até que a Amanda me traga algo que prove que realmente o bicho tava pegando, eu vou acreditando no que o Médico disse. Que é o profissional na área.

Porque se formos pegar como verdade o que o lutador fala sem trazer algo como prova e tendo um médico dizendo o contrário, aí vira festa. 

Pacquiao ja lutou  com ligamento de ombro rompido.

Diz o anderson com costela trincada.

O proprio derrick lewis ja disse que é  só  mentir pra comissao que vc luta.

Exemplos de que conseguiu lutar todo fudido nao falta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Pride Event disse:

Pacquiao ja lutou  com ligamento de ombro rompido.

Diz o anderson com costela trincada.

O proprio derrick lewis ja disse que é  só  mentir pra comissao que vc luta.

Exemplos de que conseguiu lutar todo fudido nao falta.

Sim, mas o Anderson, por exemplo, passou por exame antes? Não. Ele quis lutar assim. 

A diferença é que a Amanda passou por exame e constatou que ela estaria apta a lutar. Porém, ela, por motivos creio eu que psicológicos, preferiu não lutar. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com DC, nem sempre um mal estar sai nos exames, e ninguém quer lutar mal das pernas, ainda mais com tanta coisa em jogo. Mas ficou feio sim por ter sido de véspera. É bom ela vencer porque a batata dela tá assando, como Dana já deixou claro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara,independente do que os médicos falem,só ela sabia de como estava se sentindo Uma luta que vale cinturão,o maior prêmio de um lutador,se não está em condições que não lute,evita as desculpas em caso de derrota.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
47 minutos atrás, Levison Lima disse:

Cara,independente do que os médicos falem,só ela sabia de como estava se sentindo Uma luta que vale cinturão,o maior prêmio de um lutador,se não está em condições que não lute,evita as desculpas em caso de derrota.

Mas aí vira festa, amigo. Se lutador derrubar luta dizendo que sente algo sem nada para provar, por exemplo, como fica? E se, pior ainda, os médicos alegarem que não é algo que possa interferir em uma luta, como faz? 

Somente a opinião do lutador prepondera? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 minutos atrás, cisao disse:

Mas aí vira festa, amigo. Se lutador derrubar luta dizendo que sente algo sem nada para provar, por exemplo, como fica? E se, pior ainda, os médicos alegarem que não é algo que possa interferir em uma luta, como faz? 

Somente a opinião do lutador prepondera? 

Não pode ser desta forma. 

Tem que comprovar com exames. 

Imagino que o(s) exame(s) feitos pelo UFC/comissão não incluam tomografia e/ou ressonância, estes necessários para uma correta avaliação da sinusite. 

Se for este o caso, só faltou a Amanda ou o empresário mostrarem o(s) exame(s). 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, cisao disse:

Mas aí vira festa, amigo. Se lutador derrubar luta dizendo que sente algo sem nada para provar, por exemplo, como fica? E se, pior ainda, os médicos alegarem que não é algo que possa interferir em uma luta, como faz? 

Somente a opinião do lutador prepondera? 

Amanda já deu resposta, inclusive médica. A bola tá de volta com o UFC, contestar ou não a veracidade do que ela disse. Mas ela já se explicou:

"Todos estão querendo ouvir meu lado, então aqui está ele… Tenho sinusite crônica, eu já lutei algumas vezes com isso antes mas, desta vez, não deu certo. Durante o processo de corte de peso, eu não conseguia respirar e me sentia tonta por causa da pressão no nariz. Não estava me sentindo bem o suficiente me arriscar a levar socos na cabeça com essa pressão. Fui levada ao hospital depois da pesagem, e eles apenas verificaram meu sangue e nível de desidratação, e me liberaram baseados nisso. No dia seguinte, voltei lá e fizeram uma tomografia computadorizada, onde descobriram um edema, e me passaram antibióticos e encaminharam a um especialista. Nunca cancelei uma luta antes. Peço desculpas aos meus fãs que vieram me ver. Eu farei acontecer na próxima vez que pisar no octógono. A luta está sendo remarcada, ainda quero essa luta. Ainda quero essa adversária. Obrigada”, narrou a baiana campeã peso-galo (61 kg) do UFC.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora