Vitor Azevêdo

Técnico explica mal estar de Amanda

15 posts neste tópico

Treinador da American Top Team, Marcus "Conan" Silveira acompanhou de perto o cancelamento do duelo da campeã peso-galo, Amanda Nunes, contra Valentina Shevchenko, que aconteceria na luta principal do UFC 213, sábado, em Las Vegas, Estados Unidos.

Em entrevista ao Canal Combate nos bastidores do evento, Conan contou que a "Leoa" estava indisposta desde o início da semana, mas tentou de todas as formas se manter na luta.

- Na verdade, nessa semana ela já não estava bem. Ela treinou super bem, o camp foi maravilhoso, tudo certinho. Mas, às vezes, acontece uma indisposição, e a gente tem que prestar atenção, porque é um risco muito grande, uma responsabilidade muito grande. A gente sentiu que ela não estava 100%, com uma sinusite muito forte, com muita dor de garganta e não estava dormindo direito. Tentamos até o último segundo manter a posição de que ela iria lutar, para dar aquela virada. Mas a gente tem que ter a decisão de equipe. Se não está 100%, não tem que lutar. Quando existe o risco de saúde e físico, ainda mais sendo uma luta importante, tem que ter o respeito ao adversário. A Valentina está 100%, então eu acho que vai ter uma outra chance.

Amanda Nunes, pesagem UFC 213 (Foto: Adriano Albuquerque)Amanda Nunes se sentiu mal e precisou ser hospitalizada antes do UFC 213 (Foto: Adriano Albuquerque)

O técnico também rebateu os comentários de fãs que insinuaram que Amanda teria "corrido do combate" e afirmou que o processo de corte de peso pode ter piorado o quadro clínico da lutadora.

- O corte de peso pode ter colaborado. Se você não está bem e ainda tem que cumprir a sua obrigação de cortar o peso, não ajudou. Mas isso não é desculpa. É uma coisa que acontece com qualquer um, e hoje aconteceu com a campeã. É preciso ter o respeito e o entendimento. Ela não corre de ninguém, isso eu garanto. Ela não é uma lutadora, uma mulher, que corre de qualquer luta. Ela nunca vai fazer isso. Já estamos tentando botar a luta para frente. E vai acontecer.

Amanda foi levada ao hospital na última quinta-feira, após a pesagem cerimonial do UFC 213. Na manhã de sábado, dia do evento, a lutadora ainda não estava se sentindo bem e foi novamente hospitalizada, obrigando o Ultimate a cancelar o combate. O presidente da organização, Dana White, disse em entrevista à "Fox Sports" americana que a campeã havia sido liberada pelos médicos para competir, mas que ainda não estava se sentindo bem e, por isso, optou por sair do card. Para Conan, Amanda agiu com responsabilidade ao não arriscar sua integridade física para salvar o evento.

- Ela sentiu a responsabilidade. A Amanda está na posição de campeã, e queria ter lutado, mas não tem a necessidade de você se expor a um risco desnecessário. Ela tem todo o direito de não querer lutar não estando bem, não importa o que as pessoas digam ou achem. No fim das contas, quem está lá dentro é ela. É uma decisão pessoal dela, e nós, como treinadores, sabemos que faz parte, que acontece. Agora ela vai descansar um pouco, e voltaremos a treinar depois. Agora ela está 50% e não vai demorar muito para essa luta acontecer. Setembro é uma ótima data, mas poderia ser semana que vem. É só ela estar boa, é só o que a gente quer. Estando saudável e bem, está ótimo - finalizou.

 

 

http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2017/07/tecnico-explica-mal-estar-de-amanda-e-garante-ela-nao-corre-de-ninguem.html#esporte-mma

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, decisão muito difícil de ser tomada, certamente será queimada por todos os lados (público e empresa), mas não lembro da Amanda ter problemas de comparecer nas lutas, então, ainda dou um voto de confiança. Não é bem como o técnico falou (nenhum lutador luta 100%), mas deu para entender: se o lutador não se sente bem o suficiente para lutar, de fato ele que tem que saber o melhor para si. E hoje em dia o cinturão do Ufc se tornou um objeto muito importante e cobiçado, ninguém quer largar, então fazem de tudo para mantê-lo. O Dana falou que vai passar a observar esse tipo de "padrão" (citou o DJ e agora o caso da Amanda). Eu já dei minha opinião faz tempo que deveria ser algo objetivo: não lutou, seja por medo, diarreia ou lesão grave, não importa, casa um título interino. Quando der um ok, casa a luta do título linear novamente. Se não comparecer novamente, perde a cinta. Só tem um probleminha nisso: o Dana/Ufc não gostam de regras objetivas, ele gosta de decidir conforme suas conveniências. Se a Amana não se espertar e trouxer algum tipo de resultado (principalmente vencendo a luta a ser remarcada), vai cair num certo ostracismo. Já perdeu o posto de main event, esse é só o começo para o Dana.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
34 minutos atrás, Ollie Ramone disse:

Bom, decisão muito difícil de ser tomada, certamente será queimada por todos os lados (público e empresa), mas não lembro da Amanda ter problemas de comparecer nas lutas, então, ainda dou um voto de confiança. Não é bem como o técnico falou (nenhum lutador luta 100%), mas deu para entender: se o lutador não se sente bem o suficiente para lutar, de fato ele que tem que saber o melhor para si. E hoje em dia o cinturão do Ufc se tornou um objeto muito importante e cobiçado, ninguém quer largar, então fazem de tudo para mantê-lo. O Dana falou que vai passar a observar esse tipo de "padrão" (citou o DJ e agora o caso da Amanda). Eu já dei minha opinião faz tempo que deveria ser algo objetivo: não lutou, seja por medo, diarreia ou lesão grave, não importa, casa um título interino. Quando der um ok, casa a luta do título linear novamente. Se não comparecer novamente, perde a cinta. Só tem um probleminha nisso: o Dana/Ufc não gostam de regras objetivas, ele gosta de decidir conforme suas conveniências. Se a Amana não se espertar e trouxer algum tipo de resultado (principalmente vencendo a luta a ser remarcada), vai cair num certo ostracismo. Já perdeu o posto de main event, esse é só o começo para o Dana.

Isso aí, falou tudo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Impressão q ficou é que se não fosse campeã, ela lutaria

Editado por luan valente
Erro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Foi um erro feio. E o UFC/DANA devem "puni-la" por isso. 

Faltando 5 horas para o evento se retirar do card? Pelo amor. 

Tudo indica que foi corte de peso. A Amanda tava maior do que eu na conferência a 2 meses atrás. Gigante. E durante a semana também. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caraca! Ontem à tarde fiquei sabendo que a luta tinha caído,  contei pra minha esposa,  e ela (sem ter lido ou visto nada) falou que a Amanda sentiu a pressão.. a midia toda falando que eh o único cinturão e tal.  Lendo essa notícia vi que a patroa acertou em cheio hehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É claro que foi amarelada. O próprio admite isso quando diz que não foi para a luta pro ela ser a campeã, isso ficou claro.

Tem que estar 100%? Estava 100%, o problema foi falta de confiança. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como diria Wallid Ismail nos aureos tempos..."Amanda correu!!!"

Sem mais

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
53 minutos atrás, luan valente disse:

Impressão q ficou é que se não fosse campeã, ela lutaria

Pensei a mesma coisa!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Garganta inflamada??????????

Antibiótico????? Doooooooopping?????????????

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Silverchair disse:

Garganta inflamada??????????

Antibiótico????? Doooooooopping?????????????

Ela informando que tomou a medicação, já era está liberada para lutar ainda mais se foi o proprio UFC que encaminhou ela para ser medicada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Possivelmente foi um mal estar psicológico agravado por estar com sinusite, garganta mal, todo esse estresse e mudanças físicas da desidratação e perda de peso e pressão da defesa, etc. Acho que se ela não estava se sentindo bem e chegou a ser hospitalizada, mesmo que os exames não demonstrem nada físico consistente a ponto de a impossibilitar, ela não estava bem. Pode ter tipo uma crise de alguma forma, ou sei lá, e isso é significativo também. Todo mundo está sujeito a isso mesmo. Ela não tem histórico de deixar luta, então acho que os fãs podem e devem ser compreensivos. Mas certamente o corte de peso que aparentemente foi grande já que ela estava grande potencializou seja lá o que ela teve. E seja lá o que ocorreu, tem que ser investigado por ela e pela equipe para que isso não ocorra novamente. Pq isso é compreensível e aceitável uma vez no máximo neste nível de profissionalismo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se for sinusite, não deveria ser liberada pra lutar. Isso implica na respiração. Aí a pessoa vai lutar, cansa e a gente reclama q brasileiros nunca tem gás, como até eu mesmo faço. Ela não tem histórico de largar lutas . Acho que merece um crédito. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nenhum lutador luta livre de dores, pequenas lesões ou 'se sentindo ótimo'.

 

Só não lutou pq era campeã. e nao quis arriscar. Perdeu respeito da torcida e do patrão. Valia mais ter tomado 2 injeções e ir pra luta, depois se recupera do rebote...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
54 minutos atrás, ExclusiveMMA disse:

Nenhum lutador luta livre de dores, pequenas lesões ou 'se sentindo ótimo'.

 

Só não lutou pq era campeã. e nao quis arriscar. Perdeu respeito da torcida e do patrão. Valia mais ter tomado 2 injeções e ir pra luta, depois se recupera do rebote...

Uma vez eu participei de um Kumite com o dedão do pé quase preto (estava bem roxo). Peguei uma surra mas não deixei de cumprir meu compromisso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora