vharb

Rockhold quer greve geral dos pesos-médios + Spider Indignado

41 posts neste tópico

Definitivamente, a divisão dos pesos-médios é, hoje, a mais conturbada do UFC. E, desde que a organização anunciou a "furada de fila" de Geroges St-Pierre, que voltará da aposentadoria direto para uma disputa de cinturão contra Michael Bisping, os principais lutadores da categoria até 84kg mostram sua indignação com os rumos tomados dentro da companhia. A situação chegou a tal ponto que o ex-campeão - e um dos nomes de maior prestígio do Ultimate -, Anderson Silva, chegou a cogitar a aposentadoria, caso não lhe fosse dada a possibilidade de disputa de um cinturão interino contra o número 1 da divisão, Yoel Romero.

Nesta segunda-feira, foi a vez de Luke Rockhold levantar a voz contra o alto comando do UFC. O ex-campeão peso-médio, inclusive, propôs que os lutadores da divisão até 84kg cruzem os braços e se neguem a entrar novamente no octógono, pelo menos, enquanto não forem definidos critérios claros que possam levar o lutador a uma disputa de cinturão.

- Você não pode prever nada nos dias de hoje. O UFC está apenas tentando pagar uma dívida, tentando juntar essas "mega lutas", que não fazem sentido algum. Se eles não colocarem uma disputa de cinturão interino em jogo ou se eles não agendarem o Bisping contra um dos principais desafiantes da divisão, eu não luto com ninguém. E todo o resto dos pesos-médios deveria fazer isso. Sem eu, Mousasi, Yoel e Whittaker? Acho que todos deveriam ficar em pé e dizer "f...-se". Coloque um título em jogo ou então "f...-se" - disse Rockhold no programa "The MMA Hour", antes de completar.

- Acho que, na verdade, todo mundo já está em greve, não é? Estamos todos aguardando por um título. Whittaker está triste, eu expressei minha opinião e acho que Mousasi deve ficar firme também. Quer dizer, sem nós, não existe m... de divisão nenhuma. Acho que todo mundo precisa dar uma passo a frente e fazer algo acontecer. Os pesos-médios precisam intensificar e marcar terreno. Eles estão nos pressionando contra um canto. Nós temos que manter e ficamos juntos. Estou cansado dessa m..., cara.

Ainda de acordo com Luke Rockhold, o UFC lhe propôs uma luta contra Gegard Mousasi, que não lhe agradou. Segundo o ex-campeão peso-médio, o iraniano naturalizado holandês ainda não seria seu "atalho" à uma nova disputa de cinturão.

- Eu pedi a luta contra o Whittaker. Acho que é um caminho mais direto para uma disputa de cinturão. Mousasi está ficando de lado. Sabe, ele estava bem contra o Weidman, mas houve aquela decisão controversa no final. Por outro lado, o Whittaker derrotou o Jacaré e o colocou para fora dessa disputa. É muito claro isso. Então, eu vencendo ele, não precisaria me preocupar com mais ninguém na minha frente - afirmou.

Por fim, Luke Rockhold deu mais uma amostra de sua revolta contra o novo UFC, quando soube que a luta entre Georges St-Pierre e Michael Bisping aconteceria apenas em novembro de 2017. Segundo o ex-campeão peso-médio, há possibilidade real dele rescindir seu contrato com o Ultimate.

- Isso é uma piada. Eles não estão colocando o campeão para trabalhar. Quer dizer, eles vão mesmo esperar até outubro, novembro, para fazer essa luta com GSP? O que aconteceu com a antiga empresa, onde o melhor lutava contra o melhor, que foi o que construiu esse esporte? Agora, eles apenas fazem uns shows bizarros - comentou, antes de finalizar.

- Definitivamente, a bola está com eles e sabem disso. Acho que ninguém está feliz com essa situação e tenho certeza que o salário do Yoel Romero não vai segurá-lo por muito tempo. Eu bati nos melhores do mundo e, fala sério, não há um caminho para nada. Não adianta ficar nessa m... de companhia. Se é apenas luta por dinheiro, posso fazer isso em outro lugar. Pode me liberar do contrato e vou fazer essas lutas por dinheiro em outro lugar. Estou aqui na empresa para enfrentar os melhores caras do mundo e ganhar títulos. Se não há caminho para isso, estou fora. Me deixem ir.

Anderson Silva foi outro a se revoltar e publicou mensagem em suas redes sociais

Leia abaixo o desabafo de Anderson Silva:

"A partir do momento que eu acho que é uma sacanagem comigo, eu não tenho que aceitar. E não vou aceitar. Entendeu? E, para piorar mais ainda a situação, ele - o "Todo Poderoso" - pega e faz o seguinte: traz um cara que saiu da aposentadoria, não é da categoria e bota pra disputar o cinturão. Mas como que ele pega um cara que está saindo da aposentadoria, não é da categoria - Ele vai ter uma desculpa pra isso, tá? Já estou avisando - pra lutar pelo cinturão com um cara que ganhou uma luta por pontos e perdeu outra por nocaute? Pra um cara (Michael Bisping) que, supostamente, na última entrevista dele, disse que está pronto para lutar e não botou para lutar com o primeiro do ranking, que é Yoel Romero. Isso tudo é uma grande sacanagem. E eu não posso ficar quieto.

Todos os atletas da categoria deveriam se pronunciar. Está tendo um boicote aos atletas da categoria. Não estou putinho porque não vou disputar o cinturão. Fiquei por 10 anos com o cinturão. Nada desse esporte é novo pra mim. Só que, pro meu negócio, não tem porque eu aceitar uma luta com Romero sem valer cinturão interino. Não tem por quê. Eu não sou um idiota, não sou burro. Quero que as pessoas entendam isso, que as pessoas parem de falar besteira porque elas não entendem o que acontece nos bastidores desse esporte.

Infelizmente, todos os atletas da categoria estão sofrendo esse boicote. Estou com 42 anos, já aconteceu tudo comigo nesse esporte: já perdi, já caí no doping, já ganhei, campeão por anos, só quero lutar e ser feliz. Só que, pra eu lutar com o Romero, que é um cara duro, todo mundo corre dele, estão tentando proteger o Bisping de lutar com ele, nada mais justo que eu, o cara, que supostamente o todo poderoso - não fui eu que falei isso - foi o "Todo Poderoso", há alguns anos falou que tinha o melhor lutador peso por peso do mundo, Anderson Silva... Mas ele, o "Todo Poderoso" que tem que se explicar pra todo mundo aí.

Agora está explicado, não quero mais que as pessoas fiquem me perguntando sobre isso. Não vou lutar por causa dessa sacanagem. Que não é só comigo, mas com todos os atletas da categoria. Ponto final. O "Todo Poderoso" é o dono do brinquedo. Quem quiser aceitar, aceita e, quem não quiser, não aceita. E eu não vou aceitar. Se eu aceitar essa palhaçada, eu tenho cinco filhos e não posso chegar em casa e dizer "voltei atrás". Tenho hombridade e vou até o final. Quando você tem razão, tem que ir até o final. Me desculpem, se isso me custar sair do UFC, me aposentar, me colocar na geladeira, querer me sacanear, não estou nem aí. Mas o que vou fazer é o certo.

É o certo pra mim, é minha hombridade e ninguém vai mudar isso. Estou indignado, mas estou feliz por estar terminando um camp que não foi dinheiro jogado fora. Com pessoas que estou sempre aprendendo, várias pessoas legais, estou feliz, voltando pra casa feliz. De uma certa forma, muito mais feliz do que se eu tivesse lutado. A gente conseguiu fazer com que o "Todo poderoso" colocasse as barbinhas de molho. Ele vai ter que colocar o Romero para lutar, não tem mais desculpas.

Ele é o número 1 do ranking e o Bisping disse que está pronto pra lutar. Não tem conversa. De certa forma, ajudei um colega de trabalho. Isso é o que a gente deve fazer, não é xingar o Dana White, bater de frente. Mas o Dana deu um tiro no próprio pé. Eu não tenho problema com ele. Mas o problema é quando afeta a nossa categoria de lutadores, atletas que ficam meses fora de casa, que fazem o show acontecer, não é ele (Dana). Ele só senta, casa a luta e fica assistindo. Isso é uma palhaçada. Tem que acabar isso. Amo isso, é minha paixão, mas não posso aceitar esse tipo de sacanagem. O UFC não é esporte. É uma entidade. MMA é o esporte. UFC é uma marca que transmite e faz a luta de MMA. Um por todos, todos por um e vitória na guerra".

http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2017/05/revoltado-com-o-novo-ufc-rockhold-propoe-greve-geral-dos-pesos-medios.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Rockhold não tem muito que escolher entre Mousasi ou Whittaker não. Tá já um ano inativo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aeee porra

Greve nessa merda aí mesmo

Só cruzando os braços os lutadores conseguirão algo e talvez resgatem o UFC dessa palhaçada que virou o evento

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aeee porra

Greve nessa merda aí mesmo

Só cruzando os braços os lutadores conseguirão algo e talvez resgatem o UFC dessa palhaçada que virou o evento

Eu DUVIDO e muito que isso aconteça de fato, greve é coisa de vagabundo e se o fizerem, o UFC vai simplesmente dar uma geladeira em quem fizer e segue o barco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaz, o Rock não tem muito do que reclamar pois vem de um ano parado e derrubou uma luta por lesão dele a umas 3 semanaas da data. Então..

Porém, nã otiro a razão dos demais, principalmente o Romero. Ta ridículo esse "reinado" do Bisping. 1º defesa contra o Hendo 2º Contra o GSP 4 anos parado sem nunca ter lutado na categoria e ainda sem data sendo prevista para depois de outubro.

Nomes na categoria não faltam como desafios..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu DUVIDO e muito que isso aconteça de fato, greve é coisa de vagabundo e se o fizerem, o UFC vai simplesmente dar uma geladeira em quem fizer e segue o barco.

Acho que ele também duvida. Me parece um cara bem esclarecido.

Tá fazendo algum barulho pra ver se muda alguma coisa... e acho válido.

Mas a oportunidade aparece na renegociação de contrato. Ainda bem que existe o Bellator.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu DUVIDO e muito que isso aconteça de fato, greve é coisa de vagabundo e se o fizerem, o UFC vai simplesmente dar uma geladeira em quem fizer e segue o barco.

O tal do Valderazzi é o trabalhador que todo patrão ADORA, o cara olha pros encargos trabalhistas e fica com pena do patrão, ele inclusive deve estar pensando em se juntar aqueles trabalhadores que resolveram dormir no serviço para não perderem o busão.

E claro que a marmita ele vai pagar, afinal, coitado do patrão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A verdade é q o UFC tá cagando e andando se os lutadores estão fazendo biquinho!

Pra eles o que importa é que quando colocarem o St-Pierre e Michael Bisping pra lutar todo mundo vai assistir e a "entidade" vai fazer muito dinheiro com isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E tem outra se eu fosse o Anderson eu ficava quietinho, e iria fazer um trabalho estratégico pra encarar o ganhador da disputa do título na base do talk mesmo.

Imagina se o St-Pierre ganha e eles queiram casar Anderson vs St-Pierre (a luta mais aguardada q não aconteceu), aí não haveria problema em "haver furos de fila" né Anderson...

Seria inteligente o suficiente em aproveitar a oportunidade e encerrar a carreira como merece!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Freak show solto....

Tops sendo deixandos de lado por freak fights...

Destruiram a unica coisa que prestava nessa merda de evento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Concordo com as reclamações dele sobre o cenário de título da divisão, mas essa ideia de parar é horrível. Quem vai querer ficar recusando luta sabendo que cada recusa adiciona 6 meses no prazo que o ufc tem pra dar ao lutador as lutas acordadas no contrato?

Sem falar que não é todo mundo que tem emprego de modelo igual a ele...

Editado por Will S. F.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O tal do Valderazzi é o trabalhador que todo patrão ADORA, o cara olha pros encargos trabalhistas e fica com pena do patrão, ele inclusive deve estar pensando em se juntar aqueles trabalhadores que resolveram dormir no serviço para não perderem o busão.

E claro que a marmita ele vai pagar, afinal, coitado do patrão.

Difícil entender esses trabalhadores que defendem caninamente o patrão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Anderson foi coerente.

As coisas estão mudadas rs.

Brincadeiras à parte, o UFC não vai conseguir se sustentar a longo prazo dessa forma, tem q mesclar o show com a competição, pra agradar todo mundo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É, está todo mundo errado nessa história, mas o Ufc tomou um caminho muito arriscado. Pior: previsivelmente arriscado. Eu sinceramente custo a acreditar que não pensaram nas consequências danosas (e desastrosas) de ações que conjunta e sistematicamente: geravam mais lucros à empresa, reduziam as possibilidades de anúncios aos atletas, pagamentos muito diferenciados para um único atleta, como se ele carregasse a empresa toda nas costas. Enfim, faz tempo que escrevo aqui: criaram um monstro e um dia a conta ia (ou vai) chegar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

acho dificil acontecer...mais se acontecer...seria epico...ja passou da hora da empresa tomar vergonha na cara e parar com essa patifaria

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora