Fabri

Ruas e Eugênio dão suas versões do dia em que Rickson desafiou a LL

Recommended Posts

Diante da parte destacada, não há mais como discutir com o colega forista. Realmente, para você distorcer fatos (conversa com o pessoal contemporâneo aos acontecimentos e pergunta se o cara não era linha de frente, são fatos), parece-me que se trata de uma religião para você. Eu sou ateu. Portanto, encerro minha participação, provavelmente por mais bastante tempo.

Abraços

Desculpe se isso ofende mas quem se comporta como religiosos é vocês!

Pedem pra eu provar que o Hugo com 19 anos não era o general ainda, eu mostro o que dá pra mostrar, vocês não mostram nada além de falar de uma suposta tatame que ninguém sabe o número é que supostamente o Ruas admite que pediu mais tempo.

E ainda usam as hominem me acusando de não trazer fatos ou de usar apenas minhas opiniões pra denegrir o Rickson quando desde o começo eu disse que achava que Rickson tinha chances contra o Ruas e etc.

Francamente, amigo! Sejamos honestos! Quem não mostrou fatos nenhum foram vocês!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que isso, cara...

Você sabia quem eram os nomes mais perigosos na época?? Pouquíssimos... E pode ter certeza que o Ken Shamrock era um deles. Entre os UFC's 1 e 5, finalizou nomes no Pancrase como Masakatsu Funaki, Bas Rutten, Maurice Smith e Matt Hume; Pat Smith, quando estreou no UFC, era o maior kickboxer americano; Emmanuel Yarbrough, um lutador de sumô com mais de 200 kgs; Dan Severn, 2x campeão mundial de wrestling, pesando mais de 100 kgs; fora nomes como Kimo, Gerard Gordeau, Keith Hackney e etc...

Royce não teve moleza não, mano...

Pat 'Carlinhos Bala' Smith viria a nocautear o Hug no K1

Tinha o mano com 10 faixas pretas

Era muito bom ver esses vídeos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, eu de forma alguma estou afirmando que o Hugo Duarte era o cara da Luta Livre na época pra poder enaltecer o Rickson; também não tenho sentimento de paixão pelo mesmo...ao contrário de alguns por aqui, não sinto isso por lutador algum, somente pela minha família.

Quem está sustentando que ele não era o cara na época através de opinião é você; eu estou dizendo que treinei e conheci nomes respeitados no meio das lutas, tanto da Luta Livre quanto do Jiu-Jitsu, e foram unânimes em dizer que esses caras das antigas eram de fato brabos - estou me referindo ao Rickson Gracie, Eugênio Tadeu, Royler Gracie, Marco Ruas, e ao próprio Hugo Duarte, entre outros.

Por fim, não quero que aceite nada...estou apenas dividindo informações com os demais por aqui, e é sempre bom relembrar esse passado.

Bons tempos!!

Apenas opinião? Eu trouxe entrevista do próprio Rickson dizendo que não sabia quem era o Hugo! E no entanto sabia quem era o Ruas, Molina, Brunocila etc.

Vocês é que ficam nessa de opinião: "ah, acho que na época nem tinha campeonato de LL"

Amigo se duas pessoas discordam sobre a existência de uma coisa é o que acha que ela existe que tem que provar que existe! Apesar disso eu reuni as provas (entrevista), os fatos (idade, tempo de treino) e tudo o mais que mostram que o Hino não era o general ainda!

Também conheço muita gente, e aí? O que estou dizendo é que o Hugo se tornou um grande nome a partir da invasão da acadêmia! A partir dali é que ele passou a ser respeitado mesmo tendo tomado atraso do Rickson! E já teve gente das antigas que me disse isso enaltecendo o Hugo.

Agora vocês ficarem se baseando apenas no que acham e ainda usando as hominem contra mim não dá né?

Em nenhum momento eu disse que nenhum dos citados não era casca grossa! O que eu disse é que um moleque de 19 anos com uns 5 anos de treino não era o pica das galáxias! E não era mesmo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, ultimamente soube de outra versão da história que quebra tudo o que foi dito até hoje sobre o bjj.

Esplana isso daí mano. A gente tá aqui pra trocar informação mesmo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pat 'Carlinhos Bala' Smith viria a nocautear o Hug no K1

Tinha o mano com 10 faixas pretas

Era muito bom ver esses vídeos

Pat era casca na trocação mas era crú no chão, vencer o Hug foi um grande feito apesar que o Hug devolveu na revanche!

O kakato geri do Hugo era coisa linda de se ver! Hug era foda!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só passando para parabenizar o desenrolar das idéias desse tópico !

Várias histórias, fatos,mtos os quais eu tinha pouco conhecimento ( ou nenhum) e o principal, respeito, apesar dos diferentes pontos de vista!!

Gde abraco a todos !!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pat 'Carlinhos Bala' Smith viria a nocautear o Hug no K1

Tinha o mano com 10 faixas pretas

Era muito bom ver esses vídeos

Keith Hackney foi na mmha opinião a luta mais dura do Royce à época. Contra Kimo o Gracie lutou mal, trocou força desnecessariamente, subestimou um adversário cuja força física por si só já é motivo de respeito.

Hackney enfrentou um Royce em noite inspirada, e levpu perigo ao utiizar estrategia consagrada por Liddell, anos depois: sprawl'n'brawl.

Tanto é que o Gracie - que lutou muito, essa é mnha luta favorita do Royce ao lado da primeira contra Shamrock - teve de puxar pra guarda, onde levou duas porradas sinistras, mas mostrou do que é feito, trabalhou jiu jitsu clássico e finalmente, escalando a guarda e finalizando.

Parece que foi ontem. Nao é possivel mas lá se vão 22 anos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Keith Hackney foi na mmha opinião a luta mais dura do Royce à época. Contra Kimo o Gracie lutou mal, trocou força desnecessariamente, subestimou um adversário cuja força física por si só já é motivo de respeito.

Hackney enfrentou um Royce em noite inspirada, e levpu perigo ao utiizar estrategia consagrada por Liddell, anos depois: sprawl'n'brawl.

Tanto é que o Gracie - que lutou muito, essa é mnha luta favorita do Royce ao lado da primeira contra Shamrock - teve de puxar pra guarda, onde levou duas porradas sinistras, mas mostrou do que é feito, trabalhou jiu jitsu clássico e finalmente, escalando a guarda e finalizando.

Parece que foi ontem. Nao é possivel mas lá se vão 22 anos.

Verdade, luta duríssima.

Eu comecei nas lutas depois do UFC 4, quando vi o Royce finalizar o Severn no triângulo. No dia seguinte, estava de quimono, em uma academia de Jiu-Jitsu (não fui muito longe, pois não consegui me adaptar ao pano. Conheci a Luta Livre, e não parei mais).

Bons tempos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rancor nenhum! Apenas não compro o mito do "samurai" com cartel de 400 lutas!

Ruas sempre foi respeitoso em relação a todo mundo! Agora o fato é que ele desafiou o Rickson diversas vezes e o mesmo nunca aceitou asskm como não aceitou desafios de Bas Rutten, Coleman, Sakuraba, Wand e etc. mas aceitou do perigosíssimo Takada.

Respeito a família Gracie sim! Respeito muito o Carlson que pra mim é o maior nome da família junto com o Hélio (que também mandou a real sobre o 400 lutas), respeito Royce, Renzo, Ralph e respeito até o Rickson!

Agora querer que eu acredite que ele apavorou o Ruas, no gigante havaiano de 1,60m, no grande Equada que ninguém nunca viu ou que o Hugo com 19 anos era o maior nome das artes marciais fora do JJ... Ah, aí é pedir demais! Eu sigo a praxeologia do Mestre Mises! A razão! Os fatos!

Certo, mas até onde eu li ninguém está vendendo um mito, um samurai, apenas que nos anos 80 o Rickson era destemido e pode sustentar a fama de ter sido "o cara". Já dos anos 90 em diante não foi assim, foi bem diferente, outros tempos.

Sobre o Hugo, ninguém está querendo discutir quem era o maior nome da LL. Não vi ninguém afirmando que ele era o maior nome das artes marciais fora do JJ. O que eu entendi, é que ele era o cara mais destemido naquele momento e desafio o JJ. O fato dele ter aceito colocar o nome na lista pra lutar com o Rickson e ter liderado a invasão na academia, creio que ajudam a comprovar tal fato.

O mais curioso é que o Rickson ter "corrido" dos desafios nos 90 em diante, todo mundo concorda sem ressalvas, e não importa o motivo, simplesmente concordam, insinuando que fugiu dos desafios. Já o Ruas não ter aceito o desafio do Rickson nos anos 80, é porque era profissional, não agregaria nada se ele vencesse, etc... Vejo dois pesos e duas medidas nestas análises.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Certo, mas até onde eu li ninguém está vendendo um mito, um samurai, apenas que nos anos 80 o Rickson era destemido e pode sustentar a fama de ter sido "o cara". Já dos anos 90 em diante não foi assim, foi bem diferente, outros tempos.

Sobre o Hugo, ninguém está querendo discutir quem era o maior nome da LL. Não vi ninguém afirmando que ele era o maior nome das artes marciais fora do JJ. O que eu entendi, é que ele era o cara mais destemido naquele momento e desafio o JJ. O fato dele ter aceito colocar o nome na lista pra lutar com o Rickson e ter liderado a invasão na academia, creio que ajudam a comprovar tal fato.

O mais curioso é que o Rickson ter "corrido" dos desafios nos 90 em diante, todo mundo concorda sem ressalvas, e não importa o motivo, simplesmente concordam, insinuando que fugiu dos desafios. Já o Ruas não ter aceito o desafio do Rickson nos anos 80, é porque era profissional, não agregaria nada se ele vencesse, etc... Vejo dois pesos e duas medidas nestas análises.

Perfeito, mano.

Mas, acho que o único que não tá enxergando desse jeito é nosso colega, que AFIRMA não ser dessa forma, mesmo ser ter vivido o momento.

Edited by Raphael Rezende

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, pode ate nao ter tido, mas muita gente boa ficou de fora daqueles eventos ou so entrou depois da saida do Royce, como por ex., o Taktarov.

Aquele evento foi criado para demonstrar a superioridade do BJJ, e os oponentes de fato nada sabiam da arts suave, haja vista a velocidade com que foram finalizados.

Agora voce ve, o proprio Marco Ruas disse que demorou muito para Ter uma chance no UFC, o que so aconteceu depois da saida do Royce.

E como um forista falou acima, muito do cartel deveu-se a covardia nas ruas, e disso sou testemunha. Quem viveu na regiao serrana do Rio nas decadas de 80 e 90 sabe do que estou falando.

Mas o fato de o evento ter sido criado pra provar a supremacia do JJ a própria família Gracie, e acho que o mundo inteiro sabe...não entendi a afirmação.

Não vi velocidade nas lutas do Royce contra o Severn e na segunda contra o Shamrock, pelo contrário, foram lutas bem complicadas, Sugiro que você reveja esses eventos novamente.

Também não vi ninguém por aqui defendendo o cartel de 400 lutas do Rickson, ou dizendo que ele era o "bom moço" dos ano 80. O que foi dito e me parece estar confirmado é que ele era destemido e contribuiu para elevar o nome do JJ como a "melhor" arte marcial naqueles tempos aqui no Brasil. Se o que ele fez foi certo ou errado, daí já é outra história. Mas posso te garantir que essas invasões de academias eram muito frequentes nos anos 80 e 90 e não era somente na LL e JJ, eram com praticamente todas as artes marciais, como uma forma de mostrar supremacia.

Volto a repetir, me parece que tem muita coisa pessoal, antipatia com a pessoa ou a família e isso acabando distorcendo os fatos e a história.

Edited by badock

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outra questão que me veio a cabeça e me parece óbvia, é que o Rickson era o mais talentoso da família, creio que a própria família o considera o tal.

Então Rickson >>>>>> Royce

Porém, em termos de Vale Tudo, pelos feitos no UFC, o cartel do Royce é melhor que o do Rickson. Aqui fica a dúvida, se o Rickson tivesse ido no lugar do Royce, teria ele tido o mesmo sucesso do Royce? Pela lógica sim, mais talentoso, mais pesado...fica a dúvida sobre o queixo e o coração.

Obs.: estou falando dos anos 80/90 em diante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outra questão que me veio a cabeça e me parece óbvia, é que o Rickson era o mais talentoso da família, creio que a própria família o considera o tal.

Então Rickson >>>>>> Royce

Porém, em termos de Vale Tudo, pelos feitos no UFC, o cartel do Royce é melhor que o do Rickson. Aqui fica a dúvida, se o Rickson tivesse ido no lugar do Royce, teria ele tido o mesmo sucesso do Royce? Pela lógica sim, mais talentoso, mais pesado...fica a dúvida sobre o queixo e o coração.

Obs.: estou falando dos anos 80/90 em diante.

Royce nunca tinha sequer competido no jiu-jitsu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exato, Badock.

Ninguém por aqui está defendendo o Rickson, como se ele fosse o maior lutador de todos os tempos. Apenas está sendo reforçada sua coragem, ao invadir o Boqueirão e desafiar todos os presentes naquele momento. O Rickson da era Pride é outro assunto...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Royce nunca tinha sequer competido no jiu-jitsu.

Certo, mas deveria rolar uns "rolas" (rsrs) entre os membros da família, ou será que não?

Se rolava, provavelmente o Rickson levava vantagem, até por ser mais pesado. Sendo assim, penso que ele era a "linha de frente" da família.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now