Fabri

Ruas e Eugênio dão suas versões do dia em que Rickson desafiou a LL

Recommended Posts

Em 1983, após arrancar um histórico empate com a equipe do Jiu-Jitsu no Maracanãzinho, a união formada entre Luta-Livre e Muay Thai começava a ganhar respeito nas ruas do Rio de Janeiro.

A notícia dando conta de que Rickson, o nº1 da família Gracie, se mudaria com a esposa e os filhos para os EUA, com vistas a ajudar o irmão Rorion nos desafios e exibições contra campeões de outras modalidades, começava a se espalhar.

Nas praias, ruas e boates do Rio de Janeiro, onde há pelo menos cinco décadas nenhum grupo se atrevera a afrontar a supremacia dos Gracie, cresciam os burburinhos de que Marco Ruas e outros novos expoentes, como Hugo Duarte e Denílson Maia, estavam cada vez melhores, tanto no chão (Luta-Livre) como em pé (Muay Thai).

Poucas semanas antes de seu principal soldado se mudar, o general Hélio Gracie, com seus mais de 80 anos de experiência, resolveu se antecipar levando seu filho ao Boqueirão do Passeio, o templo da Luta-Livre, em dia de casa cheia, com mais de 20 profissionais treinando sob a liderança do professor Carlos Brunocilla.

Considerado um dos episódios mais polêmicos e controversos da guerra de quase duas décadas entre Luta-Livre e Jiu-Jitsu, a visita Gracie ao Boqueirão tem diversas versões. Neste vídeo do “Causos & Histórias”, Marco Ruas e Eugênio Tadeu relembram o que de fato ocorreu naquele dia e como esta tensa reunião acarretaria na famosa briga na praia do Pepê entre Rickson e Hugo, e sua represália: a invasão da Academia Gracie.

http://portaldovaletudo.uol.com.br/causos-historias-ruas-e-eugenio-dao-suas-versoes-do-dia-em-que-rickson-desafiou-luta-livre-em-seu-qg/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essas tretas foram importantes para a disseminação do jiu-jitsu, luta livre e do vale tudo, mas não concordo como tudo isso foi feito... pelo que eu conheço das histórias do Marco Ruas dificilmente ele iria se acovardar, e como bem disse o Eugênio Tadeu, era necessário um tempo para a galera da luta livre se preparar!

Uma coisa é certa, o Rickson sempre foi casca grossa e o pessoal da nova geração tende a desmerecer tudo o que ele fez!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cara chegar no meio do treino de Ruas, Denilson, Hugo, big Jeff e desafiar qualquer um pra fazer na hora ... tem que respeitar. Ruas também merece todo o respeito pois já via o espaço para se ganhar dinheiro com aquilo. Aliás esta nova geração tem que respeitar todos estes cascas-grossas que começaram tudo que esta ai hoje

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Ruas eu já vi provar seu status,o Rickson eu só vi lutar com frango

Exato!

Não há dúvidas da vital importância dos Gracie's p esporte, mas em registro oficial o legado de Rickson no vale-tudo é muito pobre. Diria q seus adversários, pra frango ainda falta muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que o Rickson não esperava que o Ruas estivesse lá. Pra mim ele ele amarelou pro Ruas. Se ele quisesse era só meter a mão na cara do Ruas que nem fez com o Hugo Duarte e começar a briga. Ruas não quis comprar o barulho da Luta Livre, modalidade que o apoiou. Essa atitude eu não achei legal. Ele nunca se considerou o defensor de nenhuma modalidade. Esta sempre foi a mentalidade dele. Mesmo assim ele poderia ter tomado a frente e dito.que faria ali com qualquer um igual o Eugênio fez. Seria uma atitude mais casca grossa. Por mais que não tenha Acontecido nenhum confronto o Rickson teve peito de ir lá na academia do adversário desafiar todos. Eugênio mostrou que sempre foi casca entrando na conversa e tendo atitude de confrontar a família Gracie. Ruas vai sempre tentar se explicar sobre este episódio, mas a falta de atitude dele de defender a Luta Livre sempre vai ser vista como falta de sangue nos olhos ou até mesmo creontagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A real é que o Ruas mataria o Rickson. Não só ele, caras como Mark Kerr, Bas Rutten, Igor Vovchanchyn, Sakuraba, Taktarov, todos bateriam.

Só saudosista bitolado acha que o Rickson era isso tudo no vale tudo. Foi e é um mago do jiu-jitsu. Mas só isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rickson escolheu a dedo o Duarte, se fizesse isso com o Ruas iria tomar um sacode!

Essa história devia ter continuado, tinham q ter saído na mão no ring

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essas tretas foram importantes para a disseminação do jiu-jitsu, luta livre e do vale tudo, mas não concordo como tudo isso foi feito... pelo que eu conheço das histórias do Marco Ruas dificilmente ele iria se acovardar, e como bem disse o Eugênio Tadeu, era necessário um tempo para a galera da luta livre se preparar!

Uma coisa é certa, o Rickson sempre foi casca grossa e o pessoal da nova geração tende a desmerecer tudo o que ele fez!!!

vc está automaticamente incluído nas 784 vitórias do rickson

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esses tempos parei pra ver a reprise do Pride 4 no Combate. Rickson acusou uma joelhada no corpo que o grande Takada deu. A câmara fechando no rosto dele e a expressão desconfortável era visível. Fico imaginando se o mestre dos desafios tivesse encarado um Wanderlei que iria p Pride no ano seguinte. Queria ver o jiu jitsu salvar depois q a primeira joelhada pegar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A real é que o Rickson não queria treta com o Ruas, nem acho que era medo era respeito pelo Ruas e pelo fato de o Ruas ser mais na dele.

Agora depois Rickson foi contar história diferente, como se o Marco tivesse arregado. Só que todas as vezes que ele disse isso o Marco respondeu desafiando e Rickson ficou se escondendo atrás de bolsa e dizendo que tava aposentado e não sei o que.

Ainda hoje o Marco fala que topa a luta!

Se Rickson tinha tanta certeza que vencia o Marco porque não lutou?

Contra fatos não tem argumento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esses tempos parei pra ver a reprise do Pride 4 no Combate. Rickson acusou uma joelhada no corpo que o grande Takada deu. A câmara fechando no rosto dele e a expressão desconfortável era visível. Fico imaginando se o mestre dos desafios tivesse encarado um Wanderlei que iria p Pride no ano seguinte. Queria ver o jiu jitsu salvar depois q a primeira joelhada pegar.

Seria brutalmente espancado pelo wand!! Seria até covardia considerar essa luta,só quem achava que o rickson venceria era o Robson gracie que disse numa entrevista no programa do joinha na época.

Até o Carlson numa entrevista no joinha disse que nunca tinha visto o rickson pegar alguém de ponta. Ta no YouTube

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now