Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Alexandre1973

"AS": Onde o osso quebrou, não quebra mais...

33 posts neste tópico

Zero Hora - A lesão do Anderson é comum no esporte?

Castropil - Não é uma lesão frequente. As fraturas correspondem a apenas 10% das lesões. A maior parte são contusões e pancadas. Essa fratura por trauma de alta energia só ocorre em esporte de contato, como futebol e rúgbi, ou acidentes de carro e esqui.

ZH - Então foi azar?

Castropil - Foi uma sucessão de infelicidades. O chute pegou justamente na patela, um dos ossos mais fortes do corpo, superduro. E foi com aquele ponto da canela, a metade para baixo, que é mais frágil.

ZH - A idade pode ter influenciado (Anderson tem 38 anos)?

Castropil - Não, ele (Anderson) é supertreinado. Foi uma infelicidade, poderia ter ocorrido com outro atleta.

ZH - Existe a possibilidade do Chris Weidman ter pensado em contra-atacar o Anderson?

Castropil - Ele estava se defendendo. Não há componentes de ser intencional. Foi muito rápido, intuitivo e instintivo.

ZH - O lutador brasileiro poderá competir novamente?

Castropil - É totalmente possível. Foi colocada uma haste intramedular por dentro do canal da tíbia. Já a fíbula naturalmente se alinha. A consolidação da fratura leva de três a quatro meses. Depois, ele pode voltar a treinar. Ficará igual, pode ficar até mais resistente, pois forma um calo ósseo. Onde quebrou, não quebra mais.

Fonte: ZERO HORA

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com uma haste de metal dentro do osso ele vai poder chutar a vontade. Quase um wolverine =)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se não me engano o Tiger Woods fez uma cirurgia no olho pra ver melhor do que uma pessoa normal. O que no final das contas é tipo um doping.

Se a canela do Spider ficar ainda mais dura vai ser tenso. fearww praticamente um doping tbm

(falei sem haterismo, na boa)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

thumbdown

"Foi uma sucessão de infelicidades", afirma traumatologista especializado

Wagner Castropil, traumatologista do Instituto Vita e ex-atleta de judô, indica que Anderson Silva poderá voltar à atividade física normal depois da recuperação, basta ele querer

Traumatologista esportivo do Instituto Vita, especializado em cirurgias de atletas de alto rendimento, Wagner Castropil classifica as fraturas de Anderson Silva como o resultado de uma sucessão de infelicidades. O médico, que chegou a disputar a Olimpíada de Barcrelona como judoca, em 1992, também enfatiza que o lutador brasileiro poderá voltar ao octógono, caso seja a sua vontade.

Confira trechos da entrevista a Zero Hora:

Zero Hora - A lesão do Anderson é comum no esporte?

Castropil - Não é uma lesão frequente. As fraturas correspondem a apenas 10% das lesões. A maior parte são contusões e pancadas. Essa fratura por trauma de alta energia só ocorre em esporte de contato, como futebol e rúgbi, ou acidentes de carro e esqui.

ZH - Então foi azar?

Castropil - Foi uma sucessão de infelicidades. O chute pegou justamente na patela, um dos ossos mais fortes do corpo, superduro. E foi com aquele ponto da canela, a metade para baixo, que é mais frágil.

ZH - A idade pode ter influenciado (Anderson tem 38 anos)?

Castropil - Não, ele (Anderson) é supertreinado. Foi uma infelicidade, poderia ter ocorrido com outro atleta.

ZH - Existe a possibilidade do Chris Weidman ter pensado em contra-atacar o Anderson?

Castropil - Ele estava se defendendo. Não há componentes de ser intencional. Foi muito rápido, intuitivo e instintivo.

ZH - O lutador brasileiro poderá competir novamente?

Castropil - É totalmente possível. Foi colocada uma haste intramedular por dentro do canal da tíbia. Já a fíbula naturalmente se alinha. A consolidação da fratura leva de três a quatro meses. Depois, ele pode voltar a treinar. Ficará igual, pode ficar até mais resistente, pois forma um calo ósseo. Onde quebrou, não quebra mais.

Editado por Deadlift

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é tudo recuperações milagrosas de 3 meses. Posso citar o meu caso que no ano passado tive um problema grave na perna. Pelo menos 2 meses sem fazer carga na perna. A recuperação será demorada e como diz qualquer ortopedista e fisiatra nunca fica o mesmo. Desejos e uma otima recuperação e que seja feita com calma.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

thumbdown

"Foi uma sucessão de infelicidades", afirma traumatologista especializado

Wagner Castropil, traumatologista do Instituto Vita e ex-atleta de judô, indica que Anderson Silva poderá voltar à atividade física normal depois da recuperação, basta ele querer

Traumatologista esportivo do Instituto Vita, especializado em cirurgias de atletas de alto rendimento, Wagner Castropil classifica as fraturas de Anderson Silva como o resultado de uma sucessão de infelicidades. O médico, que chegou a disputar a Olimpíada de Barcrelona como judoca, em 1992, também enfatiza que o lutador brasileiro poderá voltar ao octógono, caso seja a sua vontade.

Confira trechos da entrevista a Zero Hora:

Zero Hora - A lesão do Anderson é comum no esporte?

Castropil - Não é uma lesão frequente. As fraturas correspondem a apenas 10% das lesões. A maior parte são contusões e pancadas. Essa fratura por trauma de alta energia só ocorre em esporte de contato, como futebol e rúgbi, ou acidentes de carro e esqui.

ZH - Então foi azar?

Castropil - Foi uma sucessão de infelicidades. O chute pegou justamente na patela, um dos ossos mais fortes do corpo, superduro. E foi com aquele ponto da canela, a metade para baixo, que é mais frágil.

ZH - A idade pode ter influenciado (Anderson tem 38 anos)?

Castropil - Não, ele (Anderson) é supertreinado. Foi uma infelicidade, poderia ter ocorrido com outro atleta.

ZH - Existe a possibilidade do Chris Weidman ter pensado em contra-atacar o Anderson?

Castropil - Ele estava se defendendo. Não há componentes de ser intencional. Foi muito rápido, intuitivo e instintivo.

ZH - O lutador brasileiro poderá competir novamente?

Castropil - É totalmente possível. Foi colocada uma haste intramedular por dentro do canal da tíbia. Já a fíbula naturalmente se alinha. A consolidação da fratura leva de três a quatro meses. Depois, ele pode voltar a treinar. Ficará igual, pode ficar até mais resistente, pois forma um calo ósseo. Onde quebrou, não quebra mais.

NÃO ENTENDI O SINAL DE NEGATIVO, AMIGO.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A medicina é bastante avançada e ele tem grana, tem o apoio do UFC para procurar a melhor forma de curar essa lesão. Acho que clinicamente não haverá motivo para ele se aposentar por causa dessa lesão, o problema maior deve ser mesmo na cabeça. Sentir de novo total confiança para fazer o que sempre fez.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

NÃO ENTENDI O SINAL DE NEGATIVO, AMIGO.

Pô, velho, tu cola só uma parte do negócio, não diz quem deu a entrevista, o que o cara é, e o título ainda ficou com um sentido de que foi o AS que deu a entrevista, aí o cara vai ler e tem um tal de Castropil dando a resposta, tendo que entrar no link pra saber quem é.

Obrigado por postar a matéria, a entrevista é interessante, esclarecedora e vai gerar um bom debate, mas, quanto mais informações, mais fácil pra todo mundo entender. Enfim, só um conselho. Foi mal aí se tu ficou ofendido com o sinal de negativo, e eu devia ter falado antes o que falei agora.

Segue o tópico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pô, velho, tu cola só uma parte do negócio, não diz quem deu a entrevista, o que o cara é, e o título ainda ficou com um sentido de que foi o AS que deu a entrevista, aí o cara vai ler e tem um tal de Castropil dando a resposta, tendo que entrar no link pra saber quem é.

Obrigado por postar a matéria, a entrevista é interessante, esclarecedora e vai gerar um bom debate, mas, quanto mais informações, mais fácil pra todo mundo entender. Enfim, só um conselho. Foi mal aí se tu ficou ofendido com o sinal de negativo, e eu devia ter falado antes o que falei agora.

Segue o tópico.

Não me senti ofendido, meu caro... pensei que o sinal de negativo fosse por alguma discordância em relação ao conteúdo da matéria.

De toda forma, concordo com seu ponto de vista.. postei no afogadilho e agora percebo o equívoco no título e na falta de reprodução integral da matéria.

Inclusive, se o moderador puder corrigir, agradeço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é tudo recuperações milagrosas de 3 meses. Posso citar o meu caso que no ano passado tive um problema grave na perna. Pelo menos 2 meses sem fazer carga na perna. A recuperação será demorada e como diz qualquer ortopedista e fisiatra nunca fica o mesmo. Desejos e uma otima recuperação e que seja feita com calma.

A diferença dos atletas para nós, meros mortais, é a dedicação a fisio aliada ao $$$$ aí está o milagre, eles podem ter os melhores equipamentos a disposição em casa com os melhores profissionais, enquanto nós temos que correr atrás do plano de saúde ou pior, do SUS... Por isso eles sempre voltam em tempos recordes... O ronaldo Fenômeno durante as contusões no joelho dedicava diariamente entre 12 e 14 horas por dia para a fisioterapia, tem vídeos dele no youtube dormindo a noite e o fisioterapeuta ao lado da cama com a máquina posicionada agindo no joelho

Editado por vharb

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caraca, 3 meses? Será?

Independente do tempo de recuperação acho que a lenda viva ira se aposentar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é tudo recuperações milagrosas de 3 meses. Posso citar o meu caso que no ano passado tive um problema grave na perna. Pelo menos 2 meses sem fazer carga na perna. A recuperação será demorada e como diz qualquer ortopedista e fisiatra nunca fica o mesmo. Desejos e uma otima recuperação e que seja feita com calma.

Acho q o prazo de 3 meses q vem sido dito é do ponto de vista clínico, com a fratura consolidada e apto a caminhar novamente. Não quer dizer q em 3 meses ele estará treinado ou muito menos chutando, mas vai poder começar a fisio e se livrar do gesso/imobilização.

Até lá AS vai andar de cadeira de roda e depois muleta... até a recuperação completa, pelo q vemos por aí, deve demorar pelo menos 1 ano.

Tenho confiança q ele virá voltar, pois o Spider é tinhoso e não vai deixar uma lesão encerrar a carreira dele. Ele mesmo disse q faria as outras 8 lutas do contrato, ou seja, idade e força de vontade não é problema pra ele!

Se vai voltar a ser o velho Anderson Silva a história é outra... mas não me surpreenderei se voltar a vê-lo campeão, até pq ele não vai desaprender o que já sabe.

Nesse momento acho qq eh a hora de dar força ao cara, acho q os haters devem dar uma folga e deixar pra secar e odiar quando ele voltar pra dentro do cage, afinal torcer pra desgraça de alguém nesse nível não é nada saudável!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lesão sinistra demais.

Já aconteceu com alguns atletas/lutadores e alguns até já lutaram novamente.

No UFC parece que foi a primeira assim... e ainda com o AS, grande lutador e campeão... coisas que acontecem...

O psicológico dá a decisão final. O corpo vai ta bem. Restam lutas no contrato, mas se ele já estava "cansado", como diziam na 1ª luta...

Força pro guerreiro na recuperação!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

nao entendo nada de medicina, mas não tem ligamentos que vao ate o peh pro cara coordenar? E como esticou esses ligamentos veias e sei la mais o que não se romperam? Eh mta viagem...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0