lost

Membros
  • Total de itens

    985
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre lost

  1. Para com isso, senão vai virar um cigano na vida do Cain kkkkkkkkk
  2. Os caras fazendo de tudo para vender essa luta kkkkkk
  3. Quanto bla bla bla! Desnecessário essa entrevista.
  4. O Cain não luta, e já vai disputar o cinturão?
  5. Seu grande erro Werdum, é que vc conhece como poucos o ex bomba, ele batendo é uma coisa, apanhando ele é totalmente diferente. No momento que ele sentiu o golpe, se vc mantém a luta em pé, você iria fazer igual o pezão fez, mas quando vc levou pro chão, vc deu uma nova esperança para o ex bomba sobreviver.
  6. UFC sempre fazendo merda! Nessa o chato tem razão.
  7. Verdade mesmo, está lá kkkkk
  8. A patifaria continua!
  9. O UFC ta ficando chato pra cacete, isso é fato.
  10. Vai ser engraçado! Essa luta vai ser tão real, igual as lutas que o Lesnar faz no WWE kkk, e olha que lá pode cadeiradas em, assim são bem mais engraçadas kkkkkkk
  11. Paro isso que ser uma boa assessoria de imprensa rs
  12. Eu não venho dizer nada, a atitude dele depois da luta mostra isso meu caro.
  13. Jon Jones saiu do Honda Center, em Anaheim (EUA), no último sábado com o cinturão do peso-meio-pesado do UFC, mas foi seu adversário, Daniel Cormier, quem levou "o ouro" para casa. Apesar de ter sido derrotado por nocaute técnico no terceiro round da luta principal do UFC 214, DC foi de longe o atleta mais bem pago do evento: o americano recebeu US$ 1 milhão (R$ 3,1 milhões) por sua participação, o dobro do que arrecadou o homem que o venceu. De acordo com o site "MMA Junkie", que obteve com a Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC, na sigla em inglês) os valores pagos pelo Ultimate aos atletas, Cormier teve direito a uma bolsa fixa de US$ 1 milhão. Jon Jones, que o nocauteou para retomar o cinturão do qual fora destituído em 2015, também tinha bolsa fixa, sem bônus de vitória, mas no valor de US$ 500 mil (cerca de R$ 1,6 milhão), metade do que o adversário recebeu. O valor recebido por Jones foi também o mesmo que o campeão dos pesos-meio-médios, Tyron Woodley, arrecadou por sua vitória sobre Demian Maia no coevento principal. O brasileiro levou para casa US$ 110 mil (cerca de R$ 344,7 mil) pela derrota na disputa do título. Já a brasileira Cris Cyborg, coroada nova campeã peso-pena ao vencer Tonya Evinger por nocaute técnico no terceiro round, recebeu US$ 200 mil (R$ 626,7 mil), valor fixo, sem bolsa de vitória. Os valores não incluem deduções com impostos, seguro e licenças. Também não incluem os bônus de performance e de vestiário pagos pelo UFC, nem as taxas de patrocínio pagas pelo fornecedor oficial de uniformes da companhia, a Reebok. Tampouco inclui a participação que os lutadores no topo do card recebem na venda de pacotes de pay per view. Confira abaixo os valores da folha salarial do UFC 214: Jon Jones: US$ 500 mil (R$ 1,6 milhão) - sem bônus por vitória Daniel Cormier: US$ 1 milhão (R$ 3,1 milhões) Tyron Woodley: US$ 500 mil (R$ 1,6 milhão) - sem bônus por vitória Demian Maia: US$ 110 mil (R$ 344,7 mil) Cris Cyborg: US$ 200 mil (R$ 626,7 mil) - sem bônus por vitória Tonya Evinger: US$ 100 mil (R$ 313,3 mil) Robbie Lawler: US$ 300 mil (R$ 939,9 mil) - inclui bônus de US$ 100 mil (R$ 313,3 mil) pela vitória Donald Cerrone: US$ 155 mil (R$ 485,6 mil) Volkan Oezdemir: US$ 110 mil (R$ 344,7 mil) - inclui bônus de US$ 30 mil (R$ 93,9 mil) pela vitória Jimi Manuwa: US$ 120 mil (R$ 375,9 mil) Ricardo Lamas: US$ 106 mil (R$ 332,2 mil) - inclui bônus de US$ 53 mil (R$ 166 mil) pela vitória Jason Knight: US$ 31 mil (R$ 97,1 mil) Aljamain Sterling: US$ 66 mil (R$ 206,8 mil) - inclui bônus de US$ 33 mil (R$ 103,4 mil) pela vitória Renan Barão: US$ 53 mil (R$ 166 mil) Brian Ortega: US$ 52 mil (R$ 162,9 mil) - inclui bônus de US$ 26 mil (R$ 81,4 mil) pela vitória Renato Moicano: US$ 23 mil (R$ 72 mil) Calvin Kattar: US$ 24 mil (R$ 75,2 mil) - inclui bônus de US$ 12 mil (R$ 37,6 mil) pela vitória Andre Fili: US$ 24 mil (R$ 75,2 mil) Alexandra Albu: US$ 20 mil (R$ 62,6 mil) - inclui bônus de US$ 10 mil (R$ 31,3 mil) pela vitória Kailin Curran: US$ 20 mil (R$ 62,6 mil) Jarred Brooks: US$ 24 mil (R$ 75,2 mil) - inclui bônus de US$ 12 mil (R$ 37,6 mil) pela vitória Eric Shelton: US$ 10 mil (R$ 31,3 mil) Drew Dober: US$ 44 mil (R$ 137,9 mil) - inclui bônus de US$ 22 mil (R$ 68,9 mil) pela vitória Josh Burkman: US$ 54 mil (R$ 169,2 mil) http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2017/07/cormier-recebe-us-1-milhao-no-ufc-214-o-dobro-da-bolsa-de-jon-jones.html#canal-sportv
  14. DC tem um psicológico extremamente fraco, isso é fato.
  15. Que pena que não será Woodley x GSP ! Era minha chance de levantar uma grana, pois eu iria gravar essa lutar,no mínimo iria fazer 500 DVD com essa luta e ia revender nos camelos como remédio tiro e queda para insônia kkkkkkk