digo138

Membros
  • Total de itens

    3,712
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre digo138

Últimos Visitantes

7,072 visualizações
  1. Sem o Jones a categoria dos meio pesados ficou absolutamente sem graça. Justo ou não, acho que todo mundo que curte MMA quer ver o cara voltar o mais rápido possível.
  2. Provavelmente vai tomar um gancho alto, o que pela idade vai ser difícil de voltar a lutar.
  3. Concordo que todo mundo implorando pra lutar com o Connor, se tornou uma coisa ridícula. Agora pro cara projetar a sua carreira pra um nível mais alto, ele precisa fazer grandes lutas e vencer bem contra lutadores de expressão.
  4. Pode não ser justo, mas o fato é que o Connor quando quiser voltar vai escolher qual cinta vai disputar: Pena, leve ou meio médio. O Russo tá fazendo o marketing dele, indo na direção contraria de todos os lutadores do UFC, que ficam implorando por uma luta milionária contra o Connor. Pode dar certo. Ainda nem confirmaram se o Connor vai perder a cinta. Se o UFC mandar, o Russo vai ter que lutar. A estrela da empresa é o Connor, e não o Russo. Eu particularmente, acho que uma luta contra o Woodley é melhor pro irlandes. O jogo do Russo é o pior possível pra ele.
  5. O cara ficou 6 meses parado, faz um camp de 3 meses e sai com uma vitória dessa é realmente um guerreiro.
  6. A defesa dele no doping anterior foi uma das mais equivocadas que eu já vi. Vieram com aquele papo de viagra contaminado, quando o óbvio teria sido botar na conta dos medicamentos que ele tomou para a recuperação daquele acidente com a perna, que chocou o mundo inteiro. Acho que se ele pegar um gancho de 2 anos, fica complicado retornar,
  7. É isso. Pode não ser justo, mas a realidade é que na hora que o Connan resolver voltar a lutar no UFC, ele vai direto pra disputa de cinturão no leve, no pena ou no meio médio. Qualquer uma das alternativas que ele escolher o Danna faz acontecer. E eu acredito que pro Connan uma luta com o Tyron Woodley nos meio médios, é uma luta melhor do que contra o Kalib. O jogo do russo é o pior que têm pra ele de todas as alternativas.
  8. Verdade. Nos pesos mais leves temos vários atletas com um nível excelente em todos os fundamentos. Nos pesados não me vêm a cabeça nenhum atleta completo.
  9. Sim bro, mesmo com um chão limitado ele continua sendo campeão. Problema nenhum nisso. O camaronês morto dando as costas, ele preferiu ficar dentro da sua zona de conforto e segurança e levou a luta por 5 rounds dentro da estratégia dele. venceu, tudo certo! Parabéns pra ele. Não estou tirando o mérito dele de campeão. Só constatei, assim como o Carlão, que ele é tecnicamente limitado no solo. Um cara com mais recurso técnico, provavelmente teria pegado as costas e finalizado a luta antes de terminar. Mas cada um no seu quadrado. Estamos de acordo.
  10. Discordo completamente de você. Você realmente acha que se ele vencer e o connan quiser voltar, ele vai conseguir obrigar o UFC a botar o Connan pra fazer uma luta antes pra se credenciar pra lutar com ele? Não tem a menor chance de isso acontecer.
  11. É isso. Fez o que tava dentro da capacidade técnica dele de chão, que a meu ver é limitada. Funcionou com o camaronês que é muito fraco.Provavelmente não ia funcionar com alguém melhor de chão.
  12. O cara já tava morto no primeiro round. Preparo físico péssimo. Chão de faixa branca. Miocic também mostrou um jogo de chão bem limitado
  13. Ele não têm nenhum poder na firma para recusar uma luta com o Connan, se o UFC determinar. Penso que é uma tática para provocar o irlandes, já que todos os atletas do UFC ficam implorando pra lutar com o Connan e fazer dinheiro forte.
  14. DL tinha tudo pra vencer, mas deixou o Rory crescer quando esse já não conseguia nem andar, e foi facilmente quedado e dominado. Se bem que com a pontuação absurda que esses juízes deram, ia ser dificil ele vencer, mesmo que atropelasse no round 5.
  15. Essa categoria já foi a maior concentração de pedreiras do UFC a alguns anos atrás. Temos um campeão que é o segundo melhor lutador do peso e poucas alternativas interessantes para uma nova disputa de cinturão.