Scolfield

Membros
  • Content count

    1732
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Scolfield

Recent Profile Visitors

14985 profile views
  1. Cris Cyborg tem nova adversária para a disputa do título peso-pena no UFC 214. De acordo com o site oficial do evento, Megan Anderson, que seria a oponente da brasileira, foi forçada a deixar o card por conta de problemas pessoais. Com isso, Cris agora terá pela frente Tonya Evinger, campeã peso-galo do Invicta FC. “Acho que meu jogo casa melhor do que qualquer outra adversária”, disse Evinger ao site oficial do UFC, “Acho que meu estilo é realmente imprevisível. Sou dura e você nunca verá uma luta em que realmente me bateram. Eu levo as pessoas para o local em que elas não querem ir e faço a luta ser difícil para elas. Não luto a luta das outras pessoas, é um estado de espírito. Sou uma wrestler da velha guarda e sei lidar com isso. Somos duras e estamos aqui para lutar”. O UFC 214 será realizado no dia 29 de julho e terá como atração principal o duelo pelo título dos meio-pesados entre Daniel Cormier e Jon Jones. http://portaldovaletudo.uol.com.br/cris-cyborg-tem-nova-adversaria-no-ufc-214/
  2. Valeu pelo vídeo! Ja tinha visto, mas revi rs Dificil usar essa luta como parâmetro pq as regras eram diferentes, entao o cara pode ceder em algumas posições q normalmente nao cederia se valesse pontos, mas acho que o Buchecha leva essa mesmo
  3. No próximo dia 8, Fabrício Werdum e Alistair Overeem se enfrentam no UFC 213, em Las Vegas, com o objetivo de desempatarem o confronto, que está 1 a 1 – o brasileiro finalizou em 2006, pelo Pride, e o holandês venceu por decisão em 2011, pelo Strikeforce. Para Werdum, uma vitória convincente pode valer mais que o desempate, pode significar uma nova disputa de cinturão contra Stipe Miocic. Pelo menos é o que ele acredita. “Está 1 a 1. Finalizei ele na Kimura em 2006, foi uma boa luta, chamou a atenção, mas na segunda foi aquela luta morna que ninguém gostou, todo mundo vaiou, eu estava no overtraining, mas já passou. Está 1 a 1 e a gente vai fazer a ‘nega’ , que deve me levar para o título. O mais importante é a vencer, mas uma luta que impressione, terminando por nocaute ou finalização, me credencia a ir direto para disputa de cinturão. Sou o primeiro do ranking então o mais certo seria essa revanche contra o Stipe Miocic em dezembro”, disse em bate-papo com o PVT. Já em Las Vegas para se adaptar ao clima, Fabrício Werdum fez a maior parte do camp na Kings MMA, em Los Angeles, supervisionado por Rafael Cordeiro. Para de adaptar a Overeem, ele fez sparrings com dois parceiros bem fortes fisicamente, incluindo o norte-americano Sean Johnson, que ele diz lembrar muito o holandês. “Consegui dois sparrings bons, dois caras grandes. Como sempre faço, procuro sparrings que se assemelham ao meu oponente. Olha como são as coisas… um cara grande grandão chegou aqui na academia do nada, e o impressionante é que o cara é fortão igual ao Overeem na época ‘áurea’ dele. Então esse cara chegou do nada e já puxei ele para treinar comigo”, contou o brasileiro. Focado na próxima luta, mas com a intenção de recuperar o cinturão do UFC ainda em 2017, Werdum lembrou que, caso alcance feito, iguala suas conquistas no Jiu-Jítsu. “Fazendo uma luta bem consciente e concentrado eu sei que tenho condições de ser o melhor do mundo de novo. E se eu for campeão de novo vai ser muito legal, porque já terei sido duas vezes campeão mundial de Jiu-jitsu, duas vezes campeão mundial do ADCC e duas vezes campeão mundial do UFC. Tem um ditado na Espanha que dizem que o toureiro sai pela porta grande, então eu sairia pela porta grande”. http://portaldovaletudo.uol.com.br/werdum-planeja-disputar-cinturao-em-dezembro-e-revela-treinos-com-overeem-americano/
  4. BJ não é rico, é milionário rs O cara é sangue no olho mesmo, luta pq gosta mesmo
  5. A primeira luta foi pra conta e durou pouco mais de um minuto. Nocaute!
  6. Card bem meia boca, mas vamos lá. Torcer pra surpreender. Não queria ver o BJ lutando, as ultimas foram tristes
  7. Perfeito. Eu acho que ele tá só zuando. Caso contrário deve achar o GSP, Couture, Hughes, Liddell, Penn, etc, ruins pq nao venceram os caras bons de agora, só os da época deles. Pra mim, Fedor só faltou enfrentar Couture e Barnett na epoca dele. O Rizzo tb, mas esse ele enfrentou no fim da carreira
  8. O Douglas é muito bom, mas o grande teste da carreira dele será o Rory. Lutão!
  9. Minotauro, Cro Cop, Randleman, Herring, Arona, Hunt, Fujita... todos leigos, né?
  10. Discordo que o Fedor tenha escolhido adversários, a questão é que ele não foi para o UFC, então enfrentou o que era possível e estava fora do Ultimate. Acho que, na maioria, os lutadores eram de um nivel bem razoavel. Ou quem ele poderia ter enfrentado fora UFC e nao pegou? Em sua geração, no Pride, pegou os melhores sim. Faltou apenas o Couture. Se é o GOAT geral é uma boa discussão, mas entre os pesados é disparado
  11. Triste ver Wandeco perder. Bola pra frente!
  12. A Cyba ta bem chatinha, toda hora reclama de alguma coisa. Não tá satisfeita vai pro Bellator, Rizin.
  13. O Ultimate divulgou neste sábado o pôster oficial do UFC 214, evento do dia 29 de julho em Anaheim, EUA. A imagem foca na intensa rivalidade entre Daniel Cormier e Jon Jones, protagonistas do evento principal, que disputam o cinturão dos pesos-meio-pesados. O cartaz teve recepção mista do público. Uma pessoa que não gostou nem um pouco foi Cris Cyborg, que disputa o cinturão dos pesos-penas com Megan Anderson no coevento principal. A lutadora brasileira foi às redes sociais e reclamou que o UFC não destacou nem ela, nem sua adversária no pôster, como já fez em outros cartazes de eventos que tinham mais de uma disputa de título. "Estarei lutando pelo "cinturão" do @ufc 29 de julho na minha cidade adotiva do Condado de Orange. E olha aí o pôster... Estou decepcionada ao ver @danawhite @seanshelby não dando apoio por trás disso. Sou campeão mundial de 10 anos e mereço ser respeitada represento o meu país Brasil e para vocês saberem o Brasil é o lugar que eles mais fazem grana, fora dos USA. Estou cansada de trabalhar para uma empresa que quer me esconder mais do que me promover.", escreveu Cris Cyborg. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2017/06/poster-do-ufc-214-causa-ira-de-cris-cyborg-empresa-quer-me-esconder.html
  14. Deve ser algum desleixo, nao é possivel. Uma pena, achei que o Barba ia longe depois da saída do GSP
  15. Normal. Assim a galera assiste na Spiketv e fica pilhada pra ver o principal no ppv. O UFC usava muito o Faber pra isso.