neurotico

Membros
  • Total de itens

    638
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

1 Seguidor

Sobre neurotico

Últimos Visitantes

3,940 visualizações
  1. Vítor, é a última no UFC! Foda- se a USADA! Vem de TRT pra cima dele! Kkkkkkkkk
  2. Sim, tem razão, errei na colocação. O que eu quis dizer realmente é que esses atuais campeões não respeitam ranking e tem como único critério as lutas que possam ser money fight, muitas vezes sentando em cima do cinturão a espera dessas oportunidades.
  3. Agora o UFC está cercado de Campelos que sentam em seus cinturões assim que conquistam. Tyron Wodley, Bisping, Conor e por aí vai... Ainda criticam o gsp por abrir mão do título.
  4. Realmente o Luck tem chutes excelentes na longa e um bjj de altíssimo nível, mas discordo que ele seja melhor de mão que o Romero, acho que eles se equivalem, com uma ligeira vantagem pata o cubano, porém, com muito mais punch. Em relação ao queixo então não precisamos nem comentar. Romero trocou com Lyoto, Weidman, Jacaré e Whitaker e não levou um knockdown, pelo contrario, só não deu knockdown no Whitaker. Já o Rockhold quem sabe da vida dele é o Bisping mão de pantufas. O Luck para vencer tem que cadenciar a luta, cansar o Romero e estar com gás para precionar nos dois últimos. Ate o terceiro vai tentar sobreviver.
  5. Todas as mulheres da categoria da Cris que estão no Invicta FC e em outras organizações. O Invicta é praticamente uma sucursal da categoria feminina do UFC, tem o seu ranking pronto na categoria da Cyborg. O UFC poderia incorporar no seu plantel essas lutadoras ou fazer como fez com o peso mosca, fazer um TUF e a vencedora disputaria o cinturão com a campeã. Mas antes disso a campeã do Invicta, Megan Anderson merece disputar com o Crys. Acho que a Cris tinha que lutar com a Megan, se vencer, faria um TUF contra o time da Amanda Nunes. No final haveria a disputa de cinturão entre as duas e o ranking da categoria seria estabelecido de acordo com os resultados no TUF.
  6. Miocic pode nocautear sim: No ground and pound!
  7. Muito obrigado Masterblaster
  8. Na minha humilde opinião a luta teve dois aspectos que deram o tom. Um foi a questão estratégia, pois, a estratégia que prevaleceu foi a criada pelo Whikenjohn que fez com que o combate se tornasse uma luta de boxe a partir da movimentação da Holm e da utilização do clinche de boxe, sim, clinche desta modalidade que serva para segurar o adversário no correr, no caso ontem foi na grade e impede que ele golpeie ou se mmovimente, não sendo utilizado para outros fins como quedas (judo, wrestling ou jiu-jitsu), muay Thaina (joelhadas e cotoveladas). Mas é aí que entra a grandiosidade da Cris Cyborg. A partir dessa tónica, Cris foi obrigada a conduzir a maior parte da luta jogando na "praia" da adversária, uma luta de boxe, mesmo que em oportunidades elas tenham trocados chutes e joelhadas. Cris navegou pelas águas da Holly e o fight metric mostrou, foi bem superior. Então as duas estão de parabéns. A Holm pela coragem e pela inteligência que a fez fazer a luta mais dura da carreira da Cris, mesmo sendo claramente superada. E a Cris, por mostrar que seja qual for a modalidade imposta dentro do Mma, mesmo lutando com uma multicampea de boxe, ela foi superior no estilo da adversaria, tendo oportunidades de ate mesmo conseguir o nocaute. Que venham outras adversárias assim para Cris, isso só ira valorizar o seu legado.
  9. Na minha humilde opinião a luta teve dois aspectos que deram o tom. Um foi a questão estratégia, pois, a estratégia que prevaleceu foi a criada pelo Whikenjohn que fez com que o combate se tornasse uma luta de boxe a partir da movimentação da Holm e da utilização do clinche de boxe, sim, clinche desta modalidade que serva para segurar o adversário no correr, no caso ontem foi na grade e impede que ele golpeie ou se mmovimente, não sendo utilizado para outros fins como quedas (judo, wrestling ou jiu-jitsu), muay Thaina (joelhadas e cotoveladas). Mas é aí que entra a grandiosidade da Cris Cyborg. A partir dessa tónica, Cris foi obrigada a conduzir a maior parte da luta jogando na "praia" da adversária, uma luta de boxe, mesmo que em oportunidades elas tenham trocados chutes e joelhadas. Cris navegou pelas águas da Holly e o fight metric mostrou, foi bem superior. Então as duas estão de parabéns. A Holm pela coragem e pela inteligência que a fez fazer a luta mais dura da carreira da Cris, mesmo sendo claramente superada. E a Cris, por mostrar que seja qual for a modalidade imposta dentro do Mma, mesmo lutando com uma multicampea de boxe, ela foi superior no estilo da adversaria, tendo oportunidades de ate mesmo conseguir o nocaute. Que venham outras adversárias assim para Cris, isso só ira valorizar o seu legado.
  10. Se o Rockrold vencer o Whittaker e o Romero vencer o Branch o cubano tem grande chance de ir direto para o ts.
  11. Ficou horrível! De salvador da pátria para propaganda enganosa. O Marlon é um grande lutador, mas se precipitou muito dessa vez.
  12. Rivera desiste de esperar por Marlon Moraes e já descarta lutar no UFC 219 Após se colocar à disposição para enfrentar o americano, brasileiro recusa of ertas seguidas para lutar em peso-casado de 138 libras (62,6kg), 140 libras (63,5kg) e 145 libras (65,8kg) Por Combate.com, Las Vegas, EUA 26/12/2017 12h31 Atualizado há 1 hora A participação de Jimmie Rivera no UFC 219 ficou praticamente descartada nesta terça-feira. O peso-galo americano, número quatro do ranking da organização, frustrou-se com as seguidas recusas de Marlon Moraes - que inicialmente se colocou à disposição para substituir John Lineker - em aceitar em que peso a luta seria disputada e postou, em suas redes sociais, que não acreditava mais que faria parte do evento. O limite da categoria peso-galo em lutas não-válidas por cinturão é de 61,7kg. Jimmie Rivera se disse frustrado por não ter conseguido um rival para lutar no UFC 219 (Foto: Getty Images) - Peço desculpas aos meus fãs, amigos e família. Marlon Moraes recusou me enfrentar mesmo eu dando 10 libras de tolerância (4,5kg). Esses eram os termos dele. Eu aceitei e ele recusou a luta. Quero deixar a situação bem clara: estou em Las Vegas pronto para lutar. Perdi o Dia de Ação de Graças. Perdi o Natal. Perdi minha lua-de-mel. Eu estava preparado. Fui profissional. Cruz saiu. Lineker saiu. Marlon é um babaca. Dillashaw, Cruz, Garbrandt: Estou pronto para a hora que vocês quiserem - escreveu o lutador em sua conta no Twitter. Jimmie Rivera fez uma postagem em sua conta no Twitter lamentando a atitude de Marlon Moraes (Foto: Reprodução / Twitter) Após duas mudanças de adversários - inicialmente estava escalado para enfrentar Dominick Cruz, que se lesionou e foi substituído por John Lineker, que também teve de deixar o evento por problemas dentários - o americano viu Marlon Moraes se colocar à disposição para enfrentá-lo. O que Rivera não esperava era a posterior - e surpreendente - recusa de Moraes em acertar o peso em que a disputa aconteceria. Como o brasileiro teria muito pouco tempo para bater o limite de peso da categoria (61,7kg), Rivera sugeriu que a luta acontecesse inicialmente em 62,6kg. Diante da primeira recusa de Moraes, o americano subiu duas vezes o limite, para 63,5kg, e depois para 65,8kg (limite do peso-pena, categoria imediatamente acima do peso-galo). O Combate transmite o UFC 219 ao vivo, na íntegra e com exclusividade. O Combate.com transmitirá as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo e o restante do evento em Tempo Real. UFC 219 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA) CARD PRINCIPAL (a partir de 1h, horário de Brasília): Peso-pena: Cris Cyborg x Holly Holm Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Edson Barboza Peso-palha: Cynthia Calvillo x Carla Esparza Peso-meio-médio: Carlos Condit x Neil Magny CARD PRELIMINAR (a partir de 22h, horário de Brasília): Peso-meio-pesado: Khalil Rountree x Michal Oleksiejczuk Peso-leve: Dan Hooker x Marc Diakiese Peso-pena: Myles Jury x Rick Glenn Peso-mosca: Louis Smolka x Matheus Nicolau Peso-médio: Marvin Vettori x Omari Akhmedov Peso-mosca: Tim Elliott x Mark De La Rosa
  13. Também acho que o Whitaker esta um monstro e naquela luta foi muito inteligente. No último round estava pau a pau ate o Romero tentar uma queda e cair por baixo. Apesar de técnico o Cubano estava muito cansado e por isso errou. Nesse lance se definiu o campeão. Acho que o Romero pode vencer qualquer um ate o 3 round, depois ele começa a cansar.