Henry Chinasky

Moderador
  • Content Count

    4722
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

2 Followers

About Henry Chinasky

  • Birthday 05/17/1968

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Interests
    MMA

Recent Profile Visitors

4098 profile views
  1. Não sei se a comparação procede. Mas ainda bem que escolheram a foto dela com a peruca. Pq o Khabib de saia, so de imaginar, ja é uma visao do inferno.
  2. Johnny Walker relata plano de fazer camps na Coreia do Sul e na Rússia 25 de maio de 2019 Diego Ribas, em Las Vegas (EUA) Clique para compartilhar no Twitter(abre em nonelClique para compartilhar no Faceboa jane Walker conquistou bônus nas três primeiras lutas no UFC – Diego Ribas Johnny Walker vem se notabilizando pelo estilo peculiar dentro do octógono, mas fora dele o lutador brasileiro também se comporta de maneira bem diferente dos seus pares. Natural do Rio de Janeiro, o meio-pesado (93 kg) morou por muito tempo na Inglaterra e hoje reside na Tailândia. Verdadeiro cidadão do mundo, ele contou que pretende fazer camps na Rússia e na Coreia do Sul, a fim de trazer elementos de modalidades típicas desses países para o seu jogo. Durante entrevista coletiva em Las Vegas (EUA) da qual a Ag. Fight participou na última sexta-feira (24), Walker declarou que treinar no país do Sudeste Asiático não é um problema. Conforme o carioca deu a entender, contratando os parceiros de camp certos, o local da preparação é um detalhe menor. “Eu fiquei esses dois últimos meses só fazendo fisioterapia, uns treinozinhos de leve. Agora que eu vou voltar a treinar um pouquinho mais pesado, mas sempre poupando esse ombro. E o meu plano é claro: para minha próxima luta, fazer um camp lá, trazer sparrings… O mundo da luta é bem grande, a gente consegue contratar e ter contato com os sparrings, dependendo de quem vai ser meu adversário”, falou. Johnny está na fase final de recuperação de uma lesão sofrida ao comemorar sua última vitória, diante de Misha Cirkunov, no UFC 235, em março. Na ocasião, depois de nocautear o letão em apenas 36 segundos, Walker foi comemorar e deslocou o ombro. De volta aos treinos, ele já planeja futuros camps. “O meu plano para um futuro próximo é sempre fazer o meu camp de treinamento em um país. Posso fazer na Rússia, pra treinar um pouco de sambo, na Coreia (do Sul), para treinar o taekwondo, na China, o kung fu… Esse é o meu plano. E eu vou sempre mostrar um jogo diferente e em processo de evolução contínua”, afirmou, elegendo Coreia e Rússia como prioridades. https://agfight.com.br/nomade-do-mma-johnny-walker-relata-plano-de-fazer-camps-na-coreia-do-sul-e-na-russia/ Apesar das fanfarronices nas comemorações o rapaz demonstra argúcia ao explanar suas intenções no que tange ao gerenciamento da carreira. Tb o faz ao conseguir (coisa que muitos julgadores daqui não conseguem) separar a vida pessoal de um utador, da sua performance esportiva, evitando julgamento, poderando sabiamente sobre as vicissitudes que rondam o ser e, por fim, planejando delas se precaver.
  3. A atitude do Cowboy foi horrenda. Alguns posts trilharam o mesmo caminho. Lamentável. Vou reiterar, mas não brandamente, o pedido ja feito pelo Mendoza: na pricipal não cabe arquitetacões com viés politico. Não tragam. Os conteúdos provocadores e de bem pouco nivel que ofereceram menção política estão sob observação.
  4. Henry Chinasky

    O poder dos chutes desferidos por Douglas Lima

    Isso causa um estrago desgraçado. Que já sentiu carrega a dor e o aprendizado para sempre. Salve, Sensei Manoel Mascote.
  5. Pelo que vi aqui os caras mudaram o esquema da transmissão. Agora so pelo aplicativo DANZ. Alguem saca?
  6. Henry Chinasky

    Raphael Assunção vs Cory Sandhagen (UFC 241)

    Assunção tem mais arsenal. Mas o rapaz é fio desencapado. Acho que o caminho mais certo para a vitória é o chão. Em pé, se deixar o garoto achar a distância pode complicar.
  7. PFL 13: pesagem corta três brasileiros do evento e Alexandre Bezerra chega a ser hospitalizado 22/05/2019 Alexandre Bezerra passou mal durante pesagem e está fora do evento dessa quinta-feira (Foto PFL) Realizada nesta quarta-feira (22), a pesagem antes da 13ª edição da PFL trouxe más notícias para três lutadores brasileiros, todos cortados do evento de última hora. O caso mais sério foi o do peso-pena Alexandre Bezerra. Escalado para enfrentar o ex-UFC Jeremy Kennedy no card que acontece nessa quinta-feira (23), em Nova York (EUA), Bezerra desmaiou durante o corte de peso e precisou ser levado a um hospital local. Segundo o próprio lutador – que estava cerca de 4kg acima do limite permitido para sua divisão – relatou ao site MMA Fighting, ele “desmaiou enquanto cortava peso na banheira de hidromassagem e foi levado por seu técnico ao hospital”, com ainda 3kg acima. Além de Bezerra, os brasileiros Alexandre “Capitão” Almeida e Ronys Torres também foram cortados da PFL 13. Enquanto o peso-pena Capitão errou por 450g na balança, o peso-leve Ronys não teve sua parte médica autorizada pela Comissão Atlética do Estado de NY para entrar em ação. Seu rival, Ramsey Nijem, será premiado com três pontos no sistema PFL. Sem adversários, os rivais de Alexandre Bezerra – o ex-UFC Jeremy Kennedy – e Alexandre Capitão – o também brasileiro Luis Rafael Laurentino, vão se enfrentar pela divisão dos penas. Na luta principal, Lance Palmer e Alex Gilpin confirmaram a disputa sem problemas. CARD COMPLETO: PFL 13 Long Island, em Nova York (EUA) Quinta-feira, 23 de maio de 2019 Peso-pena: Lance Palmer x Alex Gilpin Peso-leve: Chris Wade x Nate Andrews Peso-pena: Andre Harrison x Peter Petties Peso-leve: Akhmed Aliev x Carlão Silva Peso-leve: Islam Mamedov x Ylies Djiroun Peso-leve: Rashid Magomedov x Loik Radzhabov Peso-leve: Natan Schulte x Bao Yincang Peso-pena: Jeremy Kennedy x Luis Rafael Laurentino Peso-pena: Damon Jackson x Movlid Khaybulaev Peso-pena: Steven Siler x Gadzhi Rabadanov https://tatame.com.br/2019/05/22/pfl-13-pesagem-corta-tres-brasileiros-do-evento-e-alexandre-bezerra-chega-a-ser-hospitalizado/
  8. E tá na imediatamente na frente dele no ranking tb.
  9. Ele subiu 4 posições. Ta em 11. Pra quem venceu um cara que talvez nem fosse top 15 ,ta de bom tamanho. Ficou inclusive na frente do Gillespie. Agora a coisa vai apertar de vez. Vamo ver o que esse novo Du Bronx pode fazer contra os top 10.
  10. Henry Chinasky

    Khabib reage à redução das suspensões dos companheiros de equipe

    Se esse post não servir pra nada, ja serviu pra algo.
  11. Khabib Nurmagomedov reage à redução das suspensões dos companheiros de equipe Esta tarde, a Comissão Atlética do Estado de Nevada decidiu reduzir em 35 dias as suspensões de Zubaira Tukhugov e Abubakar Nurmagomedov , o que significa que os dois poderão lutar novamente a partir de 2 de setembro, em vez de 6 de outubro. O campeão dos pesos-leves do UFC, Khabib Nurmagomedov, prometeu não lutar até que ambos estivessem aptos a competir novamente, o que representou um obstáculo quando o UFC tentou marcá-lo para uma luta com Dustin Poirier no UFC 242 em Abu Dhabi. Com a nova decisão do NSAC, é claro, Khabib Nurmagomedov poderá lutar no UFC 242 sem quebrar sua promessa. Zubaira Tukhugov e Abubakar Nurmagomedov também estão agora em posição de, eventualmente, se juntar a Khabib no UFC 242. Sem surpresa, Khabib Nurmagomedov está muito feliz com esta notícia, e de potencialmente lutar no mesmo cartão que seus companheiros de equipe. Logo após a notícia da decisão do NSAC, o campeão dos leves foi até o Instagram, onde ele emitiu uma declaração rápida. OFICIAL ❗️ A Comissão Atlética do Estado de Nevada emitiu um veredicto sobre o caso @zubairatukhugov e @abubakar_nurmagomedov. A comissão reduziu a suspensão dos lutadores em 35 dias, então Zubayra e Abubakar podem lutar no # UFC242 em Abu Dhabi! Estamos prontos e chegamos a InshaAllah. DreamTeam e família real ”- Khabib Nurmagomedov no Instagram. Ali Abdelaziz, que atua como gerente de todos os três lutadores, também comentou sobre esse desenvolvimento. "Tem sido um processo difícil que nos custou muito dinheiro e tempo", disse ele ao MMA Junkie. "Estou feliz que acabou. Agora Abubakar e Zubaira podem voltar para fazer o que amam e perseguir seus sonhos. “Quero agradecer ao Sr. Hunter Campbell por sua ajuda durante todo o processo. Sem ele, isso não poderia acontecer. Fonte: BJPenn
  12. Alexandre Pantoja enfrenta Deiveson Figueiredo no UFC 240, em julho Peso moscas travam duelo tupiniquim em evento que terá como luta principal a disputa entre Max Holloway e Frankie Edgar pelo título dos penas, no Canadá A. Pantoja (esq.) enfrenta D. Figueiredo (dir.) no UFC 2040, em julho. Foto: Montagem SL / MMA Press O card do UFC 240 pode ter ganhado mais um grande duelo, além da disputa pelo cinturão dos penas (até 65,7kg.) entre Max Holloway e Frank Edgard. Segundo o ‘Combate’, em nota publicada nesta quarta-feira (22), os brasileiros Deiveson Figueiredo e Alexandre Pantoja se enfrentarão no UFC 240, que acontecerá no dia 27 de julho, no Canadá. Os atletas se apresentarão na categoria dos mocas (até 56,7kg.), que corre risco de extinção. A cada dia que passa, a categoria dos moscas corre maior risco de ser sacada do grupo de divisões do Ultimate. Mesmo com os riscos, a diretoria da companhia continua agendando confrontos entre lutadores da divisão. Desta vez, Alexandre e Deiveson, atualmente na terceira e quarta posição no ranking, foram escalados para trocar forças e tentar o credenciamento para a disputa do cinturão. Atualmente, o campeão olímpico Henry Cejudo é o detentor do título. No entanto, o atleta vai se aventurar na categoria dos galos (até 51,2) a fim de conquistar o posto de número um da divisão, abandonado por TJ Dillashawantes do mesmo ser flagrado e suspenso por doping, em março deste ano. Pantoja e Figueiredo vivem momentos distintos na organização. Alexandre, de 29 anos, busca sua quarta vitória consecutiva nos moscas. Sua última atuação aconteceu em abril, no UFC 236, quando derrotou compatriota e ex-desafiante do cinturão, Wilson Reis, por nocaute no primeiro round. PUBLICIDADE Deiveson, no entanto, amargou sua primeira derrota da carreira após 15 embates. O atleta foi derrotado pelo compatriota Jussier Formiga, em março, por decisão unânime dos juízes. O duelo tupiniquim, então, representará uma briga direta pelo ranking da categoria e aproximará o vencedor, caso a divisão seja mantida, da disputa do título.