Tiago de Paula

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Tiago de Paula

  1. Pessoal continuo nessa luta de divulgação dessa minha campanha de pedido de ajuda, ela vem me debilitando ainda mais, estou me sentindo bem mais cansado e abatido do que o meu normal, dores nos braços, mãos e a respiração pesada. Mas quero continuar, preciso continuar para ajudar minha família, pois psicologicamente ela vem me fazendo bem, me faz me sentir mais útil na vida de todos. Esse pedido veio, pois eu notando as dificuldades aumentando aqui em casa, resolvi de alguma forma ajudar, e essa foi a única maneira que achei. E como já disse é única e exclusivamente para quitar essas dividas de empréstimos que pelo que vi, vieram se acumulando como uma avalanche na vida dos meus pais. Agradeço mais uma vez a todos que entenderam e estão ajudando de alguma forma, muito, mas muito obrigado a todos. Vou ficar um pouco fora do computador hoje, vou descansar um pouco preciso, pois tenho medo de acabar indo pro hospital, grato a todos!
  2. adicionei documentos novos no sita da ajuda, qualquer duvida estou a disposição.
  3. Bom pessoal, vou atualizar vocês como anda o processo de quitação das dívidas. Minha mãe foi ao banco ontem e com a primeira parte do arrecadado conseguiu pagar 3 empréstimos no nome do pai, um tinha as parcelas muita alta e juros nem se fala muito alto. Segue abaixo os papeis comprovando o pagamento. O restante tenho que esperar até dia 15 para poder pedir lá no site da vakinha, para poder cair na conta e quitar mais alguns, assim espero. Pessoal eu vou aumentar a meta ali no site, colocarei uma meta de 20, creio que assim resolverá tudo, não quero abusar de vocês, mas infelizmente eu não sabia ao certo quanto tinha, pois, meus pais como já disse em uma mensagem escondiam de mim essas coisas. Vamos precisar mais um pouco da ajuda de todos, por favor se puderem mostrem aos seus amigos, colegas de trabalho a quem vocês acharem que podem contribuir nem que seja com um pouquinho. Me ajudem na divulgação, pois não sei se vou conseguir muito não, realmente estou muito cansado com essa primeira divulgação, estou me sentindo mais fraco que o meu normal entende? Mas vou lutar mais um pouco junto com vocês nisso, espero conseguir. Mais uma vez obrigado pelo apoio até aqui, que Deus abençoe a todos e que toda a ajuda dada volte a vocês em forma de realizações. Segue abaixo comprovante de quitação de 3 empréstimos.
  4. Pessoal fiz um vídeo, esta aqui no link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajua-financeira Desculpem a qualidade. Pessoal fiz um vídeo, esta aqui no link:edfgPessoal fiz um vídeo, esta aqui no link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajua-financeira Desculpem a qualidade.
  5. Sou usuário novo do fórum, estou nessa campanha a muito tempo e não estou conseguindo sozinho por isso venho com muita vergonha pedir a ajuda de quem quiser ser solidário com minha situação. Sou portador de uma doença neuromuscular grave que vem se agravando cada vez mais, peço a todos que puderem dar essa ajuda, se não for doando que seja divulgando a seus amigos. O porque desse pedido de ajuda esta escrito no link abaixo, desde já agradeço e muito a atenção de todos. . https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajua-financeira Pessoal valeu mesmo.. Mais uma vez peço desculpas por vim ter que pedir essa ajuda a vocês, é difícil para mim ter que me expor assim. Agradeço mais uma vez aos moderadores do site, pela compressão, grato! Gostei muito do site, do fórum espero continuar aqui, pois tem muito conteúdo bom para ler, fóruns assim são bons pois me fazem esquecer um pouco as dores e a fraqueza muscular extrema. Valeu! E eu vendo essa situação que minha família chegou por minha causa e eu não podendo fazer nada em ajudar em nada, me faz muito mal, gostaria demais de poder estar trabalhando ganhando meu salário seguindo minha vida. É como se amarrassem vocês em uma cadeira bem forte e levassem embora quem vocês amam e você ali vendo tudo e não podendo fazer nada, espero e tenho fé que a comunidade possa me ajudar pelo menos a afrouxar um poucos essa corda. Podem ter 100% de certeza, ninguém esta sendo enganado aqui, é minha realidade, infelizmente, não gostaria que fosse, mas é. Mais uma vez agradeço a todos que já ajudaram de alguma forma, seja compartilhando ou doando, vocês são demais, muito obrigado mesmo! Amigo em relação ao facebook, sinceramente me desculpem eu possuo uma conta lá sim, mas queria manter ela apenas para mim e meus amigos e familiares, não queria expor toda essa história à meus amigo e familiares, a história da minha vida eles sabem, digo essa de pedir ajuda para o Brasil todo em relação à doações, não gostaria de expor eles assim ao Brasil todo entendem? Tenho amigos e familiares adicionado que são pessoas mais velhas, pessoas orgulhosas que ficam bravas quando é sobre esse assunto, inclusive meu pai, meu pai é idoso trabalhou a vida toda, não pode estudar, são daquelas pessoas com pensamentos antigos bem orgulhoso, mas ele não tem facebook nada disso. Espero que me entendam, gostaria de deixar o facebook apenas para mim e amigos pessoas. Desculpem-me sobre o facebook. Deixo aqui uma foto minha com meu pai, na primeira vez que fui a arena do Grêmio ver um jogo, um grade amigo meu aqui da cidade conseguiu pra mim realizar esse sonho, ele conseguiu tudo de graça e lá ganhei uma camisa do time, chegando lá eles disponibilizaram a cadeira de rodas pois não tenho uma. Gosto demais de mma, enfim de todos os tipos de luta, seria um sonho poder exercer alguma delas, infelizmente não posso, mas admiro demais os lutadores, pela disciplina, pelo esforço que tem que ter, pelo respeito que o esporte prega. Comecei a gostar assim pelos filmes dos anos 90 quando comecei a ver e entendê-los como, Rocky Balboa, dragão branco, kickboxer, filmes do jackie chan, Bruce Lee, etc... depois comecei a ver documentários e assistir o pride, depois UFC, enfim admiro demais. Eu e meu pai Antônio na arena do Grêmio: Pessoal segue mais duas fotos de quando sai em jornais aqui da cidade, são antigos, mas já mostram um pouco mais, um de 2008 e outro de 2009: