Lucas Timbó

Membros
  • Total de itens

    2,502
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

1 Seguidor

Sobre Lucas Timbó

  1. Ué, MMA se avalia pela técnica individual dos lutadores e através das lutas que fazem, o que consequentemente tem que se avaliar o oponente. Ah tá, então agora o Conor não ia lutar, surgiu uma lesão no joelho e tal..ok. Seguindo essa lógica, Holloway ferrou o joelho no primeiro minuto de luta entre eles. Alvarez é um bom wrestler, porém quedou quem no UFC? Pettis? Melendez? Tentou quedar o Cerrone e não conseguiu, RDA tbm não conseguiu, Gaetjhe deve ter dado uma queda. Cara, acho que é unanime concordarem que o Mendes é MUITO melhor como wrestler do que o Alvarez, tanto puro como adaptado ao MMA. Holloway evoluiu bastante sua defesa de quedas, inegável, mas o cara mais gabaritado nesse assunto pra se ter um parâmetro foi o Lamas. Vc acha que através disso, ele seguraria as quedas do próprio Mendes, por exemplo? Pode ser que sim, mas tbm pode ser que não, e essa resposta duvidosa é basicamente por não haver parâmetro. E eu discordo sobre o gás do Conor, fazer 5 rounds com o Nate é pra pouquíssimos
  2. O cara finalizou Moicano e nocauteou Edgar, é claro que é isso tudo. Problema é que o Max é um nível acima mesmo.
  3. Depois dos recentes anúncios de combates confirmados para seu card, o UFC 226 pode ter ganhado mais um reforço de peso. Conforme reportado pelo site MMA Junkie, uma disputa do cinturão peso pena entre o campeão Max Holloway e Brian Ortega está sendo planejado para o evento que acontecerá no dia 7 de julho, fechando a International Fight Week na T-Mobile Arena em Las Vegas, nos Estados Unidos. Apesar de ainda não haver lutado até agora no ano, 2018 foi bastante movimentado até agora para Max Holloway. Depois de nocautear duas vezes José Aldo – conquistando e defendendo pela primeira vez o cinturão peso pena, ele foi marcado para enfrentar Frankie Edgar no UFC 222, em fevereiro, mas acabou tendo que se retirar da luta por conta de uma lesão. Porém, poucas semanas depois ele se prontificou a substituir Tony Ferguson e lutar contra Khabib Nurmagomedov pelo título vago do peso leve, porém acabou sendo impedido por membros da Comissão Atlética de Nova York de terminar seu corte de peso no dia da pesagem, também tendo que se retirar do combate. Claramente o desafiante número um atualmente no peso pena, Ortega vem de uma das vitórias mais impressionantes dos últimos anos, quando serviu o primeiro nocaute da carreira para Frankie Edgar com um uppercut devastador no UFC 222, quando foi chamado de última hora para substituir o campeão lesionado. Invicto em sua carreira, ele vem de seis vitórias seguidas desde sua entrada no UFC, tendo batido nomes como Cub Swanson e Renato Moicano. O UFC 226 acontecerá no dia 7 de julho, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos. Confira o card esperado para o evento: UFC 226 Disputa de cinturão peso pesado: Stipe Miocic (c) vs. Daniel Cormier Disputa de cinturão peso pena: Max Holloway (c) vs. Brian Ortega* Peso pesado: Francis Ngannou vs. Derrick Lewis Peso galo: Raphael Assunção vs. Rob Font Peso médio: Uriah Hall vs. Paulo Borrachinha Peso meio-pesado: Gokhan Saki vs. Khalil Rountree Peso meio-médio: Mike Perry vs. Yancy Medeiros http://mmabrasil.com.br/disputa-de-cinturao-entre-max-holloway-e-brian-ortega-e-planejada-para-o-ufc-226
  4. No duelo direto, já estão bem à frente até
  5. Um duelo de carretas foi adicionado ao card do UFC 226. O ex desafiante ao cinturão dos pesados, Francis Ngannou enfrentará Derrick Lewis. A informação foi divulgada pelo site MMAFighting. Francis Ngannou busca recuperação dentro do UFC. Após um inicio avassalador na organização, o camaronês disputou o cinturão contra Miocic em janeiro deste ano, onde obteve a primeira derrota no Ultimate por decisão unânime. Agora ele retoma sua caminhada para disputar o título mais uma vez. Já seu adversário, Lewis tenta se aproximar de sua primeira disputa de cinturão. Atualmente na 6ª posição do ranking, o norte americano vem de vitória sobre Marcin Tybura, em fevereiro deste ano. UFC 226 7 de julho de 2018, em Las Vegas (EUA) CARD DO EVENTO (até o momento): Peso-pesado: Stipe Miocic x Daniel Cormier Peso-pesado: Francis Ngannou x Derrick Lewis Peso-galo: Raphael Assunção x Rob Font Peso-meio-pesado: Gokhan Saki x Khalil Rountree Peso-meio-médio: Yancy Medeiros x Mike Perry Peso-médio: Paulo Borrachinha x Uriah Hall http://nocautenarede.com.br/francis-ngannou-enfrenta-derrick-lewis-no-ufc-226-em-julho/
  6. Said Nurmagomedov encara Justin Scoggins em sua estréia, no UFC Fight Night 133. Apesar do sobrenome, não se sabe ao certo se Said tem parentesco com Khabib. Ele era campeão peso galo do Akhmat e vai lutar como mosca, tendo 1.72 de altura
  7. RDA quando perdeu pro Khabib tinha dominado o Cerrone e 2 meses depois rebocou o Bendo
  8. Joanna acertava 5 golpes, 3 na guarda e 2 sem contundência, Rose acertava 2 contundentes. Vale a contundência.
  9. Sim, é. Foi quedado por todos os wrestlers bons que enfrentou
  10. Assinou, luta quando acabar o torneio
  11. Baita exagero dizer que o Conor tem defesa de quedas nula e chão de faixa branca, na boa, baita exagero mesmo
  12. Duas coisas: - Mendes pegou essa luta com uns 15 dias, cara tava gravando programa de caça e bebendo cerveja. Então é claro que foi na raça, sem camp e sem gás. Em umas 3 quedas o Conor ficou um bom tempo por baixo, tanto que em um dos gnp o Mendes abriu um corte nele, no outro tentou finalizar e o Conor se defendeu bem, voltando em pé. Agora imagina o Khabib sendo talvez o melhor wrestler e samboca do mma, além do judô top também, gnp foda e no mínimo 85 kg na luta
  13. DC não é mais o mesmo só pq foi nocauteado pelo Jones? E gás duvidoso? Puta que o pariu. De onde tá saindo tanta leiguice?
  14. Khabib enfrentou e tirou pra nada strikers tops com boa defesa de quedas, como MJ e Barboza. Sim, Conor é bem superior a ambos, porém não tem esse artifício que ambos tinha também. Fora que o melhor wrestler que o irlandês enfrentou foi o Mendes, que mesmo sem camp e sem gás. quedou como quis enquanto havia tanque. Conor pode nocautear, ok, mas o cenário é MUITO, MAS MUITO mais propício ao Khabib quedar e fazer o que quiser