Daniel Mendoza

Moderador
  • Total de itens

    3,613
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

1 Seguidor

Sobre Daniel Mendoza

Profile Information

  • Gender
    Not Telling
  1. Eu discordo há muito tempo dessa ideia que o boxe do Demian é ruim. Eu não acho ruim, ele não é bom, eu definiria como mediano. o que mata o Demian é que ele não tem confiança e tão pouco punch, então ele teria que ir no volume de golpe, mas ele não faz isso, ele desfere muitos poucos, usa muito pouco o boxe, usa mais controle de distância ali pra entrar pra queda. Mas ele tem um jab, direto de esquerda e cruzao de direita contra golpeando muito decentes. Só que ele não tem confiança, mas se vc ver nas lutas dele, ele vira e mexe acerta o adversário, mas não dá continuidade. Ele mesmo parece que não acredita. Ele bate uma e sai, difícil usar sequências. O Demian eu acho que deveria fazer mais uso do boxe que tem - que é sim limitado, mas não deplorável - mesclando com a queda, e confiar mais na mão dele, não é ruim não. Tipo, entrar dando soco e já ir direto pra perna, 1-2 e queda, pq ou ele faz uma coisa ou outra. Só mesclou contra o campeão uma vez no último round em uma entrada muito boa. Demian não tem tanto refino técnico, se desequilibra com sequências maiores e tal, mas ele não é um stiker, pra um grappler o boxe dele é razoável. E mesmo a defesa dele deixando muito a desejar, o Demian trocou muito trocador TOP em pé bastabte tempo e não caiu: AS, Weidman, Rory, Masvidal... por bem ou por mal, se a trocação dele fosse ruim assim, ele teria sofrido TKO ou KO nessa luta. Enfim, pra mim o adversário dele não tem razão não. O boxe do Demian é mediano, mas ele por uma escolha não faz muito uso e acho que até por não ter muita confiança nele. E o wrestling dele puro, eu não sei se é ruim ou não, mas a capacidade dele de quedar uma pessoa é alta, como falaram, ele praticamnete quedou todos que passaram na frente dele. O cara não ser bom é muito diferente dele ser deplorável, ainda mais em um contexto onde tem diversas artes, e que oriundos de uma, principalmente mestres em uma, vão claro absover só alguns aspectos de outras, e nunca igual um cara que tem background nela.
  2. Parabéns, Gabriel! Muito sucesso! Vó que o sawer e le banner perderam, uma pena. Não estava bem sabendo do evento mesmo.
  3. O wrestling e a defesa de quedas desse cara são tão bons assim? Ele se movimenta bem? Eu só conheço ele de nome, não me lembro se nenhuma luta dele. No mais, a foto da mochila resume bem mesmo. Haha
  4. Posta sim, Gurkha! Por favor! Seria ótimo!
  5. Vc postou a mesma coisa que o Serpentário em português, não? Sobre um tratamento que estavam fazendo que é algo absurdo. Ngm nunca defendeu tratamento hormonal para menores de idade. Ouvi falar dessa bizarrisse mas isso nunca foi uma pauta. Mas essa bizarrisse de tratamente e essa doença que fala, não exclui o fato de existurem sim crianças que ao descobrirem sua sexualidade sejam homossexuais. E que gênero é uma construção social como no próprio documento fala. É só ir a uma escola, e não é doença nem nada como pode ser o caso que mandou, mas homossexualismo é algo natural, existe, sempre existiu e sempre vai existir. E sempre serão minoria, como sempre foram. Mas antes era uma minoria que não tinha voz e que a sociedade escorraçava, agora tem e exigem respeito e a sociedade está mudando a forma de serem tratados, é só isso que mudou. A questão é que eu concordo que podem achar a arte de mal gosto e absurdo a criança ser exposta a aquilo, e podem não levar as suas crianças, mas isso é a mesma coisa mas uma pessoa pode fazer o mesmo com o MMA falando que é um absurdo deixar menores verem pq tem uma covardia de homem apanhando no chão. Podem distorcer a realidade como estão fazendo com a situação da arte. Sacou? Mano, eu vou ver MMA com meus filhos, e vou explicar tudo para ele entender o que rola, é isso que é necessário existir na arte também. A criança que o responsável escolher que vá ver esse tipo de arte deve ter a mesma coisa, um adulto explicando o que é. Só isso. Não existe absurdo nisso.
  6. Infelizmente essa é uma tendência dos todos os lados, não é algo só das pessoas 'de esquerda', só mudam os rótulos para quem pensa diferente.
  7. Soneca, se vc não entendeu o que eu falei é falta de interpretação sua, cara. Eu não comparei a situação, comparei a postura das pessoas críticas que distorcendo o contexto de uma coisa para fazerem uma crítica infundada na realidade, com apelo moral e desonesta.
  8. -> Master, essa exposição era segundo uma pesquisa breve "a primeira exposição de arte com temática queer da América Latina. Contava com 264 obras de 85 artistas brasileiros, mostrando mais de um século das artes plásticas e seu relacionamento com o universo LGBTQ.". A palavra Queer é usada para designar pessoas que não seguem o modelo de heterossexualidade ou do binarismo de gênero (masculino e feminino), de forma análoga à sigla LGBT. -> O quadro do negro e cão sendo currados era uma das peças de abertura da exposição. Segundo o catálogo da mostra, a peça apresenta um drama erótico e sua "intensidade histórica, conceitual e estética é exemplar da força da imagem que é possível encontrar nessa exposição". Mano, se vc pega historicamente, já houve muitas coisas piores do que isso. Isso e um retrato de uma realidade, essas coisas existiram, e são para chocar mesmo. Arte não é só cristã, arte não é só sacra, arte é realidade e imaginação, e não é só para ser agradável, é para chocar também e mostrar a realidade que não queremos ver muitas vezes. E muitas dessas tem um caráter crítico, para mostrar atrocidades que já ocorreram que devem ser combatidas. Falaram muito de uns quadros também que falava 'criança viada', eles eram fotos de pessoas LGBTs falando sobre o sofrimento que passaram na infância, de um artista lgbt. Qualquer um que já trabalhou em escola sabe que tem meninos novos que são homossexuais e sabem as penúrias que esses meninos sofrem por serem diferentes da grande maioria, e como são extremamente mal tratados e humilhados constantemente simplesmente por isso. Muita obra critica coisas sacras para criticar muita atitude escrota de religiosos e da igreja, qualquer um sabe da relação de opressão que a igreja católica historicamente tem em relação a liberdade sexual e principalmente ao homossexual. -> O homem nú com as crianças interagindo lá, sem NENHUMA conotação sexual e acompanhados pelos responsáveis, eu já escrevi sobre e não tem como ser mais claro que aquilo. E falam de pedofilida, eu coloquei o que é pedofilia, e se alguém achar que é a mesma coisa, meu Deus, não tem como conversar. Eu não levaria meu filho ou filha, pq EU não acho correto, mas tá lá para quem quiser ir. -> Não falei em msg linda nas obras, construtiva e ideologia linda. Ao mesmo tempo que a Arte pode passar msg linda, construtiva, ideologia linda ela também é crítica, é reflexão, é choque, é questionadora, é colocar o dedo na ferida. A arte não é livre não só para ser água com açúcar e agradável, e essa liberdade dela falar do que quiser é fundamental. Não é uma ofensa gratuita, tem um crítica por trás, mesmo que achemos de mal gosto ou que nos sintamos ofendidos por não separar o sacro do artístico quando olharmos. Muitas vezes a crítica está nesse extremo de 'com isso não se mexe', e bem, a arte mexe com tudo, e deve poder mexer mesmo, nada pode ser intocável par a arte. Pode ser para nós na nossa crença pessoal, mas não podemos impor isso ao outro. -> vc está refazendo uma pergunta que eu já respondi, eu não deixaria meu filho participar pq eu não me sinto à vontade, mas não vou esconder nudez do meu filho ou filha não, nudez não é imoral, é o corpo, isso não é chocante. Toda exposição tem sinalização da idade e conteúdo, e essa também tinha, levar ou não uma criança lá é decisão do responsável. Mas a gente não pode olhar a arte como um cristão, e sim como uma expressão cultural dentro de um contexto SEM AMARRAS morais religiosas. -> Você tem todo o direito de não gostar e não ir, todo mundo tempo, o que as pessoas não tem é de deturpar a coisa acusado do que não é e querer censurar pq não tá de acordo com o SEU modo de ver o mundo ou do grupo que vc pertence. Eu sou cristão, e me incomoda desrespeito a imagens sacras de qualquer religião, mas críticas artísticas são com símbolos das culturas não é com a sua espiritualidade ou seu Deus, é com os símbolos e crenças sociais. Se vc não gosta, é só vc não ir. Quem gostar vai. -> Eu sei que o seu sentimento de revolta é honesto, só que esse sentimento é antidemocrático, pq é um 'só aceito o que estiver de acordo com a minha noção de moral, de respeito, etc". E sociedade não é assim, e TODOS tem que poder se manifestar. Quem não é cristão pode querer chegar em uma repartição pública e dar pisões na cruz até ela cair, é honesto, é 'justo' do ponto de vista dele, mas é tão absurdo quanto ao que vc falou. -> Em uma sociedade heterogênea e multicultural a gente não tem que concordar com tudo, e nem compactuar, mas não dá para endomonizar e censurar o que é diferente se não há uma relação de imposição de força contra um grupo mais fraco. E não, isso não existiu em nenhum momento em nenhum desses casos.
  9. Acho que a sociedade infelizmente carrega um modus operandi de ações e pensamentos que não podemos ignorar que existam e que para algumas pessoas sejam as suas "verdades" nas discussões. Se não respeitamos a verdade das pessoas, a mudança se torna uma luta de imposições e não de um resultado através da racionalidade. Mas acredito que vc se engana se eu estou discutindo com essa patrulha, tento colocar só contra pontos a ela para quem lê. Acredito que muitas pessoas formem sua opinião pela argumentação e racionalização, sei que não são todas as pessoas que são assim, mas acho que posturas hostis e que generalizam afastam essas pessoas que poderiam mudar a forma de pensar se fossem apresentada a argumentos sólidos que justificassem essa mudança como uma forma melhor de convívio social. Mas entendo o seu ponto, não discordo totalmente, muitas mudanças ocorreram por posturas mais combativas, só acho acreditamos em diferentes caminhos para as mesmas mudanças. Acho esse caminho mais abrupto na atual conjuntura 'democrática' faz mais mal do que bem, mas posso estar enganado, claro. hehe Segue o jogo. Abs.
  10. Mano, eu acredito que temos algumas visões semelhantes quanto a algumas coisas, mas vc tem umas postura muito hostil a quem pensa diferente e generalista que só dá munição para criticarem a postura do pessoal dito de esquerdo. Eu entendo que dá muita raiva ler certas coisas e o sangue ferve, ainda mais ouvir tanta gente depreciando a 'esquerda' sem nem saber o que ela é direito, mas acho que essa postura de confronto direto, ironia e de hostilizar de volta mais atrapalha que ajuda. Claro que cada um pode falar o que quiser e como quiser, mas mesmo que não concorde, e tem todo o direito disso, espero que entenda o que quero dizer e não veja como uma crítica pessoal, mas sim a essa postura. É a mesma que eu acho que estraga a discussão por parte dos conservadores, liberais, neoliberais, social-democratas, anarquistas, comunistas ou de qualquer lado e suas subdivisões. hehe Abs.
  11. -> A esquerda não defende o Islã, se defende que todas as religiões sejam tratadas como igual, e que os fanáticos e fundamentalistas, independente esses, independente da religião, sejam condenados. A crítica é que todos os muçulmanos sejam tratados como terroristas. -> O que estão fazendo com essas obras de arte é a mesma coisa que uma pessoa contra esportes de combate pegar uma cena brutal de um GnP e falar que MMA é selvageria e covardia pq tem um homem 'espancando' o outro no chão. Estão tirando completamente do contexto, do significado, de onde estava, do que aquilo significa naquele espaço, do que o artista quis dizer, da exposição, etc. para julgar a cena. Se isso é incompressível para algumas pessoas eu acho impossível a discussão do assunto. É necessário entender que a arte não deve seguir a 'nossa' moral, e que não existe só uma moral na sociedade, e que fazer coisas que vão contra não é uma ameaça a sociedade, a arte sempre fez isso. -> A sociedade muda, inclusive o que é aceitável ou não, e isso é ótimo. -> NUNCA em NENHUMA momento houve defesa, manifestação, apologia a pedofilia ou nada do tipo em NENHUMA obra do arte ou exposição das criticadas. Teve uma obra de arte que era sobre exploração sexual de menores, uma crítica e isso para mostrar o sofrimento e falaram que era incentivo a pedofilia. Fazer isso é como pegar a imagem de cristo e falar que ela faz apologia a tortura. É uma loucura essa deturpação de sentido pelo terrorismo moral que está pairando sobre a sociedade.
  12. Pois é, eu até acho que o Barboza tem contra golpes muito bons, mas não tem poder de nocaute. O boxe do Barboza é bom, ele é bem explosivo, tem uns cruzados animais, bons contra golpes, mas falta algo nele que eu não sei bem o que é. Um nocauteador que golpeia andando bem pra trás, como o Connor, é mais perigoso para o russo. O Barboza para vencer terá que fazer uma luta cirúrgica e estar com a defesa de queda em dia. A defesa de queda dele é boa, mas como já chamaram a atenção, o Nurma nao ataca muito o perna, ele clinchar, é nossa aproximação que como vc falou ele fica vulnerável, Edson tem que bater e sair nessas aproximações. Manter a luta na longa, controlar a distância, chutar potente nas horas certas, e ficar nessa, contra golpe, batendo e saindo, muito jogo de perna, golpe de encontro, e minando aos poucos, colocando chute cirúrgico, jabeando a cara do russo. Complicado, não vai ser fácil. Mas quem sabe o russo não sente um golpe de encontro, um chute alto ou um contra golpe... Vamos ver. Vai ter que ser uma luta muito tática. Tanto para o brasileiro quando para o russo que terá que evitar de ficar na longa e encurtar para clinch se e quedar. Eu não gostava desse.jogo de grudar e quedar, mas hoje eu gosto de ver a execução, ainda mais de um grappler agressivo como o Nurma. E é uma estratégia tão valida quanto qualquer uma, menso se for só para fazer GnP. Uma das "mais seguras" até.
  13. Foda que o Barboza pra ser diferenciado mesmo tem que chutar, e chutando ele fica com uma perna só de apoio, chutando muito ele fica muito suscetível a levar queda. Só no boxe não sei se ele nocauteia. Acho que o brasileiro deveria ficar no contra golpe, só boxeando no contra golpe, batendo e saindo na explosão, chute com o russo saindo e joelhadas de encontro do clinch/queda. Lutar extremamente arisco, pq se cair, não levanta mais. Acho complicada a luta para o Edson.
  14. Luta sem apelo, queria ver o Aldo contra o Stephens.
  15. Seria uma boa luta, mas seria pregado no chão ou nocauteado. DC é muito explosivo é muito forte para o Bisping.