Edson Raposo

Membros
  • Total de itens

    19
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Edson Raposo

  • Data de Nascimento 03/22/1979

Previous Fields

  • Cidade:
    São Paulo

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo

Últimos Visitantes

161 visualizações
  1. Edson Raposo

    Júnior ‘Cigano’ se mostra aberto a luta contra Francis Ngannou

    Começou... aff
  2. Edson Raposo

    Júnior ‘Cigano’ se mostra aberto a luta contra Francis Ngannou

    Estaria em primeiro sem sombra de duvidas
  3. Edson Raposo

    [UFC 235] Jon Jones x Anthony Smith - Links

    É em pequenas atitudes que vc vê o carater de uma pessoa, principalmente em situacoes em que ela nao tem muito tempo pra pensar age meio que por instinto Quando levou a joelhada ilegal, o Smith já era um passageiro da agonia, nao sabia mais o que fazer e tava rezando pra luta acabar. Mas mesmo sob pressao disse pro medico que estava bem, e a luta seguiu até o fim Depois, na entrevista pós luta com Joe Rogan, ainda no cage, depois de 25 minutos sendo dominado, ainda se recuperando de toda a pressao do momento, disse o seguinte: "Quando eu disse que queria o cinturao, eu disse que queria conquistá-lo, nao roubá-lo" Anthony Smith: esse ganhou meu respeito
  4. Edson Raposo

    [UFC 235] Tyron Woodley x Kamaru Usman - Links

    Concordo com praticamente tudo o que os colegas postaram aqui: Usman foi extraordinario, melhor em TUDO, e o Woodley foi patetico pra um campeao do nivel dele. Sobre a ladainha chata de GOAT que anda tão evidente ultimamente, queria acrescentar o seguinte: 1) Woodley nao é GOAT da categoria como ele mesmo se autodenominou (e assim como alguns outros campeoes e ex andam fazendo, como o TJ), mas tambem nao é uma mentira. O que eu vejo é que em algumas lutas ele parece meio assustado de tentar se impor, joga na defensiva. Ontem isso custou muito caro 2) Só falta agora dizerem que o Usman virou GOAT por causa dessa vitoria... pelamor Obs. final: que exemplo de simpatia e humildade o Usman deu no cage pós luta, parabens pra ele!
  5. Concordo 100% com seu raciocinio, Maracatu. É que o termo "presa facil" pode dar a impressao que hipoteticamente a luta já estaria ganha pro DC. Isso me fez lembrar de Rockhold x Bisping... Complicado cravar alguns resultados no MMA, apesar que as probabilidades geralmente falam mais alto. Nesse caso, acredito numa luta mais dura do que DC x Lewis, por exemplo (o Lewis sim foi presa facil, luta totalmente previsivel). Acho o Ngannou bem mais perigoso pro DC do que o Lewis, mas tambem nao duvido que o DC acabe fazendo a mesma coisa - ou seja, impondo sua inteligencia e superioridade tecnica
  6. Ngannou é muito perigoso, mas DC é um dos melhores lutadores de MMA, pq além de todas as qualidades técnicas, é um dos lutadores mais inteligentes durante uma luta, "lendo" a luta, adaptando e reagindo. Presa facil nao digo, mas DC é favorito pq é um fora de serie
  7. Só não concordo com Cyborg x Amanda. Apesar de rapida, foi um lutão, eletrizante, técnica e surpreendente
  8. Não só isso, fez uma luta muito ruim contra o Miocic, além da pior luta da história do MMA contra o Lewis O Ngannou é um monstro, e exatamente por isso não pode se apresentar como nessas duas lutas, senão vai sempre ser assombrado pelo apelido de "Engannou"
  9. Borrachinha analisa pontos positivos e negativos de Romero e explica por que Adesanya não duraria 2 rounds por: Leonardo Fabri | @Fabri89 em 15 de fevereiro de 2019 No Rio de Janeiro para afiar o Wrestling com Antoine Jaoude para a luta contra Yoel Romero, marcada para o dia 27 de abril, ainda sem local definido, Paulo Henrique Borrachinha foi o convidado do RESENHA PVT dessa quinta-feira. Ao lado de seu irmão e mentor, Carlos Borracha, o 7º colocado do ranking dos pesos médios do UFC participou de mais de 1 hora de bate-papo com Gleidson Venga, Marcelo Alonso e os inscritos do canal do PVT no Youtube. Assista à resenha completa no vídeo acima. Dentre os assuntos, claro, não poderia deixar de estar o 1º colocado do ranking da categoria, Yoel Romero. Para o brasileiro, o cubano é o maior desafio da divisão, ao lado do atual campeão, Robert Whittaker. Borrachinha fez uma análise dos pontos positivos e negativos do próximo adversário. “Positivas: é muito forte, tem muita explosão. Mas explosão por explosão eu também tenho, forte eu também sou, são coisas que se equivalem. Mas eu acho que ele tem mais malandragem e coloca para baixo de várias formas. E tem a mão potente. Mas a gente trabalha o dia todo para isso, dia após dia para não cair nessas artimanhas dele”, apontou. “Negativos: o fato dele ser canhoto facilita. Curiosamente, três dos quatro lutadores que eu enfrentei no UFC são canhotos, então estou mais do que acostumado. Tenho essa facilidade porque gosto muito de colocar os golpes com a mão de trás, o que dificulta para eles. O Romero também tem uma especificidade que ele começa a luta mais morno e vai crescendo no segundo round. Eu já começo rápido desde o primeiro, então, se ele não impor, isso vai me favorecer. Se ele começar mais lento, ele vai cair no primeiro round. Ele vai ter que começar rápido desde o início, porque eu vou botar um ritmo forte desde o início”, avisou. O agora número 5 do ranking também foi tema. Israel Adesanya e Paulo Borrachinha trocaram farpas após o brasileiro minimizar a atuação do potencial adversário na vitória contra Anderson Silva no último final de semana. Segundo, Borrachinha, o concorrente não duraria dois rounds num duelo entre eles. No RESENHA, o mineiro justificou. “O Adesanya tem a envergadura que dificulta para qualquer um, mas o jogo dele não é um jogo que encaixa com o meu. Ele gosta muito de manter a distância, mas não se dá bem quando é encurralado ou encurtado. E o Anderson conseguiu fazer isso em alguns momentos, e ele sai desesperado, correndo, dando o rosto, virando de lado… então acho que não encaixa em nada. Se eu fosse lutar com ele, eu iria cortar o ângulo dele e entrar dentro dele golpeando com golpes muito fortes, no corpo, no rosto… e ele é muito esguio, magro, acho que não tem essa capacidade de absorção.” Fonte: http://portaldovaletudo.uol.com.br/resenha-pvt-borrachinha-analisa-pontos-positivos-e-negativos-de-romero-e-explica-por-que-adesanya-nao-duraria-2-rounds/
  10. Edson Raposo

    Israel Adesanya responde Chris Weidman e Paulo Borrachinha

    O pior é que eu vi que teve um usuario que foi banido cujo nick era Doctor Strange... esses Vingadores só causam problema...
  11. Edson Raposo

    Israel Adesanya responde Chris Weidman e Paulo Borrachinha

    Acho que é o próprio com nick de outro vingador
  12. Edson Raposo

    PBP-UFC 234: Anderson Silva vs Israel Adesanya.

    GOAT, farsa, caçador de frangos, gênio, lutaça, luta de compadres, garfo, no auge atropelava, vai ser aposentado, tá gordo, só brinca, arrogante, etc... cada um tem o direito de expressar o que quiser, com base no que quiser Mas o ponto principal - e todos viram, mesmo que nao queiram admitir - é que Anderson Silva é, sim, um dos melhores lutadores de MMA. Ele mostrou diversas qualidades que poucos lutadores têm, mesmo lutando com um fenômeno e sendo muito mais velho
  13. Edson Raposo

    PBP-UFC 234: Anderson Silva vs Israel Adesanya.

    Independente do resultado, tô achando uma luta muito digna do Anderson E como o Adesanya é rápido, pqp
  14. Edson Raposo

    Robert Whittaker fora do main event do UFC 234

    O Gastelum foi um verdadeiro gentleman ao comentar isso no twitter... não sei inserir a imagem do tweet dele aqui, entao vou colar só o texto mesmo: " With much sorrow I write that my fight for the middleweight title is off. I’m sorry to everyone that was expecting this great fight, Family , friends and followers from around the world. I wish @robwhittakermma a speedy recovery champ! Get well soon!" 3,211 8:09 PM - Feb 9, 2019 · Melbourne, Victoria
  15. Eu no lugar dele tinha ido extravazar minha energia no cabaré da Dona Neide, ali em Caucaia 🤣🤣🤣🤣🤣