junior-sjc

Membros
  • Content Count

    2542
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About junior-sjc

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. junior-sjc

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Também acho. Borracha tem que evoluir ainda. Principalmente no gás e qi de luta Mas é muito explosivo mesmo.
  2. Também acho. Miocic tem mais Arma. Mãos muito melhores e, como mostrou no sábado, tem Wrestling pra sobreviver ao Cormier, que é um monstro também, diga-se de passagem. Em Uma eventual terceira luta, pra mim o Miocic vence outra vez.
  3. Não sei Raphael. Presta atenção no segundo e terceiro rounds. O Miocic começou a pressionar o Cormier na grade. Cormier parou de levar vantagem até mesmo no Wrestling. Aquela mudança de estratégia dele pode ter sido efeito dessa perda de domínio, inclusive em sua própria área. Quando ele abdicou de lutar Wrestling com o Miocic, ele ficou a mercê das mãos bem melhores do americano.
  4. junior-sjc

    Stipe Miocic x Daniel Cormier 2 resultado.

    O Wrestling do Cormier é superior sim, obviamente. Mas melhor no boxe? Mas nuuuunca. Miocic é um luva de ouro meu camarada. O Cormier levou certa vantagem por usar muito o dirty boxing (que não é uma ferramenta exclusiva do MMA, Tyson que o diga) sim, é uma característica forte dele, que alia jogo de grade com boxe, mas depois que o Miocic encontrou a distância, o Cormier não viu mais a cor da bola. Outra coisa é que o Cormier foi inclusive dominado na grade em alguns momentos da luta. O Miocic colou o Cormier na grade e o gordinho provou do próprio veneno. São lutadores parelhos, mas o Miocic tem mais armas. Boxe duro, alinhado, mãos duras e Wrestling pra jogar de igual pra igual contra o Cormier, até na grade. Por outro lado, o Cormier nem de perto consegue trocar boxe limpo com o Miocic. Mas são dois monstros sem dúvida.
  5. junior-sjc

    Stipe Miocic x Daniel Cormier 2 resultado.

    Mas o Miocic não tinha mais outra opção. Perdia por 30x27 e tinha que arriscar. Você disse bem. Outra coisa é que o Miocic tem uma bagagem muito maior no boxe que o Cormier. Claramente foi uma vitória da experiência do Miocic. O cara enxergou a oportunidade ali e mudou a estratégia. Além disso, o Cormier não teria maneiras de anular essa estratégia, pois lhe falta km nessa área. Cormier lutou muito ontem, fez a estratégia certa. Botou pra baixo, jogou no clinche, fez tudo o que poderia ter feito, e de maneira esplêndida também. Mas o Miocic tem mais armas. É mais completo e usou todas elas ontem também. Lutaça e venceu o cara que merece estar com essa cinta. Miocic pra mim já é o grande pesado da história do UFC, e vai se aproximando do legado do Fedor.
  6. junior-sjc

    Jon Jones trollando Cormier pós luta com Miocic...

    Pois é. O Jones apenas deu u.a alfinetada básica, nada de mais. Cormier que aguente agora que perdeu. Aliás, se tem um cara que pode tirar onda do Cormier, esse cara é o Jones. Aguenta Cormier
  7. junior-sjc

    Jon Jones trollando Cormier pós luta com Miocic...

    Sei não. Jones tem valência pra vencer qualquer pesado. Inteligência de luta dele é acima do normal
  8. Borrachinha lutou muito ontem, mas tomou una pressão mortal no fim. Ainda não está pronto para ser campeão, mas tem muito potencial sem dúvidas. Venceu um cara que tem essas artimanhas perigosas e é explosivo nos últimos rounds. Que usa uma estratégia perfeita de luta, pois sabe do poder que tem nas mãos. No entanto, o Romero está longe de ser um trocador dos mais técnicos, e talvez é isso que me deixa com a pulga atrás da orelha ainda sobre o ponto de o Borrachinha estar pronto para ser campeão. De todas essas lutas que o Romero venceu para se credenciar ao título, não me lembro de nenhuma que ele estava vencendo na trocação. Weidman, Jacaré, Rockhold, todos esses vinham vencendo o Romero até o Romero explodir e vencer. Não quero dizer que o Romero é mal lutador. Ele é um monstro de fato, mas vencê-lo na trocação é algo que quase todos estavam fazendo, até com certa margem. A vantagem do Borrachinha aí, é que o Romero não teve tempo de se recuperar como nas outras. Méritos totais do Borrachinha, com até uma pitada de sorte, pois o Romero, aos olhos dos juízes, não conseguiu virar aquele segundo round. Borrachinha ainda tem que evoluir bastante, principalmente em qi de luta. Ele gastou tudo o que tinha no primeiro round, contra um cara que explode no final. Ficou sem gás e correu riscos de perder a luta por não ter feito a leitura correta, talvez. Mas foi uma vitória maiúscula de um cara que tem tudo para ser a nova estrela da organização.
  9. Kakaka eu também não entendi o que o Aldo tem a ver com o Nurmagumedov. É cada uma que aparece por aqui...😆
  10. Concordo com alguns pontos aí. Outros não. O Aldo está longe de ser o mais forte da divisão. O próprio Max tem muito mais punch. Recupera o peso com muito mais facilidade e chega voando na luta. Lembra muito o Anderson Silva no auge. Volkanoviski, Zabit, Mendes, Stephens são caras brutais na força física. Stephens caiu com um golpe no corpo porque o golpe foi cirúrgico. O mesmo aconteceu com o Moicano. Aquele gancho na linha de cintura com luvas de menos onças é brutal. O Max subiu de divisão e igualou em força contra o Poirier. O Aldo nunca conseguiria fazer aquilo. O punch do Poirier faria o Aldo sentir muito mais rapidamente o peso das mãos de um cara da 70kg. Quanto a defesa de quedas, o Aldo não faz sprawl porque não precisa mesmo. Mas não é questão de força ao meu ver. O Aldo sempre jogou em uma distância muito segura, passou anos defendendo a cinta contra Wrestlers que vinham com o antídoto jorrando da agulha. Isso conta muito. Ele tem o anti-jogo contra Wrestlers. Cara forte nos penas era o McGregor, que onde botava a mão nos pequenininhos não nascia mais cabelo.
  11. Eu penso por aí também. Depende muito do momento da categoria também. Como um amigo aí citou, Anthony Johnson e Cormier foram bem na LHW, subindo e baixando de peso, respectivamente. Mas não dá pra cravar isso como regra. A LHW sempre foi uma categoria escassa. Desde que o Jones se tornou campeão, só teve dois desafios de topo. Gustafsson e Cormier As categorias mãos leves são sempre as mais equilibradas. Descer para os galos não garante que o Aldo va ter sucesso. Dillashaw é um exemplo claro. Edgar, outro, embora tenha sido top, não conseguiu ser campeão em 3 disputas de cinta, sendo que foi campeão nos leves. Depende muito mesmo da situação.
  12. A diferença está grande até nos penas. As categorias estão evoluindo muito em preparo e Biotipo. Novos métodos de treinamento, de suplementação, de corte de peso estão fazendo isso acontecer. Aliado ao fato de que cada vez mais os lutadores chegam mais jovens aos eventos. Mas também não acho que seria boa idéia descer para os galos. O Aldo já vinha sofrendo muito com o corte dos penas.
  13. A chance do Miocic vencer o Cormier foi quando ele tinha a cinta. Poderia vencer por pontos ao meu ver. Agora com o DC com a cinta, ele não vai conseguir vencer, a menos que faça muito na luta e vença rounds bem claramente, ou nocauteie o gordinho. Vencer rounds de maneira clara do Cormier é muito difícil. Ele sabe travar a luta quando precisa, tem qi de luta altíssimo e conhece bem suas próprias armas.
  14. O Luque está evoluindo bastante. Ainda falta ora ser um top, mas realmente lutou muito bem contra um cara perigoso e de mãos potentes. Controlou a distância muito bem, se aproveitando da maior envergadura, combinou bastante, usou jabs pra conter as combinações do Perry. Lutaça
  15. junior-sjc

    PBP - UFC Montevidéu - Shevchenko x Carmouche

    Mas não é o problema de serem lutas femininas. Veja as lutas mais recentes do Jones. Só por Deus. Eu dormi na luta contra O Smith e pesquei contra o Marreta. O Woodley, que é um animal, fez lutas horrendas quando campeão. O ponto é que em lutas valendo título, o campeão joga na segurança mesmo. E cada um busca sua zona de conforto. Faz um tempo que não vejo uma luta boa valendo cinta. Uma boa foi Max vs Poirier e Adesanya vs Gastem, mas nem valia a cinta linear.