Ollie Ramone

Membros
  • Content count

    2858
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

1 Follower

About Ollie Ramone

  • Birthday 11/09/83

Previous Fields

  • Cidade:
    Curitiba/PR

Profile Information

  • Gender
    Male
  1. Sempre ocorre um contratempo, eu desisti do Khabib.
  2. Apenas respondeu de forma imatura. Se você pede para sair da empresa, depois não reclame que não te seguraram. Foi como eu vi.
  3. Não vejo como isso pode agregar na carreira dele. Parece uma externalização de sentimentos para dissipar sua frustração. Acho que as coisas não devem ser assim. Se pediu para sair do Ufc, deve sair convicto e não ficar com a sensação de que não deixariam que ele saísse. Parece que quis blefar e o Ufc o ignorou. Se apresentou bem no Belator, deve ter ganho igual ou mais, em razão da liberdade de patrocínios, mas não quer dizer que futuramente não possa voltar. Vejo essas respostas como falta de maturidade profissional.
  4. Cyborg mandou muio bem, como soi ser. Sem rodeios, abordou o problema de forma muito mais ampla, sem dar crédito para a desconhecida. Se pegar um pouco mais de confiança do Dana, ela já vira esse jogo aí.
  5. Sobre a luta nem mereceria comentário. Mas sobre o video, parece que foi cortado/editado. Não vi no video a imagem (posição) que está na foto.
  6. Se isso acontecer, o mundo vem abaixo. Mas, considerando a invencibilidade do Floyd, nem como armação vejo isso acontecendo. De todo modo, que essa luta role e acabe essa papagaiada.
  7. Só não curti muito essa postura de marrento antes da luta para depois se mostrar um cara sensato. Nessa entrevista aí foi irretocável nas palavras. Para mim não teve dúvida na luta. Perdeu o 1 e o 3R. Mas, foi uma luta muito equilibrada mesmo. Quem sabe depois que o Demian pegar a cinta (se pegar, evidentemente), role a revanche. Ah, e Demian está grande para a categoria mesmo.
  8. Fico pensando se caras como Woodley e mesmo Holloway, que não são nenhuma unanimidade, percebem que não tem toda essa luz própria que pensam ter. Lembram das conversas do Alvarez quanto tirou o cinturão do Rafael? Para mim isso é algum tipo de esquizofrenia coletiva. Os caras realmente começam a falar para ver se a coisa se materializa. Nisso nossas culturas são muito distantes, fica até difícil julgar colocando-se no lugar deles.
  9. Acho Mini Pettis um lutador bem técnico, mas sofre a pressão de ser irmão do Pettis, que é um craque fora da curva. Tanto que andou derrapando quando o vinham colocando numa crescente de desafios. Já o Moreno é bem atrevido, arisco, gosta de emular na luta e parece mais forte. Vem confiante pela sequência de vitórias e acredito que leve essa. Luta para consolidar o jogo.
  10. Sergio Pettis e Brandon Moreno fazem a luta principal do Ufc México A juventude dará as cartas no UFC Cidade do México, que acontece no dia 5 de agosto, na Arena Ciudad Del Mexico. No último domingo, o UFC confirmou que os pesos-mosca Sergio Pettis e Brandon Moreno, ambos com 23 anos, farão a luta principal do evento. Irmão do ex-campeão dos leves Anthony Pettis, Sergio venceu três das quatro lutas desde que desceu dos leves para os moscas, em 2015. Já Moreno, conhecido como "The Assassin Baby", é um dos nomes mais prospectados da divisão, tendo vencido todos os três compromissos no Ultimate. Na carreira, são 11 triunfos de invencibilidade. Dos quatro eventos do UFC que o México abrigou, três deles foram na Cidade do México. O mais recente ocorreu em novembro de 2016. Fonte: http://www.ufc.com.b...idade-do-mexico
  11. Bom, então dá para ver que mesmo no primeiro mundo o respeito ainda prevalece sobre a educação. Estou tendendo a achar que o Ufc não vai comprar esse barulho e a justiça americana dar uma relativizada. Até porque, como eu disse, não foi agressão totalmente injusta e nem a um leigo. EDIT: respeito no sentido figurado e comumente aplicável ao mundo das lutas.
  12. Fala Garfield, e no geral o que os gringos estão achando disso?
  13. Vem ao encontro do que eu sempre falo aqui: nem só de trash talking vive a promoção do evento. Cada um ter que ter o carisma próprio, ser autêntico. Isso que gera interesse dos fãs. As coisas tem que sair naturalmente. Vejam o exemplo do Aldo, como ficou caricato tentar ser um bad boy fora do cage. Vejam como o Demian pode ser bem promovido dentro do Ufc. Começou com um ou outro, agora já veio GSP, Dana, Masvidal, agora Woodley.. todos tirando o chapéu ao Demian. E sobre a diferença de tamanho, concordo com o forista acima, me fez repensar um pouco o favoritismo, apesar de ainda achar que, com a estratégia certa, Woodley leva.
  14. Até acho válidas as reclamações, mas não combina muito com o Hunt. Era para ter deitado o Lesnar e dobrado a bolsa. Um pouco estranho um cara old school como ele, reconhecer que sempre enfrentou dopados, entrar nessa briga com o Ufc, até porque ainda nem se aposentou. Com certeza o interesse financeiro é o que mais está pesando, está pensando em fazer um pé de meia. Mas mesmo que o Ufc tenha garantido que Lesnar lutaria limpo, ainda pesa contra o fato de ter recebido uma bolsa bem maior que costumava receber. De toda forma, ausente previsão em lei ou no contrato, pode até mobilizar a discussão, mas não vejo base teórica para conseguir a bolsa integral do atleta adversário. Pode até receber uma indenização, mas seguindo o raciocínio jurídico aqui do Brasil, essa indenização teria que ser proporcional e razoável.
  15. Evidente que há um erro da Cris, afinal, pelo que foi noticiado apenas um dente foi arrancado. Brincadeiras à parte, também sou pela não agressão, mas impossível repudiar a REAÇÃO dela. Até porque não deu um soco em um leigo, mas em um atleta profissional que passou - e muito - do limite. Se fosse seguir a lei, poderia ter processado a tal desconhecida. Mas, caráter não está previsto em lei. A pessoa tem que bancar o que fala. Achincalhar outra pessoa da forma como ela fez e imaginar que seria uma discussão de twiter é a prova da falta de caráter, da escola do Sonnen, onde era tudo da boca para fora, apenas para promover o show.