Rucci

Membros
  • Total de itens

    88
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Rucci

Profile Information

  • Gender
    Male
  1. Após acordo entre os times de Mayweather e McGregor, foi protocolada uma solicitação junto a Comissão Atlética de Nevada para que a luta seja disputada com luvas de 8 onças. A comissão aprovou a solicitação no último dia 16/08/2017 com algumas ressalvas: estão vetadas luvas de fabricação mexicana, com preenchimento de crina de cavalo e os pares de ambos devem ser similares e compatíveis. As luvas também deverão ser inspecionadas pelo staff de ambos e pela própria comissão antes de serem liberadas para o combate. Embora os fãs de MMA considerem que pode ser uma vantagem para Conor McGregor o uso de luvas mais leves, uma vez que inicialmente estavam previstas luvas de 10 onças, é válido ressaltar que Floyd lutou a maioria de suas lutas com luvas de 8 onças, com exceção dos combates realizados contra Oscar de La Roya, Miguel Cotto e Canelo Alvarez, em que foram usadas luvas de 10 onças. Também ficaram definidos o árbitro Robert Byrd e os juízes laterais Burt Clements, Dave Moretti e Guido Cavalleri. Texto: Rucci Fonte: MMA Junkie
  2. Achei que seria Ferguson vs Nurmagomedov, incrível como tudo tem de estar de alguma forma relacionado ao leprechaun. Kevin Lee treina na academia do Mayweather e anda lançando uns esculachos verbais para cima do Conor. Tem caras muito melhor posicionados do que ele no ranking, que não vale mesmo nada.
  3. Estava esperando alguém postar isso para fazer apenas uma perguntinha, se isso foi um Knock Down, porque o vídeo não mostra a abertura de contagem? Vi muita gente dizendo por exemplo que eles não colocaram o vídeo completo porque obviamente seria entregar o jogo para o Mayweather, mas a edição nesse vídeo é bem clara. Se era para provar que foi um Knock Down bastava mostrar o momento em que o Paulie se levanta e o juiz começa a contar, não entregaria nada e seria mais convincente. O vídeo basicamente mostra um soco limpo que foi acertado em outro momento, normal em algum momento entre 12 rounds, e depois um empurrão camuflado pelo ângulo das câmeras. O corte feito me parece ser justamente para deixar a dúvida no ar mas os fans obviamente vão engolir e se animar. No final do vídeo abaixo tem a sequência em câmera lenta, observem e tirem suas conclusões.
  4. Concordo, a NU entrou na pilha do vai ser "fácil" e teve a sua participação no resultado mas eu duvido que o plano de jogo era partir pra cima do McGregor logo no início como se as habilidades de contra golpeador dele fossem nulas. Imaginar que o irlandês não era tudo àquela época era até de certa forma lógico, dado o caminho que ele fez até ser alçado a posição de desafiante, mas o UFC não só comprou a idéia de que cara não era só gogó como preteriu vistosamente o campeão durante a promoção. No fim só deve ter restado aquele pensamento escroto: "Eu até posso perder, mas não para esse cara." Deu no que deu.
  5. Difícil imaginar alguém não perder o tesão depois da promoção da segunda luta marcada dele com o McGregor, para ser honesto eu sempre achei que todo o circo foi fundamental para o resultado daquela luta. McGregor tem méritos por capitalizar mas não se pode negar que o tratamento desrespeitoso dado a ele pelo UFC certamente teve seu peso. Na minha leitura, na gana por colocar o irlandês no lugar dele ele saiu totalmente do plano de jogo e virou vítima fácil de um sujeito que normalmente já é perigoso porque joga justamente preparando arapucas para o adversário. Não que eu ache que ele não tinha condições de vencer o Aldo, tanto tinha como fez, mas para um sujeito que sempre teve uma vida simples, literalmente lutando para sobreviver, ter de encarar todo aquele circo mais a pressão de ser subvalorizado para um cara que, àquela altura, tinha mais gogó do que cartel para estar naquela posição foi demais. Na pressa de resolver logo ele cometeu o maior dos equívocos que um lutador pode cometer, subestimou o adversário e deu no que deu.
  6. Então, Ramone, eu criei o tópico baseado em uma série de vídeos curtos do Elie Seckbach, que é meio que uma "pulga" de academias e do meio do boxe que tem esse canal sobre notícias relacionadas à nobre arte. Em geral os vídeos dele mostram ele enchendo o saco dos lutadores com perguntas meio estúpidas mas o cara vive perambulando pelo meio e as vezes você acaba descobrindo coisas proveitosas. Como são vários vídeos achei melhor fazer o link para o canal dele e basta das uma pesquisada em vídeos para ver uma série de vídeos recentes dele interagindo com o Aldo, o Robert e caras da academia e em alguns eventos em que ele compareceu. Apesar do Ellie ser um tanto inconveniente foi de lá que eu tirei o conteúdo, o cara merece o crédito.
  7. Acredito que pode fazer muito bem para ele, principalmente se aproveitar a estadia e treinar outros aspectos do jogo. Outra coisa que pode ser positivo é que passar um tempo lá pode ser uma oportunidade para ele melhorar o inglês e passar a se comunicar melhor, mas pelos vídeos ele se arrisca mais no portunhol para se comunicar com os caras. No máximo uma ou outra palavra em inglês ou alguém intermedia a fala. Quanto ao KOF, rapaz, tinha até me esquecido... hahahah Mas não é o discipulo do mr Karate o sujeito em questão.
  8. O ex campeão peso pena José Aldo iniciou na última semana treinamentos na nobre arte com o gabaritado treinador e ex lutador de boxe americano Robert Garcia. Garcia é o irmão mais velho do lutador Mikey Garcia, que recentemente derrotou o ex campeão mundial em 4 categorias Adrien Broner e manteve um cartel invicto de 37 vitórias, sendo 30 pela via rápida. Aldo deve permanecer em treinamento pelo menos até o fim de Setembro podendo se estender até meados de outubro. Texto: Rucci Fonte: Elie Seckbach (videos) https://www.youtube.com/user/ESNEWS Se não estou enganado este é o meu primeiro tópico portanto estou aberto a correções da moderação caso tenha acidentalmente infringido alguma regra. Usei a pesquisa para procurar alguma notícia sobre o assunto mas como não encontrei resolvi criar o tópico baseado em uma série de vídeos curtos do canal ESNEWS divulgados na última semana. Em tempo, feliz de ver o Aldo buscando novos ares depois das últimas apresentações. Em um primeiro momento achei que ele poderia estar de saco cheio do MMA por conta do tratamento recebido pelo UFC nos últimos anos, mas me parece que as derrotas serviram para ele sair um pouco da zona de conforto e procurar novas armas para o arsenal, talvez até tenham revigorado sua gana para voltar ao topo.
  9. Não poderia ter dito melhor, sempre lembrando que não é o homem da grana que está lá dentro tomando porrada para ganhar uns trocados.
  10. Luta é luta, cada um joga com as armas que tem. O jogo do cara pode ser feio e a gente pode até não gostar, mas falar do lutador sem entrar lá para tomar porrada ou arriscar tudo é fácil. Esse cara é um lixo humano mesmo, pode até entender de negócios mas não entende absolutamente nada de artes marciais.
  11. Tem que subir... Única luta que faria algum sentido pra ele na meio pesado seria o Gustafson. É fazer essa e subir. Jones é um monstro, isso é indiscutível. Genética privilegiada e é inegável que ele sabe usar o que a natureza lhe deu, tem todos os méritos.
  12. Eu não julgo os caras por não se arriscarem, falar sem estar lá dentro arriscando tudo é fácil. O Woodley fez o que poderia dentro do jogo dele e o Demian ídem, apesar da sacanagem de ter forçado uma luta com pouco preparo, não sei até que ponto mudaria muito o cenário. Torci para o Demian até o fim mas a partir do segundo round o resultado já foi ficando claro. Apesar de todo o respeito que eu tenho pelo Demian a resposta para a questão que ele tentava provar ficou clara: MMA não tem mais espaço par lutador unidimensional, ele fez o melhor que alguém com esse jogo poderia fazer mas o limite é auto imposto, não tem plano B. Não diminui de forma alguma o respeito que eu tenho por ele, merece parabéns por tudo o que fez.
  13. Vou até pegar um suco de manga pra assistir a essa luta. Vai ser tensão do início ao fim.
  14. Deu a lógica, finalmente a justiça foi feita e a americana mostrou coração o que só valorizou ainda mais a conquista. Cris Cyborg Campeã do UFC
  15. Porra, primeiro round já mostrando a que veio essa luta. As coisas vão ficar interessantes.