thales100

Membros
  • Total de itens

    7,893
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

6 Seguidores

Sobre thales100

Profile Information

  • Gender
    Not Telling

Últimos Visitantes

12,038 visualizações
  1. Tb espero que seja pelo linear.
  2. Tá seguindo a regra ou não? Sim está. Então está habilitada. Acha a regra errada ou insuficiente? Ok, direito de divergir é livre, mas apoiar quem se propõe a dar uma surra nela por nao concordar com a regra é certo ?
  3. Se ela está seguindo a regra, está habilitada. Alguns aqui querem "mudar a regra" apoiando a fala de quem se propõe a dar uma surra nela por ser transgênero, é isso mesmo ?
  4. Até que se mude a regra, isso se for um dia mudada, ela está cumprindo e está habilitada, o resto é chororô preconceituoso.
  5. E quem fez a regra do esporte, que a atleta cumpriu integralmente, foi quem ? Um especialista no assunto ou não ? O que vale na verdade, a regra do esporte sendo devidamente cumprida ou a opinião pessoal de um médico ? Tá dando murro em ponta de faca, e vc sabe disso.
  6. Cumpriu a regra tá dentro mlk, o resto é simplesmente preconceito. Vc acha mesmo que a resposta para o que não concordamos é bater ?
  7. Sua opinião vai contra os especialistas que avaliaram o caso. Mas digamos que você estivesse certo, a resposta correta a isso, algo que não concordamos e vai contrário a nossas convicções, seria um lutador profissional 20Kg mais pesado se oferecer publicamente para "dar uma surra" nessa lutadora transgênero ?
  8. Seguindo seu raciocínio, se for pra se auto-promover vale falar qualquer coisa, ou atacar qualquer ser humano ou grupo de seres humanos, seja pelo motivo que for, opção sexual de alguém, país de origem, cor da pele, etc...
  9. Homofobia, quer na real "dar uma surra de graça" porque a lutadora é transgênero, não cabe a ele definir se há ou não no caso em tela vantagem, isso depende de fatores fisiológicos diversos. Em outros esportes há atletas transgênero devidamente certificados pelas entidades esportivas, e isso é feito após um processo documentado com exames médicos feitos por especialistas no assunto, como recentemente Tifanny Abreu recebeu autorização da FIVB para atuar na Superliga feminina de vôlei do Brasil, pela equipe do Bauru.
  10. Combinado mas tá valendo kkk.