Mr.K'

Membros
  • Total de itens

    3,472
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Mr.K'

  • Data de Nascimento 02/18/1987

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Recife - PE

Últimos Visitantes

13,639 visualizações
  1. Card muito foda!!!!!! Achei o JJ muito diferente, ta estranho, vai ser lutãoooo pqp!!
  2. Seria muito massa! Lesnar já bate recordes de vendas fácil, numa luta com o JJ então. Assistiria fácil.
  3. Cara, particularmente acho que Fedor e Aldo estão a frente, não gosto de confundir épocas, só porque todos estão em total declínio "hoje", não significa que "esqueci" suas histórias. Vou dar um exemplo. Fedor 9-10 anos invicto, 27 lutas invicto durante esse período sem contar com aquela derrota ridícula sobre Tsuyoshi Kosaka em 2000, que seriam 31 lutas invicto. Mas regras são regras, o que vale são as 27 lutas invicto durante o período. José Aldo 9-10 anos invicto, 18 vitórias seguidas durante esse período. Anderson Silva 6 anos invicto, 17 vitórias durante esse período. Jon Jones 6-7 anos invicto (contando com 1 ano parado), 13 lutas invicto de acordo com cartel. A única diferença que HOJE é o momento do JJ, e realmente acho ele um lutador muito foda, fantástico, mas acho que só vou tirar uma conclusão, quando JJ perder, enquanto está no auge é difícil definir algo, quando tem um inicio e fim, da pra concluir melhor. Outro exemplo muito bom! Renan Barão! o cara hoje em dia é tirado como um nada! Quase ninguém fala do cara! mas enquanto estava no auge com seus 9-10 anos invicto e suas 32 vitórias seguidas!! (Juntando todas as lutas do cartel de JJ nem chega perto somente dessa sequencia de vitórias do Barão), era "o cara", como Dana White mesmo falou que ele tem um dos cartel mais incrível do MMA atualmente e 10 anos de invencibilidade o torna um dos mais fodas! Bastou a primeira derrota pra cair o "encanto" nele, 2 então foi tirado pra nada, 3 derrotas caiu no esquecimento. Mas esse assunto vai de pessoa por pessoa.
  4. Sei lá, pode até ser em estatística, mas não o considero.
  5. Ótimo evento. Roger não deu chances pro Buchecha.
  6. Marlon Vera foi muito rápido e aproveitou bem o momento.
  7. Gostei dessa luta do Junior.
  8. Lembro disso, achei desnecessário essa atitude, tanto quanto a do Lyoto. Mesma coisa de quem nocauteia e faz questão de continuar batendo com o máximo de força que puder enquanto o outro está dormindo. Perfeito!! Ainda tem esse detalhe dele ter se escondido de um exame surpresa, ficou escondido até a academia fechar só pra não fazer. Lógico, o cara é monstruosamente talentoso, mas poderia ser bem mais, principalmente fora das competições.
  9. Com certeza parceiro!... Espero que continue assim, quanto mais quebrar esse monopólio, melhor para os profissionais que são merecedores. Mas acho que o seria o tiro certeiro, se o Bellator fizesse como o WSOF (futuro PFL) em colocar salários fixos para seus lutadores, mas aos poucos quem sabe, os organizadores são inteligentíssimos e com certeza já debateram e estudam essa possibilidade. Vamos torcer e apoiar no que possível.
  10. Mandou muito bem!!! Como dizem, pode fechar o tópico...
  11. Acho que ainda da pra ganhar uma grana em outro evento.
  12. Está lutando inteligente, mais que isso falta gás como sempre faltou, acho que é dos poucos lutadores que reconheceu suas limitações e trabalhou nisso e está dando certo. Sobre a luta, achei que foi empate, mas poderia ter ido pra qualquer um.
  13. Vamos lá, vou tentar explicar, que acho que é apenas questão de ponto de vista. A parte que digo que o evento também é culpado, que já notou que principalmente no UFC que os atletas não sentem seguranças em lutar se estiver 99%? O medo de perder é BEM maior que a vontade de vencer, e isso não é de hoje. (Isso já foi assunto de debates aqui no PVT durante bons anos) Quem vai dar o sangue por algo que não vale a pena? Você iria? Culpa dela, sim, mas o evento não ajuda nada a passar essa segurança e confiança aos seus funcionários, e pela responsabilidade que ela tinha e o que lutou pra conquistar, não acho que por qualquer bobagem iria abrir mão. Saúde é coisa séria, e isso é algo que talvez nem pelo dinheiro vá valer a pena. Se ela realmente passou mal, fez certo. Dana já criticou lutadores que falaram que lutaram lesionados, que estavam mal, a uns anos atrás estava na moda os lutadores falarem isso, AS foi um desses entre vários outros, e quando o lutador faz o contrário ele também reclama? Por isso digo, tudo que DW fala, tem que filtrar e não aceitar de cara. Participar de algo sofrendo essa pressão, quem causa a pressão também tem parte da culpa, não digo isso apenas do UFC. Qualquer tipo de trabalho.
  14. Posso ter exagerado nos 50%, concordo. Corte de peso é total responsabilidade do atleta e equipe, jamais disse o contrário. Mas sim também tem parte de culpa do evento quando começam com essa cobrança, tem que respeitar. Por que ele não tentou minimizar? Você trabalha de boa, se dedica, se tu colocar um atestado no seu trabalho por algo que você não tem controle, e teu chefe te ameaçar em tirar, em dificultar as coisas pra você, como você iria sentir? Não to defendendo a Amanda não, apenas disse que os 2 tem culpa, não apenas 1. Eu realmente ficaria puto se eu comprasse o ingresso e acontecesse isso. Mas tudo o que o Dana fala, aprendi a filtrar, não apenas aceitar. Sempre vai vim à tona outros assuntos, e a adversária que investiu, gastou $$, isso e aquilo, já entra a questão do evento que não paga salário. Anderson Silva quando começou a lutar fazendo palhaçadas o Dana ameaçou de demissão, Roy Nelson ele ameaçou porque não tava perdendo a barriga e sujava a imagem do UFC, falo sim desse tipo de pressão que ele faz. Resolver problemas como esse seria fácil se realmente importasse, colocar profissionais do UFC pra acompanhar cada camp, pelo menos 1x na semana aumentando a frequência na semana da luta. Sim, responsabilidade da empresa supervisionar seus funcionários. Repito, nada justifica o erro, mas ao meu ponto de visto, ou 2 estão errados.
  15. O evento joga toda a culpa no profissional, tirando o seu da reta. Mas se isso acontece (não só nesse caso) 50% evento, 40% mental e 10% físico. Certas atitudes do evento geram problemas físicos e mentais, seja a cobrança, críticas, ameaças desnecessárias, toda essa pressão geram consequências, agora aguente. Ninguém ta no UFC pra fazer palhaçadas não, são profissionais cujo a principal ferramenta são seus corpos expostos para combates que agridem uns aos outros, para isso eles se preparam fortemente para resistir, e nessa preparação física também causam danos, lesões. E se algo acontece, não tem porque agir como se fosse algo mais absurdo do mundo, tem que respeitar o profissional ou continuar tratando como palhaços. E essas ameaças de retirar cinturão, de demitir, disso e aquilo, causam lesões psicológicas, tem que aguentar as consequências ou continuar tirando o seu da reta.